fique por dentro de floripa

- Educação - Florianópolis sedia 3o Encontro Brasil de Mães e Pais Waldorf entre 25 e 27 de outubro

24.09.2019

Florianópolis sedia 3o Encontro Brasil de Mães e Pais Waldorf entre 25 e 27 de outubro

24.09.2019
Florianópolis sedia 3o Encontro Brasil de Mães e Pais Waldorf  entre 25 e 27 de outubro
Foto: Divulgação

Evento terá como tema central a construção de comunidades, uma das principais  bandeiras da pedagogia neste ano em que comemora 100 anos

Entre os dias 25 e 27 de outubro acontecerá em Florianópolis  a 3a edição do Encontro Brasil de Mães e Pais Waldorf, a ser realizado no Recanto Marista Champagnat.

O evento, que acontece em meio às comemorações  do centenário da Pedagogia Waldorf, é idealizado e coordenado por famílias de alunos  de escolas Waldorf de Florianópolis, e abordará temas  ligados à antroposofia e à pedagogia, com presença de  palestrantes reconhecidas no meio, como Ana Paula Cury,  fundadora da Escola de Pais da Escola Waldorf Rudolf Steiner;  Beatriz Camorlinga, tutora de escolas Waldorf  no Brasil e na América Latina,  e Walkyria Machado, consultora educacional, cientista social e formadora atuante na América do Norte e do Sul. Oficinas de argila, bordado,  arquearia chinesa, pintura euritmia e canto também fazem  parte da programação.

O  Encontro Brasil de Mães e Pais Waldorf é aberto ao público e as inscrições podem ser feitas  até  27 de setembro pelo link: https://encontrobrasil.wixsite.com/iiiencontro

Programação:

25/10/19

“Encontro de Pais Waldorf: Como tudo começou...”, com Ana Paula Cury

Médica (Clínica Geral) de orientação Antroposófica. Fundadora da Escola de Pais da Escola Waldorf Rudolf Steiner.

 

26/10/19

"As várias faces dos limites e exercícios que ajudam a educar a vontade pelo amor" , com Ana Paula Cury

“Integração entre Pais e Professores”, com Beatriz Camorlinga

Professora de Classe do Ensino Fundamental da Escola Waldorf Anabá por mais de 20 anos. Tutora de escolas no Brasil e na América Latina. Formada em Ciências da Comunicação, Magistério, Pedagogia Waldorf, Dramaterapia e Psicopedagogia.

 

27/10/19

“Construindo Comunidade”, com Walkyria Machado

Consultora Educacional, Cientista Social e formadora atuante na América do Norte e do Sul. Mestra em Gestão de Escolas Waldorf e Desenvolvimento de Comunidade (Sunbridge College de Nova York). Formada em Artes Aplicadas Fiber Craft Studio (Threefold Educational Center, New York) e Dinâmica Espacial nos Estados Unidos. Atualmente atua como Gestora Pedagógica na Escola Waldorf Rudolf Steiner e como formadora no GITA (Centro Antroposófico de México).

 

Serviço

Data : 25 a 27 de outubro, 2019

Local: Recanto Marista Champagnat 

Estrada Sertão do Assopro, 505, Itacorubi – Florianópolis – SC CEP: 88062-002

Mais informações pelo e-mail: encontrobrasilwaldorf@gmail.com

 

OS 100 ANOS DA PEDAGOGIA WALDORF

A Pedagogia Waldorf foi idealizada pelo filósofo austríaco Rudolf Steiner, em 1919, na Alemanha, e apontada pela UNESCO como a pedagogia capaz de responder aos desafios educacionais, principalmente nas áreas de grandes diferenças culturais.

Ela se baseia numa visão ampliada e completa do ser humano e de seu desenvolvimento, em que crianças e jovens são considerados em seus aspectos individuais e nas particularidades da faixa etária a que pertencem. Procura-se dar condições para que cada indivíduo descubra e alcance seu potencial e supere os seus desafios. 

 Após o fim da primeira Grande Guerra, os pais buscavam por valores mais humanos e uma nova pedagogia.  Por iniciativa dos fundadores Emil e Berta Molt, em setembro de 1919, em Stuttgart, iniciou-se a primeira escola Waldorf. Havia doze professores fundadores. Eles foram convidados por Rudolf Steiner para um curso de 14 dias, durante o qual, a partir do conhecimento antropológico do ser humano, trabalhou-se os fundamentos da Pedagogia Waldorf. Até meados do século XX, outras 34 escolas Waldorf foram fundadas: na Alemanha, Suíça, Holanda, Inglaterra, Noruega e Suécia, na Hungria e na Áustria, assim como nos EUA.

Na segunda metade do século, o movimento da Escola Waldorf consolidou-se e tornou-se uma pedagogia  amplamente praticada no mundo. Em alguns países, como Alemanha, Holanda e Escandinávia, as escolas Waldorf passaram a ser subsidiadas pelo estado, como escolas livres. Na maioria dos países, porém, os pais mantêm as escolas. Apesar da situação econômica nem sempre favorável, o movimento Waldorf cresceu. Em 1985, já havia 306 escolas em 23 países.

Atualmente existem cerca de 1100 escolas de Ensino Fundamental e Médio no mundo e mais de 2000 escolas de Educação Infantil. No Brasil, desde a fundação da Federação das Escolas Waldorf (FEWB) em 1998, houve um crescimento significativo de mais de 200%. Hoje são 88 escolas Waldorf filiadas e 200 em processo de filiação distribuídas em 21 Estados brasileiros, reunindo mais de 17.000 alunos e cerca de 1.700 professores. Para atender a busca por formação pedagógica Waldorf existem hoje 19 Centros de Formação distribuídos pelo país.

As escolas Waldorf formam a rede independente de educação que mais cresce no mundo.

Mais informações no site da Federação das Escolas Waldorf do Brasil  (FEWB): http://www.fewb.org.br/

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

“Este é um país de hipócritas. Tudo abriu menos as escolas”

16.09.2020

“Este é um país de hipócritas. Tudo abriu menos as escolas”

Carta aberta à população | 200 dias sem aulas: menos política, mais ação

14.09.2020

Carta aberta à população | 200 dias sem aulas: menos política, mais ação

‘Com Você no Enem’: plataforma prepara jovens de todo o País para o exame

10.09.2020

‘Com Você no Enem’: plataforma prepara jovens de todo o País para o exame

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.