25.9 C
fpolis
domingo, dezembro 5, 2021
cinesytem

Festival Internacional de Palhaços traz diversão neste mês para Florianópolis

spot_imgspot_img

Festival Internacional de Palhaços traz diversão neste mês para Florianópolis

spot_img

Dez cidades catarinenses presenciarão espetáculos do 1º Festival Internacional de Palhaços “Ri Catarina”, entre 7 e 13 de novembro. Será uma grande homenagem ao universo dos palhaços, com 17 espetáculos diferentes ao todo. Estão confirmadas as participações de palhaços de grande prestígio internacional: o ítalo-americano Leo Bassi, e o argentino Tomate, que se unirão a grupos e profissionais de diversos estados brasileiros.

A programação inclui também uma oficina, o lançamento do documentário “É Bucha! Os 40 anos do Teatro Biriba”, uma mesa-redonda sobre o tema “comicidade feminina” e um show de variedades, o “Cabaret Ri Catarina”, apresentado por artistas, circenses e comediantes catarinenses no Teatro da UFSC nos dias 11, 12 e 13 de novembro.

Com expectativa de reunir um público de 10 mil pessoas, o Festival está sendo organizado pelos atores Pepe Nuñez e Vanderléia Will, da Cia Pé de Vento Teatro de Florianópolis, em co-realização com o Sesc/SC e patrocínio do Funcultural – Governo do Estado de Santa Catarina e apoio da Casan.

Serviço

O quê: 1º Festival Internacional de Palhaços “Ri Catarina”
Quando: De 7 a 13 de novembro de 2011
Onde:
Na Capital: no Teatro Álvaro de Carvalho, Sesc Prainha , Teatro da Igrejinha-UFSC e Centro Comunitário Morro das Pedras
No interior: Unidades do Sesc Joinville, Jaraguá do Sul, Itajaí, Criciúma, Tubarão, Laguna, Lages, Chapecó e Joaçaba.
Informações: 48 9156 8920

Ingressos:

Teatro Álvaro de Carvalho: ingressos à venda no local
R$ 10,00 (inteira)
R$ 5,00 (meia)
Telefone: (48) 3028-8070
Teatro Igrejinha da UFSC: ingressos à venda no local
R$ 10,00 (inteira)
R$ 5,00 (meia)
Telefone: (48)3721-9348

Sesc :
Gratuito – retirar o ingresso uma hora antes no próprio local.
Telefone: (48)3229-2200

Centro Comunitário Morro das Pedras
Gratuito
Telefone: (48)9156-8919
Releases dos Espetáculos do I Festival Ri Catarina


Apresentações no TAC

Dia 10/11
Horário: 10 h e às 15h
Espetáculo: Bom Apetite
Ator ou Cia.: Cia Pé de Vento Teatro (SC)
Espanhol e brasileiro, ingênuo e atrevido, adulto e criança, no espetáculo “Bom Apetite”, o ator Pepe Nuñez nascido na Espanha e radicado em Florianópolis/SC, faz um mergulho na arte do Ator Cômico.
Re-elaborando cenas e situações clássicas dos cômicos populares, e usando recursos da tradição Cômico-Circense, este palhaço com nariz vermelho e um estilo franco e descontraído, convida o público a participar ativamente das cenas compartilhando sempre o lado ridículo e inocente do ser humano.
“Bom Apetite” é um espaço de brincadeira, um espetáculo aberto, para todas as idades, jogos e cumplicidade marcam o compasso na orquestra que formam público e palhaço, e rindo de si mesmos, trazem a tona o que todos nós temos de mais irreverente, descontraído e ingênuo.
No “cardápio” da peça, tem música, mágica, malabarismo, jogos coletivos e naturalmente, muito humor.
Cia. Pé de Vento Teatro – Florianópolis-SC
Cia. de Teatro sediada em Florianópolis/SC, atua com um repertório de espetáculos, projetos, oficinas e intervenções teatrais em território nacional e internacional por meio de Mostras, Festivais e Temporadas Teatrais.
Sempre na vanguarda, a Cia. desde sua fundação em 1999, caracteriza-se por sua constante pesquisa em busca de uma linguagem própria, popular e universal, tendo como veiculo a Comicidade, e como objetivo atingir todas as camadas da sociedade, independentemente da idade, grau cultural ou econômico. Em seus projetos a preocupação central é a inclusão das populações menos favorecidas economicamente, historicamente excluídas dos bens culturais.

