23 C
fpolis
segunda-feira, novembro 29, 2021
cinesytem

Fecomércio SC apurou os impactos das vendas do dia das crianças no comércio de Florianópolis

spot_img

Fecomércio SC apurou os impactos das vendas do dia das crianças no comércio de Florianópolis

spot_img

Pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio SC) apurou os impactos das vendas do dia das crianças no comércio de Florianópolis. Foram entrevistados 297 empresários do comércio entre os dias 10 e 11 de outubro.

Terceira data mais expressiva para o comércio, a data movimentou o setor na Capital catarinense nas últimas semanas. De acordo com o levantamento, as vendas cresceram 8% em relação ao período que antecedeu o feriado. Mas apesar do incremento nas vendas foi registrada uma queda de 3,74% em relação ao Dia das Crianças de 2010.

Segundo a Fecomércio a atual desaceleração das vendas do comércio catarinense, verificada nas últimas Pesquisas Mensais do Comércio (PMC) do IBGE, fez com que as vendas não crescessem na comparação anual. Entretanto, o fato do ano de 2010 ter sido ótimo para as vendas também contribuiu para o resultado. Os principais setores responsáveis pelo aumento foram o de brinquedos (11,65%) e o de calçados (11,66%).
O valor médio gasto por pessoa em cada estabelecimento também foi expressivo ficando em R$ 184,50, maior que os R$ 104,00 registrado em 2010 e também maior que o valor registrado na Pesquisa de Intenções de compras (R$ 129,27), realizada pela Fecomércio no período que antecedeu a data.

No entanto, apesar do gasto médio individual ser maior do que no ano passado, isso não se refletiu em aumento no faturamento. Na avaliação da Fecomércio, dois são os motivos que explicam este fato. Em primeiro lugar o aumento considerável da inflação neste ano, que encareceu os produtos. Em segundo, a desaceleração do consumo catarinense está impactando acima de tudo as classes de renda média e baixa que estão comprando menos e, por efeito aritmético, a média de gastos se eleva, já que produtos de menor valor entram em menor proporção no consumo geral.

Com relação à forma de pagamento, o parcelamento foi o meio mais utilizado nas compras do Dia das Crianças, representando mais da metade das escolhas. Entre as formas de pagamento parcelado, se destaca o uso do cartão de crédito com 46%. Porém, o pagamento à vista também apresentou resultado representativo sendo que 18% compraram com dinheiro, 22% com o cartão de crédito e 7% com o cartão de débito.

Variação no faturamento em relação ao período corrente

Vestuário 7,31%
Eletrônicos (jogos, celulares, informática) 7,49%
Brinquedos 11,65%
Calçados 11,66%
Parque de diversão 5,71%
Livraria e papelaria 1,96%
TOTAL 8,01%

Variação no faturamento em relação a 2010
Vestuário -6,60%
Eletrônicos (jogos, celulares, informática) -4,17%
Brinquedos -3,46%
Calçados 0,18%
Parque de diversão -7,14%
Livraria e papelaria 2,32%
TOTAL -3,74%

spot_img
spot_img