16.6 C
fpolis
quinta-feira, setembro 23, 2021
cinesytem

Florianópolis recebe Os Paralamas do Sucesso no dia 14 de maio

spot_img

Florianópolis recebe Os Paralamas do Sucesso no dia 14 de maio

spot_img

A banda apresenta show da turnê “Brasil Afora”. Show acontece no Floripa Music Hall. Ingressos já estão a venda.

A banda Os Paralamas do Sucesso desembarca no dia 14 de maio, quinta-feira, na capital catarinense para apresentação inédita da turnê “Brasil Afora”. A apresentação acontece no Floripa Music Hall (Rua Henrique Valgas, 113). O show conta com a produção da RW7 em parceria com a Rádio Atlântida (Projeto DNA Atlântida).

A banda formada por Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone mistura influências pop, reggae e rock com o sol insaciável, o brilho da areia dourada e as esperanças do povo em um disco que retrata o “Brasil Afora” sem sequer sair do estúdio. A versatilidade de Os Paralamas do Sucesso retrata um Brasil com canções inéditas do trio que tem muita história pra contar.

Antes de “Brasil Afora”, Os Paralamas do Sucesso trabalharam “Longo Caminho” (2002) e “Hoje” (2005). “Brasil Afora” é descrito como um “disco de verão” segundo Felipe Machado, autor do release do mais recente trabalho da banda. Felipe descreve ainda como um disco que “dá vontade de aumentar o som do alto-falante na praia, servir caipirinha e deixar o mundo inteiro com um sorriso no rosto”.

É com essa energia que a banda Os Paralamas do Sucesso promete um show inesquecível no dia 14 de maio em Florianópolis. O Floripa Music Hall será o palco para Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone mostrarem toda a alegria presente em “Brasil Afora”.

Os ingressos já estão a venda nas bilheterias do Floripa Music Hall (Rua Henrique Valgas, 113). A abertura da casa acontece as 21 horas e o show está marcado para as 23h. Classificação etária: 16 anos. Valor dos ingressos: 1º lote – Pista – R$60,00; Área Vip – R$100,00; Camarote – R$110,00 (preços sujeito à alteração). Formas de pagamento: somente em dinheiro. Informações para o público: (48) 3222-8416 – www.floripamusichall.com.br.

Informações sobre a banda: http://www.osparalamas.com.br/ ou www.myspace.com/osparalamas.

Os Paralamas do Sucesso e “Brasil Afora”

Depois de tantas turnês pelo Brasil, Os Paralamas do Sucesso conseguiram provar que é possível viajar pelo país sem sair do estúdio. O sol insaciável, o brilho da areia dourada, as esperanças do povo, está tudo lá: o disco novo de Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone não é ao vivo – mas é uma incrível viagem ‘Brasil Afora’.

Gravado em Salvador e no Rio de Janeiro, ‘Brasil Afora’ é o primeiro disco de canções inéditas da banda em quatro anos. Talvez seja coincidência, talvez seja destino, mas o fato é que as duas capitais mais quentes do país certamente influenciaram o estilo desse disco. Depois de uma pegada mais roqueira em ‘Longo Caminho’, de 2002, o CD novo segue a trilha retomada em ‘Hoje’, de 2005. O que nos leva em direção ao litoral: ‘Brasil Afora’ é um disco de verão. E um verão do Nordeste, daqueles em que o sol racha a cuca e deixa o chão tão quente que os pés não conseguem ficar parados. ‘Brasil Afora’ é pop, é reggae, é rock, tudo isso à brasileira. Dá vontade de aumentar o som do alto-falante na praia, servir caipirinha e deixar o mundo inteiro com um sorriso no rosto.

Poucas bandas no mundo têm um estilo tão característico, que fazem a gente adivinhar quem está tocando já no primeiro acorde. ‘Meu Sonho’ abre o disco assim: entra uma guitarra marcada, a bateria explode no rosto, o baixão engole o silêncio… antes de os metais começarem a brilhar a gente já sabe que “isso só pode ser Paralamas”. Boa viagem: se esse disco fosse um filme, seria um road movie.

Em Roma, como os romanos; em Salvador… Carlinhos Brown, parceiro dos Paralamas no megahit ‘Uma Brasileira’ nos anos 90, desta vez está de volta com duas canções, ‘Sem Mais Adeus’, com Alair Tavares, e ‘Quanto ao Tempo’, com Sullivan. Ninguém melhor que o multitalentoso baiano para imaginar um céu que mudou de tom, mas que não vai cair sobre nossas cabeças. E que agora tem uma tonalidade diferente: é simplesmente ‘bonito lilás’. Essas cores só existem na Bahia.

A parceria seguinte parece mais urbana, mas é só impressão: composição do produtor Liminha e de Arnaldo Antunes, a batida deliciosa de ‘A Lhe Esperar’ faz com que a poesia concreta do ex-titã se misture à areia da praia (“Água venha/Água vá/Arda lenha/Cave pá/ Chova chuva/Vire curva/Gire roda/Quebre mar”). Nasce aí um novo elemento da natureza: um concreto menos duro, mais gingado.