Dia 10/11 – Abertura Oficial do festival
Horário: 20:30 h
Espetáculo: Tomate a Puro Tomate
Ator ou Cia.: Victor Tomate (Argentina)
No espetáculo Tomate é um palhaço, um bufão, um ser que por momentos é cruel e por momentos é inocente, com sua habilidade e ingenuidade faz rir e refletir ao mesmo tempo. Show de manipulação de balões e comédia.
TOMATE – Argentina
Tomate é um palhaço, um bufão, um ser que com sua destreza e genialidade faz o público rir e pensar. Em quase 20 anos de risadas e aplausos, já percorreu mais de 20 países com seu espetáculo solo inflando, soprando e dando vida a uma série de disparatados personagens feitos com balões.

Dia 11/11
Horário: 20:30 h
Espetáculo: In Concerto
Ator ou Cia.: Teatro de Anônimo (RJ)
Um trio de palhaços chega ao local para dar um concerto público, mas muitas trapalhadas acontecem até que consigam executar suas peças.
Assim, acabam tendo que dar um conserto no programa, que inclui a “Ópera Desastrada”, interpretada pelo alto barítono Seu Flor e seu lerdíssimo discípulo Prego.
Em seguida, é a vez de Buscapé executar sua peça musical, até que se depara com uma fatalidade do destino: seu estimado apito mirim ultrapassa a barreira da vida e vira estrela. Em seu périplo fúnebre, Buscapé leva o público às lágrimas de tanto rir. No Gran Finale, os três atrapalhados palhaços executam seu concerto, agora com instrumentos de verdade (acordeom, cavaquinho e trompete). Contudo, até que isso ocorra, muitas outras tentativas e erros irão se suceder.
Teatro de Anônimo
Grupo fundado em 1986, no Rio de Janeiro, que se dedica à pesquisa técnica e artística no que define teatro popular circense, buscando as origens do circo, dos cômicos, das companhias mambembes de circo-teatro, além de realizar projetos socioculturais. Realiza e produz o evento Anjos do Picadeiro – Encontro Internacional de Palhaços, que acontece a cada dois anos e em sete edições já reuniu mais de 500 grupos e artistas nacionais e internacionais.

Dia 12/11
Horário: 20:30 h
Espetáculo: Instintos Ocultos
Ator ou Cia.: Leo Bassi (Itália/Espanha)
Com o espetáculo Instintos Ocultos, para Leo Bassi, agir não é apenas agradar o público. O real significado de um show é trazer o público para uma experiência cheia de emoções e fazê-los sentir, que o que eles estão enfrentando é um momento exclusivo e único em suas vidas, e nunca será repetido.
Encontrar aquele momento mágico (sem o qual não há show) e fazer o impossível para alcançar, é o objetivo final de Leo Bassi. Fiel à sua filosofia artística, Leo sempre tendeu a se envolver em situações de chocante e ultrajante para surpreender o público.
LEO BASSI – Itália-Espanha:
Artista reconhecido mundialmente pelas suas extravagantes apresentações, além das inumeráveis ações provocadoras, Leo Bassi procede de uma antiga linhagem de comediantes excêntricos e palhaços circenses vindos da Itália, França, Inglaterra, Áustria e Polônia, que durante 150 anos tem apresentado seus espetáculos sem interrupção nenhuma.

