16.2 C
fpolis
segunda-feira, julho 4, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Feirão de Natal da EdUFSC vai até 5 de dezembro

Feirão de Natal da EdUFSC vai até 5 de dezembro

spot_imgspot_img

Dos disputados livros da Série Didática a um clássico como Seráfita, de Honoré de Balzac, passando por autores catarinenses como Ernani Rosas, Almiro Caldeira e Salim Miguel, mais de quatro mil exemplares de livros estão sendo oferecidos a leitores de todos os gostos e bolsos no VII Feirão de Natal que a Editora da UFSC realiza em frente à Reitoria, no campus da Trindade. Atendendo a pedidos da comunidade universitária e levando em conta o mau tempo reinante nas últimas semanas na Ilha, a EdUFSC decidiu prorrogar a feira até o dia 5 de dezembro.

Comercializando apenas títulos da Editora da UFSC, a feira concede 50% de desconto, o que permite, por exemplo, adquirir os quatro volumes da História política em Santa Catarina durante o Império, de Oswaldo Rodrigues Cabral, por apenas R$ 60,00. O horário de funcionamento da feira é das 9h às 20h.

Para o público interno, especialmente, outro atrativo são as revistas da EdUFSC – Biotemas, Ciências Humanas, Ciências da Saúde, Katálysis, Fragmentos e Geosul. No feirão, é possível levar cinco revistas a R$ 10,00, exceto os dois últimos números de cada uma delas. “Isso significa que as revistas têm desconto de 80%”, diz Hilda Carolina Feijó, responsável pela feira.

A série Ipsis Litteris traz obras literárias de autores catarinenses conhecidos, como Harry Laus, Hugo Mund Júnior e Guido Wilmar Sassi, e de outros da nova geração, entre eles Eloí Bocheco, Dennis Radünz e Miriam Portela. E na Série Didática há opções como Cálculo 1, de Nilo Kühlkamp, Fundamentos de sistemas hidráulicos, de Irlan Von Linsingen, e Monitoramento global integrado de propriedades rurais, de Carlos Loch.

Nas edições anteriores, o Feirão de Natal vendeu, em média, 500 livros por dia, para um público que não se resumia aos universitários. “Além da comunidade acadêmica, ou seja, professores e alunos, o evento chama a atenção de quem mora no entorno da Universidade, que vem atraído pela oportunidade de comprar livros pela metade do preço”, diz Hilda Feijó. São quase 700 títulos, entre livros e revistas, em áreas como a pedagogia, a história, o jornalismo, a cultura popular, a medicina, a sociologia e a política – sem falar nas traduções, que também são parte importante do catálogo da editora.

Entre os destaques do Feirão aparecem muitos títulos sobre temas catarinenses. São os casos de Memórias de uma outra guerra, de Marlene de Fáveri, O fantástico na Ilha de Santa Catarina, de Franklin Cascaes, Folclore catarinense, de Doralécio Soares, e Nova história de Santa Catarina, de Sílvio Coelho dos Santos. Destaque também para obras monumentais como A escalada da ciência, de Brian L. Silver (com tradução do professor Arno Blass), A geografia cultural, de Paul Claval, e o recém-lançado Morrer – Para principiantes e repetentes, de Júlio de Queiroz.

Entre os lançamentos recentes aparecem A guerra santa revisitada – Novos estudos sobre o movimento do Contestado, organizado por Márcia Janete Espig e Paulo Pinheiro Machado, TV digital e produção interativa – A comunidade manda notícias, de Fernando Crocomo, e As imagens do outro sobre a cultura surda, de Karin Lilian Strobel.

Mais informações podem ser obtidas com a organizadora do Feirão de Natal, Hilda Carolina Feijó, nos fones 3721-6603 e 9963-5798, além do site http://www.editora.ufsc.br

Por Paulo Clóvis Schmitz / Jornalista na Agecom

spot_img