21.2 C
fpolis
sábado, outubro 23, 2021
cinesytem

Feira Cooperativa da Fundação Catarinense de Educação Especial começa nesta quinta-feira

spot_img

Feira Cooperativa da Fundação Catarinense de Educação Especial começa nesta quinta-feira

spot_img

 Começa nesta quinta-feira, em São José, na Grande Florianópolis, a I Feira da Cooperativa promovida pela Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE); O evento, que ocorre também nesta sexta-feira, 21, vai comercializar artigos feitos por jovens e adultos com deficiência, que participam do projeto piloto Cooperativa Social de Produção e Serviços. As informações são da Assessoria de Comunicação do Governo do Estado.

O evento será realizado no antigo espaço do refeitório na FCEE, na Rua Paulino Pedro Hermes, 2785, no Bairro Nossa Sra. do Rosário. A atividade funcionara nos dois dias, a partir das 9h, até o fim da tarde.

Serão vendidos produtos como biscoitos de natal, bolo inglês, cucas, guirlandas de natal, almofadas, tapetes, bloquinhos de anotações, folhas de papel artesanal, alface, couve flor, manjericão, mudas de alfazema, mudas de pimenta ornamental, cebolinha verde, capim limão, boldo e húmus de minhoca.

O projeto piloto Cooperativa Social iniciou em maio de 2014, sob coordenação do Centro de Educação e Trabalho (Cenet) da FCEE em parceria com a Associação de Pais e Educandos da Fundação Catarinense de Educação Especial e possibilita a inserção social de pessoas com deficiência mental, múltipla e/ou transtorno global do desenvolvimento que, no momento, não se encontram em condições de competir no mercado de trabalho formal. Participam do projeto mais de 80 aprendizes com idades entre 18 e 65 anos, auxiliados por oito profissionais, entre técnicos e professores.

O projeto é dividido em oficinas de qualificação profissional que oferecem produtos e serviços ao público, como Limpeza e Conservação de Veículos Automotores (Lavacar), Gastronomia, Cultivo de Flores e Plantas Ornamentais, Papel Artesanal e Estoparia.

A FCEE, através do CENET, é responsável por disponibilizar o espaço físico e o suporte técnico para o desenvolvimento das atividades da Cooperativa Social, enquanto a Associação de Pais e Educandos assume a comercialização da produção e dos serviços prestados, sendo que os recursos obtidos são direcionados a manutenção e ampliação das atividades e a gratificação dos cooperados.

spot_img
spot_img