Dia 13/11
Horário: 16 h
Espetáculo: Tchesco, o SENSACIONAL
Ator ou Cia.: Tchesco Villares (RJ)
Compartilhar um espetáculo deste SENSACIONAL e inusitado artista é programa obrigatório para quem gosta de surpresas das mais inusitadas.
Malabares com 1,2,3,4,5 e quase não sei quantas bolinhas, acrobacia e saltos incríveis e as vezes inacreditáveis, parada de mão no chão, a meio metro do chão e as vezes a mais de metro com a própria cabeça…
Ih… É muito, muito humor e técnica circense no corpinho compacto dele que se define como o ser mais lindo da face da terra! Vale à pena conferir esse “modesto” e impressionante carioca, Brasileiro e artista do mundo.
Tchesco Villares –Rio de Janeiro- RJ
Formado pela ENC (Escola Nacional de Circo/RJ) e como ele mesmo diz “pela Universistrada de Medisquina!!!” Leia-se praças e ruas no interior do Brasil e do mundo dando Em 1986 entrou para a Escola de Circo e nos últimos anos vem realizando temporadas em Circos e Parques nos Estados Unidos, e Europa .

Dia 13/11
Horário: 20 h
Espetáculo: De Malas Prontas
Ator ou Cia.: Pé de Vento Teatro (SC)
O espetáculo por onde voa impressiona por sua inquietude através de uma linguagem universal sem utilizar uma única palavra.
Critica a irracional violência cotidiana, através da comédia, se fazendo compreensíveis pela brilhante atuação das atrizes Lily Curcio e Vanderléia Will, que através de gestos, intenções e recursos circenses surpreendem com maestria a proposta do diretor espanhol Pepe Nuñez.
Cia. Pé de Vento Teatro – Florianópolis-SC
Cia. de Teatro sediada em Florianópolis/SC, atua com um repertório de espetáculos, projetos, oficinas e intervenções teatrais em território nacional e internacional por meio de Mostras, Festivais e Temporadas Teatrais.
Sempre na vanguarda, a Cia. desde sua fundação em 1999, caracteriza-se por sua constante pesquisa em busca de uma linguagem própria, popular e universal, tendo como veiculo a Comicidade, e como objetivo atingir todas as camadas da sociedade, independentemente da idade, grau cultural ou econômico. Em seus projetos a preocupação central é a inclusão das populações menos favorecidas economicamente, historicamente excluídas dos bens culturais.

Apresentações no Teatro SESC Prainha

Dia 07/11
Horário: 19h
Espetáculo: Barrica Poráguabaixo
Ator ou Cia.: Michelle Silveira (SC)
A Palhaça Barrica quer ir a praia e isso é um bom motivo para atrapalhações. Num lugar de proximidade com o público e utilizando-se de recursos concretos e imaginários, a Palhaça lança mão de toda a sua graça e sensibilidade para realizar o seu sonho vencendo os limites impostos pelos padrões a fim de alcançar o prazer e a alegria, em momentos de pura brincadeira consigo mesma e com a platéia.
Michelle Silveira – Chapecó-SC
Graduada em Interpretação e Direção Teatral pela UFSM e neste ano completa 10 anos do ofício de Palhaça. Fazem parte da formação da Palhaça Barrica, a rua, o Palhaço Xuxu, Leris Colombaioni, Jeannick Dupont, Pepe Nunez e o Circo Teatro Biriba.

Dia 07/11
Horário: 20h
Documentário: É Bucha! Os 40 anos do Teatro Biriba
Ator ou Cia.: Vinil Filmes (SC)
Conta a história de uma das mais tradicionais companhias de circo-teatro do Brasil, narrada por seus protagonistas. Fundada em 1970 por Geraldo Passos, o palhaço Biriba, o Teatro Biriba mantém viva a tradição do circo-teatro brasileiro, levando dramas, comédias e shows para as pequenas cidades do sul do país. Através de depoimentos, raras imagens de arquivo, espetáculos, descobertas no rico baú que guarda todos os textos teatrais da companhia, e recriações de antigas encenações do repertório o documentário revela a história da companhia, o dia-a-dia do trabalho coletivo, o aprendizado artístico e a herança da tradição, a nobreza dos palhaços, a vida nômade, a dramaturgia e a estética da arte do teatro popular. Numa emocionante celebração, presenciamos o encontro de três gerações de palhaços herdeiros de Geraldo Passos com o seu público, festejando a memória e o futuro da família de artistas.

