21.5 C
fpolis
terça-feira, maio 24, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Flexibilização do uso de máscaras expõe necessidade de cuidados redobrados com a pele

spot_img

Flexibilização do uso de máscaras expõe necessidade de cuidados redobrados com a pele

spot_imgspot_img

De acordo com a médica Carol Berger, de Florianópolis, a pandemia acelerou o processo de envelhecimento e os procedimentos estéticos são cada vez mais necessários. 

Os últimos dois anos foram marcados pelo uso obrigatório de máscaras no combate à Covid-19. Com a redução dos números de casos ativos da doença e o avanço da imunização, muitas cidades já flexibilizaram o uso dessa proteção, inclusive em lugares fechados. Com as mudanças e os rostos novamente expostos, os cuidados com a pele voltam a ser fundamentais. 

De acordo com a médica cirurgiã-geral, pós-graduada em Dermatologia e especialista em procedimentos faciais, Carol Berger, que atua em Florianópolis, a exposição de uma maior região do rosto ao sol é um dos principais motivos para retomar os cuidados. Além disso, ela explica que o processo de envelhecimento aumentou substancialmente durante a pandemia. “O consumo alimentar e de álcool cresceu muito por conta da ansiedade e ociosidade das pessoas, provocando a aceleração do processo de envelhecimento. Passaram-se apenas dois anos e houve a sensação de que o envelhecimento foi muito mais intenso. E, de fato, foi”, alerta a médica.

Procura por procedimentos estéticos aumenta 58%

Os números mostram que, com a flexibilização, os pacientes já voltaram a buscar procedimentos estéticos que estavam acostumados a realizar antes da pandemia e que ficaram de lado nos últimos anos, sobretudo porque o rosto estava escondido. 

A procura pelos procedimentos aumentou, segundo a Dra Carol, 58% em seu consultório, na Capital, no início deste ano se comparado ao mesmo período em 2021. Ela aponta que os procedimentos para melhora do terço médio e inferior da face estão entre os mais procurados: preenchimentos dos lábios, rugas da marionete, bigode chinês e tratamentos para a papada, por exemplo. “Temos recebido pacientes acima dos 40 anos, que tinham receio de contrair a doença em consultórios médicos, mas também pacientes jovens, que são adeptos à toxina botulínica e aos preenchimentos labiais e evitavam sair”, destaca.

Cuidar da pele é cuidar da saúde

A médica ressalta que cuidar da pele, o maior órgão do corpo humano, é cuidar da saúde, não apenas física, mas emocional. “Falar em beleza e procedimentos estéticos sempre foi estigmatizado como algo supérfluo e fútil, enquanto, na verdade, isso faz parte da saúde de todos nós. A relação que os pacientes têm com sua beleza e autoestima é a principal causa de doenças psiquiátricas no mundo como a depressão, os distúrbios de imagem, bullying, anorexia e obesidade”, aponta Carol. 

Além dos procedimentos estéticos que auxiliam no gerenciamento do envelhecimento, segundo a especialista, é preciso, ainda, tomar alguns cuidados. “É muito importante higienizarmos a pele diariamente com um ótimo higienizador facial, que utilizemos bons produtos hidratantes e, claro, que nunca saiamos sem utilizar, e repassar durante o dia, protetor solar com fator de acordo com a pele”, conclui. 

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img