30.1 C
fpolis
segunda-feira, janeiro 24, 2022
cinesytem

Florianópolis terá semáforos que não desligam com falta de energia elétrica

Florianópolis terá semáforos que não desligam com falta de energia elétrica

spot_img

Florianópolis já está com mais da metade do novo sistema de semáforos implantado. O relatório de andamento do projeto foi apresentando na manhã desta segunda-feira, 14, ao prefeito Cesar Souza Jr. A previsão de inauguração é início de maio. As informações são da assessoria de imprensa da prefeitura. 

A empresa que venceu a licitação, a Dataprom, está trabalhando com equipe reforçada na instalação dos equipamentos e adiantou novidades que trouxe para a Capital.

“Pela primeira vez, teremos sistema de Nobreak, ou seja, o semáforo não irá mais desligar quando houver queda de energia, como ocorreu na última sexta-feira”, explicou o secretário de segurança e gestão de trânsito, Valcir Brasil.

O Nobreak será instalado nos cruzamentos de maior movimento da cidade. O trabalho de alteração de todos os equipamentos começou em janeiro e envolve a instalação de 134 novos sistemas de controle – o que compreende 630 semáforos distribuídos em toda a cidade.

Entenda como irá funcionar:

– A empresa especializada em tecnologia que venceu a licitação, a Dataprom, irá instalar 134 sistemas de controle de trânsito, espalhados em áreas estratégicas da cidade. O mesmo utilizado em grandes metrópoles, como Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro.

– Estes sistemas ficam dentro de caixas no solo e não são percebidos pelos motoristas. Elas funcionam como CPU´s de computadores, onde softwares de última geração irão controlar 630 semáforos da cidade.

– Em uma sala, na rua Deodoro, ficará a central de monitoramento. Lá, seis telas em LED (chamadas tecnicamente de videowall – pois possuem tecnologia superior às de televisão) irão funcionar como “telas de computador”, das 134 “CPU´s” espalhadas pela cidade.

– Nas telas, estarão todos os 630 semáforos da cidade, enviando informações em tempo real sobre o trânsito, dia e noite. Com apenas um clique, os agentes de trânsito poderão alterar a sincronia de um semáforo, fazendo o trânsito fluir na direção que for necessário.

– Os motoristas que estiverem em congestionamentos (em vias municipais) poderão interagir com os agentes pelo número 153 da Guarda Municipal – relatando problemas ou filas fora do comum.

O que este software pode fazer

– monitora o fluxo da via;

– determina planos específicos de acionamento para horários determinados;

– estabelece pedidos de mudança de planos de via;

– como a mudança é em tempo real, o maior benefício é a fluidez no trânsito, evitando congestionamentos.

Custo e cronograma de instalação

Investimento: R$ 5,5 milhões

Início da instalação: janeiro de 2016

Término: maio de 2016

spot_img
spot_img