Dia 08/11
Horário: 19h
Espetáculo: Cinta-Liga/Desliga
Ator ou Cia.: Núcleo Trompas de Falópio (RS)
Ser mulher e brincar de ser mulher é a grande tentação a ser abocanhada por um trio de palhaças!
O espetáculo torna-se um pretexto para um encontro com o público, onde as palhaças buscarão um pretendente amoroso. Nesta tentativa, elas trazem à tona desejos e cenas cotidianas do universo feminino, que vão sendo transformados pelo humor e o absurdo. A busca por um amor acaba construindo uma rotina e um forte elo entre as mulheres-palhaças através de um jogo fantasioso que põe tudo de pernas e saias pro ar
Núcleo Trompas de Falópio – Caxias do Sul-RS
Em 2009, três atrizes, iniciam uma pesquisa sobre a comicidade feminina, motivadas pela carência de referências nesta área. Surge o Núcleo Trompas de Falópio em Caxias do Sul-RS e mantém um trabalho de pesquisa contínua, não apenas com a figura da palhaça, mas também pesquisando outras possibilidades através de também figuras como o bufão.

Dia 09/11
Horário: 19h
Espetáculo: Sobre Tomates, Tamancos e Tesouras
Ator ou Cia.: Teatro da Mafalda (SP)
Conta a história de Mafalda Mafalda, uma artista de cabaré banida pelo seu público após uma apresentação mal sucedida com uma tal “plateia do lado de lá”.
O espectador considerado “o público do lado de cá”, por meio de flashbacks reais e também pelo depoimento de nossa protagonista tem acesso a uma realidade deturpada dos fatos, porém, logo acaba por saber que algo mais se grave se passou na fatídica apresentação. Algo que envolve o uso de uma tesoura, de tomates e de um pesadíssimo tamanco do Dr. Scholl, acabando por constituir um assombroso caso de polícia.
Andrea Macera– São Paulo-SP
É Atriz desde 1986, Palhaça desde 1997 e Diretora desde 1999. Desenvolveu grande parte de seus estudos, junto ao Grupo LUME- Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da Unicamp e com Sue Morrison- mestra-clown canadense. É parceira artística do Barracão Teatro, desde 1999, no estudo da máscara e do palhaço , atuando nos espetáculos, “A Julieta e o Romeu” e “Encruzilhados entre a Barbárie e o Sonho”. Nos últimos dez anos tem voltado a sua pesquisa para elaboração artística a partir do improviso e da relação com o público. Em 2010 estreou o espetáculo solo “Sobre tomates, tamancos e tesouras”, com direção de Rhena de Faria e produção do Barracão Teatro.

Dia 10/11
Horário: 19h
Espetáculo: Duas Palhaças
Ator ou Cia.: As Maria da Graça (RJ)
Duas palhaças com personalidades bem distintas, conversando sobre as questões existenciais da vida. A amizade… Em um momento, uma manda e a outra obedece em outro momento a que manda, amolece…
Duas palhaças e o sentimento… O choro, o toque, a distância e a aproximação. Procuram entender o que os cabelos loiros de um Príncipe, têm a ver com os trigos de ouro… E elas entendem.
As Marias da Graça – Rio de Janeiro-RJ
As Marias da Graça, é um grupo de 4 mulheres que trabalham o riso e escolheram a arte da/o palhaça/o para expressar o cotidiano feminino. Realizam desde 2005 bienalmente o Festival Internacional de Comicidade Feminina – Esse Monte de Mulher Palhaça , o único festival Nacional e Internacional realizado no Brasil e o terceiro no mundo que discute a atuação da mulher na comicidade – uma renovação para o cenário cultural.

