27.7 C
fpolis
domingo, janeiro 16, 2022
cinesytem

Florianópolis recebe projeto de democratização do circo até amanhã (19)

Florianópolis recebe projeto de democratização do circo até amanhã (19)

spot_img

O Projeto “VIVA O CIRCO 2010”, consiste em levar gratuitamente a magia do circo e do palhaço para os alunos das escolas públicas de Florianópolis e público em geral.

É idealizado pela Cia Pé de Vento Teatro e será realizado com orçamentos obtidos através do Prêmio Funarte Carequinha de Estímulo ao Circo – 2009.

Os beneficiados terão a oportunidade de entrar em contato com o que se faz de melhor hoje no Brasil na linha do Palhaço, além da Cia Pé de Vento apresentando-se , teremos a participação da Cia Seres de Luz Teatro de São Paulo e Teatro de Anonimo do RJ.

No total serão 15 espetáculos que serão apresentados em diferentes horários dentro da lona de circo instalada no Largo da Alfândega. E uma oficina de iniciação a arte do palhaço, indicada para alunos e interessados em se aprimorar na arte de ser palhaço.

Além dos espetáculos o aluno também poderá contemplar uma exposição de fotos de palhaços.

Espetáculos:
Quando:Entre os dias 15 a 19 de março de 2010.
Horários:Manhã – 10:00 h
Tarde – 15:00 h
Noite – 19:30
Local: Largo da Alfândega.
Gratuito.

Oficina:
Quando: 08 a 12 de maço de 2010
Horario: 18:30 as 22h
Local: Sesc Prainha
Gratuito.


1. BOM APETITE: sessões manhã as 10:00 h e tarde as 15:00 h
somente para aluno do ensino infantil e fundamental do 1º.ao 5º ano das series iniciais.

Espanhol e brasileiro, ingênuo e atrevido, adulto e criança, no espetáculo infantil “Bom Apetite”, o ator Pepe Nuñez nascido na Espanha e radicado em Florianópolis/SC, faz um mergulho na arte do Ator Cômico.
Re-elaborando cenas e situações clássicas dos cômicos
populares, e usando recursos da tradição Cômico-Circense ,este palhaço com nariz vermelho e um estilo franco e descontraído, convida o público a participar ativamente das cenas compartilhando sempre o lado ridículo e inocente do ser humano.
“Bom Apetite” é um espaço de brincadeira, um espetáculo aberto, para todas as idades, jogos e cumplicidade marcam o compasso na orquestra que formam público e palhaço, e rindo de si mesmos, trazem a tona o que todos nós temos de mais irreverente, descontraído e ingênuo.

2. A-LA-PI-PE-TUÁ ( Cia Seres de Luz de SP) : sessão dia 19 as 19:30 hs
somente para aluno do ensino médio, ejas, sejas e cursinhos pré vestibulares.

O público aguarda o momento em que o espetáculo comece. Os palhaços chegam com tanta bagagem que poderíamos falar que a trupe está formada por muitos artistas, mas são só chegam eles: Tanguito e Jasmim.
Ela o admira, e ele tem um narcisismo formidável, juntos pretendem fazermos acreditar que a magia é difícil e que a força hercúlea pode romper correntes.

Temos certeza de que nada extraordinário ocorrerá?
“A-la-pi-pe-tuá” consegue durante mágicos e delirantes momentos que o público participe e protagonize com inocência de cada uma das cenas que a dupla propõe.
Com um ar nostálgico dos filmes de Fellini, Seres de Luz Teatro recria, esta vez, cenas clássicas do repertório clownesco.

3. IN CONCERTO ( Cia Teatro de Anonimo do RJ) : sessão dia 15 as 19:30 hs
somente para aluno do ensino médio, ejas, sejas e cursinhos pré vestibulares.

Um trio de palhaços chega ao local para dar um concerto público, mas muitas trapalhadas acontecem até que consigam executar suas peças. Assim, acabam tendo que dar um conserto no programa, que inclui a “Ópera Desastrada”, interpretada pelo alto barítono Seu Flor e seu lerdíssimo discípulo Prego. Em seguida, é a vez de Buscapé executar sua peça musical, até que se depara com uma fatalidade do destino: seu estimado apito mirim ultrapassa a barreira da vida e vira estrela. Em seu périplo fúnebre, Buscapé leva o público às lágrimas de anto rir. No Gran Finale, os três atrapalhados palhaços executam seu concerto, agora com instrumentos de verdade (acordeão, cavaquinho e trompete). Contudo, até que isso ocorra, muitas outras tentativas e erros irão se suceder.

4. Lamurio Poético ( Cia Pé de Vento Teatro de SC) sessões 19:30h
somente para aluno do ensino médio, ejas, sejas e cursinhos pré vestibulares.

É uma comédia Clownesca que tem como tema o ofício do ator e a sua situação atual. As Clowns VIOLETA e VITÓRIA, vividas por Andréa Padilha e Vanderléia Will, são duas atrizes de teatro mambembe que estão desempregadas. Não encontrando nenhuma Companhia de Teatro que as acolha resolvem elas mesmas criarem um recital de poemas para ganhar algum dinheiro.

O espetáculo desenvolve-se como uma série de Gags vividas pelas personagens na tentativa de realizar o seu recital, entremeadas pela efetiva declamação de Olavo Bilac, Augusto dos Anjos e Raimundo Corrêa. Sua estrutura baseia-se na tradição dos números clownescos tão bem representados no cinema pelos clássicos vagabundos – palhaços: Charlie Chaplin, Baster Keaton, Harold Lloynd, etc…

Oficina: Iniciação a Arte do Palhaço com o diretor, ator e palhaço espanhol Pepe Nuñez
“Todos temos um Clown/Palhaço dentro de nós, a questão é encontrar o caminho até ele” ( Jacques Lecoq).

O ofício do Clown/Palhaço reside na liberdade de se permitir ser o que verdadeiramente é, e de fazer os outros se espelharem e rirem de si mesmos, na confiança de estarem rindo do Palhaço.
Isso requer uma grande coragem. É um exercício de generosidade e risco, às vezes difícil, penoso e doloroso, mas sempre libertador. Provocar o riso é a base da profissão, ativar o pensamento é a ambição e o fim.
Neste curso nos propomos a iniciar esta árdua e longa tarefa. Longa porque só com muito tempo de “profissão” e prática se consegue alcançar um bom resultado. Árdua porque, além de muita disciplina, precisa-se de muita coragem para dar o mergulho necessário nas próprias contradições e “zonas errôneas” que habitam nossa personalidade.

Pepe Nuñez desenvolve sua pesquisa na arte do Clown/Palhaço desde 1992, quando começou sua formação com os mestres: Gabriel Chamé (Argentina), José Ramon Jimenez (Espanha), Django Edwards (EEUU), Ângela de Castro (Brasil/Inglaterra), Sue Morrison (Canadá), entre outros…

Autor e diretor do Espetáculo “De Malas Prontas”, tem se apresentado nos mais importantes festivais brasileiros com seus solos “Bom Apetite” e “Pic Nic”.

spot_img
spot_img