20.5 C
fpolis
sexta-feira, julho 23, 2021
camara florianópolis
spot_img

Festival SGB 365 promove conversas inspiradoras sobre a Era dos Dados

Festival SGB 365 promove conversas inspiradoras sobre a Era dos Dados

spot_img

 

Evento online e gratuito é uma pílula do Festival SGB, o maior evento de dados e tecnologia para impacto social do Brasil

 

O primeiro semestre de 2021 foi marcado por diversos mega vazamentos de dados, que incluíram CPFs, endereços, celulares, senhas, entre outras informações de milhões de brasileiros e de pessoas de todo o mundo. Vivemos na era dos dados, mas ainda há um longo caminho a ser percorrido quando o assunto é a experiência das pessoas com os dados – como protegê-los e usá-los para o bem. Esse é o ponto de partida do Festival SGB 365, focado na temática seres humanos, futuros e o poder dos dados. No dia 24 de junho, das 19h às 21h30, o Social Good Brasil realiza o evento online e gratuito, que vai reunir especialistas para conversas sobre as habilidades essenciais para o mundo digital e o futuro do trabalho, o uso de dados e tecnologia para gerar impacto positivo e por que ética, proteção e privacidade devem estar na pauta de todos.

 

O aumento de vazamentos de dados já é um bom motivo para prestar atenção no tema – segundo pesquisa do Massachusetts Institute of Technology (MIT), em 2019 os vazamentos aumentaram 493% em relação ao ano anterior no Brasil. Há também outras razões para nos aprofundarmos no assunto, como a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), já em vigor. E ainda a crescente valorização do pensamento analítico no mercado de trabalho, que está entre as 15 competências mais valorizadas até 2025, de acordo com estudo do Fórum Econômico Mundial, e o aumento do volume de dados – a Cisco Systems espera quase 30 bilhões de dispositivos conectados em 2023, em comparação com 18,4 bilhões em 2018. O número é mais de três vezes maior que a população global. 

 

“Todas essas questões urgentes chamam a atenção para a importância de trazer luz ao tema. Se há alguns anos ser fluente em um segundo idioma era indispensável para qualquer profissional, hoje já podemos dizer que ter fluência em dados é essencial para pessoas, organizações e governos. Esse tema vai permear todas as ações do Social Good Brasil em 2021”, diz a diretora-executiva Silvia Luz. 

 

O Social Good Brasil faz parte do ecossistema de tecnologia e inovação brasileiro. Desde 2012 é pioneiro ao trazer para o país tendências mundiais, como o uso de tecnologia e dados para o bem. Em 2021, o propósito do SGB é levar uma metodologia inovadora e exclusiva de educação em dados para todo o Brasil, tornando acessível um idioma essencial para o mundo digital e para o futuro do trabalho. A primeira etapa é o lançamento do Festival SGB 365, que também é uma pílula do Festival SGB, o maior evento de dados e tecnologia para impacto social do Brasil. 

 

Além de Silvia e da presidente voluntária do Social Good Brasil Fernanda Bornhausen, estão confirmados na programação Maria Queiroz, senior business analyst do Nubank; Andrew Means, diretor sênior de estratégia de dados de impacto global na Salesforce; Samantha Reis, cientista de dados na Data_labe; Bruno Pazzim, cofundador da Data Science Brigade; Américo Mattar, diretor presidente da Fundação Telefônica Vivo e Luciana Nabarrete, diretora administrativa da ENGIE Brasil.

 

Ferramenta gratuita para descobrir o nível de fluência em dados

 

Para dar início à Jornada de Educação em Dados, que guiará as atividades do Social Good Brasil ao longo do ano, durante o Festival SGB 365 haverá o lançamento de uma ferramenta de autoavaliação inédita no Brasil, criada para medir o nível de fluência em dados e útil tanto para quem está aprendendo a nadar até quem já navega bem neste oceano. 

 

Baseada nas sete competências da metodologia proprietária de educação em dados do SGB (veja abaixo), o resultado da Autoavaliação de Fluência em Dados indica um dos quatro níveis: Iniciantes, Aprendizes, Praticantes e Mentores. É para todos, mas entre os públicos que podem se beneficiar da ferramenta estão empreendedores sociais, cientistas de dados, gestores públicos, estudantes e professores do ensino médio particular e público.

 

Na metodologia exclusiva desenvolvida pelo Social Good Brasil, há sete competências. As quatro primeiras já são reconhecidas internacionalmente, sendo base para pessoas, empresas e comunidades em torno do tema data literacy. Já as demais foram incluídas pelo SGB, que levou em conta a realidade brasileira e os desafios da atualidade:

 

  • Ler dados

  • Trabalhar com dados

  • Analisar dados

  • Comunicar e argumentar com dados

  • Tomar decisões orientadas por dados

  • Garantir ética, proteção e privacidade de dados

  • Usar dados e tecnologias para gerar impacto positivo

 

Para participar do Festival SGB 365, basta se inscrever gratuitamente pelo site

 

O quê: Festival SGB 365

Quando: 24 de junho, das 19h às 21h30

Quanto: gratuito e online

Mais informações: www.bit.ly/festivalsgb365 ou pelo email sgb@socialgoodbrasil.org.br 

 

Sobre o Social Good Brasil

 

O Social Good Brasil é uma organização da sociedade civil (OSCIP) de Florianópolis, berço do ecossistema de tecnologia e inovação brasileiro. O SGB surgiu em 2012 a partir de uma parceria com a Fundação das Nações Unidas, que lidera o +Social Good no mundo, sendo pioneiro ao trazer para o país tendências mundiais, como o uso de tecnologia e dados para gerar impacto positivo.

 

O SGB acredita que o ser humano é o centro de todas as transformações e quer formar novos exploradores desse oceano de dados, preparados para lidar com os desafios urgentes do mundo.

spot_img
spot_img

Leia mais