Dia 11/11
Horário: 19h
Espetáculo: As Três Irmãs
Ator ou Cia.: Traço Cia. De Teatro (SC)
A peça discorre sobre o desejo das irmãs Olga, Maria e Irina de retornarem à cidade natal, de onde saíram com o pai, general militar, há onze anos. Ainda mais importante que o plano dos acontecimentos, porém, é a exposição dos conflitos que se estabelecem entre o plano da vida material – o cotidiano da vida humana – e o plano espiritual – a eternidade. O espetáculo, fruto da pesquisa de mestrado desenvolvida pela diretora em Prática Teatral pela ECA/USP e encenado pela Traço Cia. de Teatro de Florianópolis, aborda o clássico texto do dramaturgo russo Anton Tchékhov a partir da técnica do clown.

Dia 12/11
Horário: 19h
Espetáculo: O Acrobata
Ator ou Cia.: Seres de Luz (SP)
Em O Acrobata vemos o clown Jasmim, numa tradicional saga de domadores de feras, tentando inutilmente fazer com que o seu insólito mascote Pippo realize “perigosas” proezas acrobáticas. Uma dupla muito especial, uma relação onde o domador e a mascote surpreendem à platéia por sua ternura e simplicidade. O que acontece quando a fera não é um temível leão, nem um tigre feroz, senão uma insólita mascote que não gosta muito de trabalhar?
Um clássico trabalho de clown, fruto do intercâmbio com o mestre Nani Colombaioni (In Memoriam) na Itália, em janeiro de 1998.
Seres de Luz Teatro – Campinas-SP
Lily Curcio é palhaça, atriz, titiriteira, antropóloga Etnopsiquiatra, diretora e pesquisadora teatral, funda o grupo Seres de Luz Teatro em 1994.
Há 16 anos pesquisa sobre a linguagem do clown, a arte da manipulação, os pontos de convergência do Teatro de Animação com a linguagem do Palhaço.

Dia 13/11
Horário: 18h
Espetáculo: Spirulina em Spathódea
Ator ou Cia.: Na Companhia dos Anjos (SP)
Uma palhaça se mostra devagar. Ela traz uma bagagem. Aos poucos revela seus segredos, seus brinquedos, seu mundo peculiar. Convida a platéia a participar desse mundo, incluindo-a na sua lógica pessoal. Mostra a que veio. Fala de morte, vida, morte-vida, desejos, ardis, superações. É funeral. É renascimento.
Silvia Leblon – São Paulo-SP
Atriz-palhaça e diretora, funda em 1999 o núcleo NaCompanhiaDosAnjos, da Cooperativa Paulista de Teatro. Nos. Estuda o clown com LUME –Núcleo de Pesquisas Teatrais da Unicamp. Fez aulas de clown/palhaço com Philippe Gaulier, Ângela de Castro, Sue Morrison, Leo Bassi, Leris Colombaioni, Cristiane P. Quito, entre outros