Já que estamos na estrada, não custa nada descer um pouquinho para o sul e cruzar a fronteira com a Argentina para buscar a balada ‘El Amor’. A animada ‘El Amor Después Del Amor’, do hermano Fito Paez, se transforma aqui em um elogio emocionado ao amor que se completa (“Depois de te amar eu estou/Tão pleno de amor”), ao amor que é mais intenso que o próprio ato de amar.

Na sequência, Herbert Vianna canta ‘Aposte em Mim’ – como se isso fosse necessário. O reggae ensolarado vai para o banco de trás e quem assume o volante agora é o rock que eles ouviam em Brasília, muito antes de conhecerem tão bem o resto do Brasil. Influenciado pelo ritmo dos anos 70 e a sonoridade dos 80, ‘Aposte em Mim’ é música para dançar a noite inteira. Então… let’s dance.

Saímos da Brasília, terra da adolescência dos Paralamas, e estamos a caminho da Paraíba, terra natal de Herbert Vianna. ‘Mormaço’ é aquele trecho da viagem em que somos obrigados a parar para tomar água, tamanha é a crueldade do calor. Afinal, “quem luta para respirar sabe que a briga é séria”, ainda mais em um lugar “onde não circula nem o ar / no mormaço da miséria”. Nessa faixa, os Paralamas param no meio da estrada para dar carona a outro convidado muito especial: Zé Ramalho. O sol está tão forte que até a voz marcante do mito da Nação Nordestina ganha cor.

Agora engatamos uma meia-volta e descemos para onde o vento começa a soprar e aliviar o suor. E nem importa se estamos em ‘Taubaté ou Santos’; o que importa é que “os ideais não sejam sonhos / mas que possam ser reais”. E nos aproximamos aos poucos das regiões mais roqueiras do Brasil… Talvez o céu nublado e a temperatura mais baixa sejam os culpados por trazer mais peso ao som.

‘Brasil Afora’ é uma porrada; é o momento em que a gente lembra que os Paralamas são um power-trio daqueles ‘de responsa’, com garra e músicos excepcionais. Mas espera um pouco: ouvindo direito, esse rockão tem uma harmonia meio diferente. Será que tem algo aí de baião? O sotaque acelerado e a melodia dissonante nos deixam confusos… onde é que estamos mesmo?

Não achei ‘Tempero Zen’ no mapa, só está na cara que estamos em alguma cidade grande. E também há a certeza de que o órgão é Hammond e o tecladista é João Fera, o mais Paralama dos quase-Paralamas, turma da pesada que conta ainda com o saxofonista Monteiro Jr. e o trombonista Bidu Cordeiro. Isso é som para ser ouvido em qualquer lounge de qualquer metrópole. É tão cool que dá vontade de sentar ao lado de alguém querido e pedir uma caipirinha. Nesse caso, de saquê.

O clima de The Doors de ‘Tempero Zen’ nos lembra que a viagem está perto do ‘The End’. Em ‘Tão Bela’ é hora de aumentar o som, porque rock pesado é para ouvir no volume máximo. A última do disco é uma quebradeira da cozinha baixo-batera com um verdadeiro solo de guitar hero, no melhor estilo daqueles power-trios que nunca saíram da nossa cabeça. E quem quiser ainda pode fazer mais uma escala: a bônus track ‘O Palhaço’ estará disponível apenas para quem baixar o álbum pela internet. Vale a pena: é um pop-anos 60 staccato e leve, para cima, com clima de uma época em que se sobrevivia apenas de alto astral. Assim, a viagem pelo Brasil termina também com uma viagem no tempo.

E o tempo está do lado dos Paralamas: ouvir um disco novo deles é como voltar para casa após uma longa viagem, como encontrar a turma no canto de sempre da praia. É um som que ajuda a nos lembrar quem somos, não importa em que cidade está o nosso coração. É delicioso descobrir esse país guiado por três caras como eles. E com uma trilha sonora assim, não tenha a menor dúvida: essa viagem vai ficar na memória.

Autor do release: Felipe Machado – Fevereiro/2009

:: O Cd “Brasil Afora” de Os Paralamas do Sucesso é um lançamento da EMI. Preço médio: R$ 29,90

Serviço:

“Brasil Afora” – Os Paralamas do Sucesso

Quando? 14/05/2009 (Quinta-Feira)
Onde? Floripa Music Hall (R: Henrique Valgas, 113)
Horário: A abertura da casa acontece as 21 horas e o show está marcado para as 23h.
Valor dos ingressos: 1º lote – Pista – R$60,00; Área Vip – R$100,00; Camarote – R$110,00 (preços sujeito à alteração).
Forma de pagamento: somente em dinheiro
Pontos de Venda: nas bilheterias do Floripa Music Hall
Informações para o público: (48) 3222-8416 / www.floripamusichall.com.br
Classificação etária: 16 anos
Parceria: Rádio Atlântida (Projeto DNA Atlântida) Realização: RW 7

spot_img
spot_img

Leia mais