Apresentações no Centro Comunitário Morro das Pedras

Dia: 11/11 às 20hs
Espetáculo: Clov’s o Internacionavel
Ator ou Cia.: Grupo lá nos Fundos
Fãs do mundo inteiro apresentamos, poxa apresentar uma figura tão famosa é muita pretensão. Falastrão e exigente – “como todo astro deve ser” – (palavras do próprio artista) e que tem em seu público um parceiro ideal, público este que tem “o privilégio de ter sido escolhido para assisti-lo”, um privilégio para poucos o mais Internacionável dos Internacionáveis, Clóv’s, em sua última apresentação de uma turnê mundial, mostrará sua grandiosa composição musical. Esplendorosamente magnânimo como só ele mesmo sabe ser, Clov’s o INTERNACIONÁVEL fará dos instantes que antecedem a apresentação da composição musical um divertido jogo aonde palhaço e platéia conduzem juntos o espetáculo.
Grupo Lá Nos Fundos – Criciúma/SC
O teatro lá nos fundos nasce de uma vontade que permeia todo artista: comunicação, fantasia e jogo. O grupo surge de uma conversa entre amigos e trabalha com a linguagem da rua, do palhaço, da comicidade, inserindo o espectador dentro do jogo teatral fazendo com que ele esteja no andamento dos espetáculos.
Além de oferecer mais um grupo profissional para comunidade de Criciúma e região um dos objetivos do artista foi aprofundar a linguagem da rua e fortalecer a classe teatral da cidade e do estado com produções de qualidade e pesquisa constante.

Dia 12/11 às 16hs
Espetáculo: Tchesco, o SENSACIONAL
Ator ou Cia.: Tchesco Villares (RJ)
Compartilhar um espetáculo deste SENSACIONAL e inusitado artista é programa obrigatório para quem gosta de surpresas das mais inusitadas.
Malabares com 1,2,3,4,5 e quase não sei quantas bolinhas, acrobacia e saltos incríveis e as vezes inacreditáveis, parada de mão no chão, a meio metro do chão e as vezes a mais de metro com a própria cabeça…
Ih… É muito, muito humor e técnica circense no corpinho compacto dele que se define como o ser mais lindo da face da terra! Vale à pena conferir esse “modesto” e impressionante carioca, Brasileiro e artista do mundo.
Tchesco Villares –Rio de Janeiro- RJ
Formado pela ENC (Escola Nacional de Circo/RJ) e como ele mesmo diz “pela Universistrada de Medisquina!” Leia-se praças e ruas no interior do Brasil e do mundo dando Em 1986 entrou para a Escola de Circo e nos últimos anos vem realizando temporadas em Circos e Parques nos Estados Unidos, e Europa .

Apresentações no Teatro da Igrejinha UFSC

Dia 11/11- às 22hs
Dia 12/11 – às 22hs
Dia 13/11 às 22hs

Atração: Cabaret Ri Catarina
Direção: Sérgio Machado
Sob a direção do comediante carioca Sergio Machado o festival trará ao publico o CABARET RI CATARINA que em três noites diferentes trarão ao grande públicos diversos artistas catarinenses, que fazem e trabalham com o riso em nosso estado, entre eles, Cia Traço, Circus Fever, Palhaça Barrica, Charles Augusto, Milena Moraes,Renato Turnes, Daniel Olivetto, Igor Lima, Grazi Meyer, Malcon Bauer, Dale Circo, Gabi Leite…

Apresentações na Rua

Dias 08 e 09:
10hs e 10:30hs Intervenção de 15 minutos no Centro
14hs e 14:30hs Intervenção de 15 minutos no Centro
16hs e 16:45hs Intervenções em UDESC e UFSC
18:45hs Intervenção no SESC
Dia 10 e 11:
10hs e 10:30hs Intervenção de 15 minutos no Centro
14hs e 14:30hs Intervenção de 15 minutos no centro
18:45hs Intervenção no SESC
20hs Intervenção no TAC
Dia 12:
10hs e 10:30hs Intervenção de 15 minutos no Centro
18:45hs Intervenção no SESC
20:15hs Intervenção no TAC
Dia 13:
15:45hs Intervenção no TAC
18:45hs Intervenção no SESC
20:15hs Intervenção no TAC
Espetáculo: “Homem Banda” – Cia.Um Pé de Dois
Quando ao longe se escuta um harmonioso acordeon acompanhado de chocalhos, pratos, bumbos e apitos… E imagina-se que aí vem a banda!
E vem mesmo, mas não uma banda comum e sim uma banda inteira orquestrada apenas por um homem só!É ele, Maurolauropaulo quem chega… Um músico inventor, que apresenta sua profunda crise de personalidade através de um espetáculo e uma parafernália cheia de sonoridades!!
Cia.Um Pé de Dois – Porto Alegre-RS
Formada por Mariana Ferreira e Mauro Bruzza. Desde 2008 a companhia já se apresentou no Brasil, Chile, Argentina e na Europa. O trabalho é feito principalmente com a linguagem do Clown – Palhaço – mas também utiliza elementos do teatro, do circo, da dança e da música.

Apresentações no SESC Extensões

Dia 08/11 – SESC Itajaí – Teatro Municipal
Dia 09/11 – SESC Brusque
Dia 10/11 – SESC Joinville
Espetáculo: Instintos Ocultos
Ator ou Cia.: Leo Bassi (Itália/Espanha)
Com o espetáculo Instintos Ocultos, para Leo Bassi, agir não é apenas agradar o público. O real significado de um show é trazer o público para uma experiência cheia de emoções e fazê-los sentir, que o que eles estão enfrentando é um momento exclusivo e único em suas vidas, e nunca será repetido.
Encontrar aquele momento mágico (sem o qual não há show) e fazer o impossível para alcançar, é o objetivo final de Leo Bassi. Fiel à sua filosofia artística, Leo sempre tendeu a se envolver em situações de chocante e ultrajante para surpreender o público.
LEO BASSI – Itália-Espanha:
Artista reconhecido mundialmente pelas suas extravagantes apresentações, além das inumeráveis ações provocadoras, Leo Bassi procede de uma antiga linhagem de comediantes excêntricos e palhaços circenses vindos da Itália, França, Inglaterra, Áustria e Polônia, que durante 150 anos tem apresentado seus espetáculos sem interrupção nenhuma.

Dia 07/11 – SESC Itajaí – Teatro Municipal
Dia 08/11 – SESC Brusque
Dia 09/11 – SESC Joinville
Espetáculo: Tomate a Puro Tomate
Ator ou Cia.: Victor Tomate (Argentina)
No espetáculo Tomate é um palhaço, um bufão, um ser que por momentos é cruel e por momentos é inocente, com sua habilidade e ingenuidade faz rir e refletir ao mesmo tempo. Show de manipulação de balões e comédia.
TOMATE – Argentina
Tomate é um palhaço, um bufão, um ser que com sua destreza e genialidade faz o público rir e pensar. Em quase 20 anos de risadas e aplausos, já percorreu mais de 20 países com seu espetáculo solo inflando, soprando e dando vida a uma série de disparatados personagens feitos com balões.

Dia 07/11 – SESC Criciúma
Dia 08/11 – SESC Tubarão
Dia 09/11 – SESC Laguna
Espetáculo: O Acrobata
Ator ou Cia.: Seres de Luz (SP)
Em O Acrobata vemos o clown Jasmim, numa tradicional saga de domadores de feras, tentando inutilmente fazer com que o seu insólito mascote Pippo realize “perigosas” proezas acrobáticas. Uma dupla muito especial, uma relação onde o domador e a mascote surpreendem à platéia por sua ternura e simplicidade. O que acontece quando a fera não é um temível leão, nem um tigre feroz, senão uma insólita mascote que não gosta muito de trabalhar?
Um clássico trabalho de clown, fruto do intercâmbio com o mestre Nani Colombaioni (In Memoriam) na Itália, em janeiro de 1998
Seres de Luz Teatro – Campinas-SP
Lily Curcio é palhaça, atriz, titiriteira, antropóloga Etnopsiquiatra, diretora e pesquisadora teatral, funda o grupo Seres de Luz Teatro em 1994.
Há 16 anos pesquisa sobre a linguagem do clown, a arte da manipulação, os pontos de convergência do Teatro de Animação com a linguagem do Palhaço.

Dia 08/11 – SESC Criciúma
Dia 09/11 – SESC Tubarão
Dia 10/11 – SESC Laguna
Espetáculo: Tchesco, o SENSACIONAL
Ator ou Cia.: Tchesco Villares (RJ)
Compartilhar um espetáculo deste SENSACIONAL e inusitado artista é programa obrigatório para quem gosta de surpresas das mais inusitadas.
Malabares com 1,2,3,4,5 e quase não sei quantas bolinhas, acrobacia e saltos incríveis e as vezes inacreditáveis, parada de mão no chão, a meio metro do chão e as vezes a mais de metro com a própria cabeça…
Ih… É muito, muito humor e técnica circense no corpinho compacto dele que se define como o ser mais lindo da face da terra! Vale à pena conferir esse “modesto” e impressionante carioca, Brasileiro e artista do mundo.
Tchesco Villares –Rio de Janeiro- RJ
Formado pela ENC (Escola Nacional de Circo/RJ) e como ele mesmo diz “pela Universistrada de Medisquina!” Leia-se praças e ruas no interior do Brasil e do mundo dando Em 1986 entrou para a Escola de Circo e nos últimos anos vem realizando temporadas em Circos e Parques nos Estados Unidos, e Europa .

Dia 11/11 – SESC Chapecó
Dia 12/11 – SESC Joaçaba
Dia 13/11 – SESC Lages
Espetáculo: Sobre Tomates, Tamancos e Tesouras
Ator ou Cia.: Teatro da Mafalda (SP)
Conta a história de Mafalda Mafalda, uma artista de cabaré banida pelo seu público após uma apresentação mal sucedida com uma tal “plateia do lado de lá”.
O espectador considerado “o público do lado de cá”, por meio de flashbacks reais e também pelo depoimento de nossa protagonista tem acesso a uma realidade deturpada dos fatos, porém, logo acaba por saber que algo mais se grave se passou na fatídica apresentação. Algo que envolve o uso de uma tesoura, de tomates e de um pesadíssimo tamanco do Dr. Scholl, acabando por constituir um assombroso caso de polícia.
Andrea Macera– São Paulo-SP
É Atriz desde 1986, Palhaça desde 1997 e Diretora desde 1999. Desenvolveu grande parte de seus estudos, junto ao Grupo LUME- Núcleo Interdisciplinar de Pesquisas Teatrais da Unicamp e com Sue Morrison- mestra-clown canadense. É parceira artística do Barracão Teatro, desde 1999, no estudo da máscara e do palhaço , atuando nos espetáculos, “A Julieta e o Romeu” e “Encruzilhados entre a Barbárie e o Sonho”. Nos últimos dez anos tem voltado a sua pesquisa para elaboração artística a partir do improviso e da relação com o público. Em 2010 estreou o espetáculo solo “Sobre tomates, tamancos e tesouras”, com direção de Rhena de Faria e produção do Barracão Teatro.

Dia 10/11 – SESC Chapecó
Dia 11/11 – SESC Joaçaba
Dia 12/11 – SESC Lages
Espetáculo: Spirulina em Spathódea
Ator ou Cia.: Na Companhia dos Anjos (SP)
Uma palhaça se mostra devagar. Ela traz uma bagagem. Aos poucos revela seus segredos, seus brinquedos, seu mundo peculiar. Convida a platéia a participar desse mundo, incluindo-a na sua lógica pessoal. Mostra a que veio. Fala de morte, vida, morte-vida, desejos, ardis, superações. É funeral. É renascimento.
Silvia Leblon – São Paulo-SP
Atriz-palhaça e diretora, funda em 1999 o núcleo NaCompanhiaDosAnjos, da Cooperativa Paulista de Teatro. Nos. Estuda o clown com LUME –Núcleo de Pesquisas Teatrais da Unicamp. Fez aulas de clown/palhaço com Philippe Gaulier, Ângela de Castro, Sue Morrison, Leo Bassi, Leris Colombaioni, Cristiane P. Quito, entre outros

spot_img
spot_img