23.3 C
fpolis
sexta-feira, dezembro 3, 2021
cinesytem

Florianópolis Audiovisual Mercosul exibe os ganhadores de 2009

spot_imgspot_img

Florianópolis Audiovisual Mercosul exibe os ganhadores de 2009

spot_img

De 11 a 18 de maio, um mês antes do 14º Florianópolis Audiovisual Mercosul, a organização do festival, em parceria com cineclubes, preparou uma mostra itinerante com os filmes ganhadores do Troféu Panvision da edição de 2009, nas categorias Curtas Mercosul 35 mm, Vídeos e Infanto-Juvenil. Na programação estão produções que receberam diversos prêmios, como Os filmes que não fiz, de Gilberto Scarpa, de Minas Gerais, o melhor curta-metragem, e o catarinense Ângelo, o coveiro, de Renato Turnes, melhor vídeo Júri Popular, dentre outros prêmios.

Serão quatro programas diferentes, exibidos em oito lugares de Florianópolis e São José, com entrada gratuita. A primeira das oito sessões é no Cineclube Armação, na Escola Dilma Lúcia dos Santos, na Armação, terça, dia 11, às 20 horas. As demais ocorrem no Carijó Espaço de Arte (Canasveiras), Ceart/Udesc, Cinearth, Escola do Mar (São José), Cine Maciço, Cineclube Ieda Beck e Escola Brigadeiro Eduardo Gomes, no Campeche.

O Pré-FAM é uma iniciativa de difusão do acervo do festival para os públicos mais diversos, que terão a oportunidade de ver ou rever as produções latinoamericanas premiadas. É também uma prévia do FAM2010, na UFSC, nesse mesmo período, em junho.


Programação

11/05 – terça – 20 horas
Cineclube Armação (Escola Professora Dilma Lúcia dos Santos, Rod. SC 406, 6050, Armação)
Programa 1
Os filmes que não fiz, de Gilberto Scarpa, MG, Ficção, 16’ (Melhor Filme 35 mm/Melhor Ficção/Melhor Direção)
Samba de Quadra, de Gustavo Mello e Luiz Ferraz, SP, Documentário, 16’ (Melhor Fotografia – Gustavo Mello e Luiz Ferraz)
Vestido, de Jairo Boiser, Chile, Ficção, 23’ (Melhor Roteiro – Ignácio Arnold e Jairo Boisier)
Interior, Bajo, Izquierda, de Diogo e Daniel Vega, Peru, Ficção, 10’ (Melhor Direção Vídeo)

12/05 – quarta – 20 horas
Carijó Espaço de Arte (Rua Antenor Borges, 409, Canasvieiras)
Programa 2
Ângelo, o coveiro, de Renato Turnes, SC, Ficção, 20’ (Prêmios Quanta e Kodak de Melhor Vídeo Catarinense, Melhor Vídeo Júri popular, Melhor Ator – Renato Turnes)
Josué e o Pé de Macaxeira, de Diogo Viegas, SP, Animação, 12’ (Melhor Filme Infanto-Juvenil)
A ilha, de Alê Camargo, DF, Animação, 9’37” (Melhor Vídeo Animação)
Maní, de Nicolas Valentini, Argentina, Ficção, 28’ (Melhor Direção de Arte Vídeo)

13/05 – quinta – 20 horas
CEART/UDESC Santa Mônica
Programa 3
Los Señalados de Dios, de Juma Fodde, Uruguai, Ficção, 30’ (Melhor Ator 35 mm- Sérgio Gorfain)
Phedra, de Cláudia Priscila, SP, Documentário, 13’ (Melhor Documentário 35 mm)
Quarto de espera, de Bruno Carboni e Davi Pretto, RS, Ficção, 12’ (Melhor Direção de Arte 35mm – Richard Tavares)
Marea, de Ximena Gonzalez, Argentina, Documentário, 11’ (Melhor Documentário Vídeo)

14/05 – sexta – 20 horas
Cinearth – Museu da Escola Catarinense [antiga FAED] (Rua Saldanha Marinho, 196, Centro)
Programa 4
A distração de Ivan, de Cavi Borges e Gustavo Melo, RJ, 15’ (Melhor Montagem – Fernanda Teixeira)
Un vaso de soda, de Adriana Yurcovich, Argentina, Ficção, 10’15” (Melhor Atriz – Celina Fuks)
Túneles en el rio, de Igor Galuk, Argentina, Ficção, 20’ (Melhor Vídeo de Ficção)
Dossiê Rê Bordosa, de César Cabral-SP, 16’ (Melhor Animação 35mm)

15/05 – sábado – 20 horas
Escola do Mar (Rua Heriberto Hulse, 4858, Serraria, São José)
Programa 2
Ângelo, o coveiro, de Renato Turnes, SC, Ficção, 20’ (Melhor Ator Vídeo – Renato Turnes)
Josué e o Pé de Macaxeira, de Diogo Viegas, SP, Animação, 12’ (Melhor Filme Infanto-Juvenil)
A ilha, de Alê Camargo, DF, Animação, 9’37” (Melhor Vídeo Animação)
Maní, de Nicolas Valentini, Argentina, Ficção, 28’ (Melhor Direção de Arte Vídeo)

16/05 – domingo – 16 horas
Cine Maciço (Auditório da Escola Estadual Lúcia Mayvorne, Monte Serrat)
Programa 1
Os filmes que não fiz, de Gilberto Scarpa, MG, Ficção, 16’ (Melhor Filme 35 mm/Ficção/Direção)
Samba de Quadra, de Gustavo Mello e Luiz Ferraz, SP, Documentário, 16’ (Melhor Fotografia Gustavo Mello e Luiz Ferraz)
Vestido, de Jairo Boiser, Chile, Ficção, 23’ (Melhor Roteiro – Ignácio Arnold e Jairo Boisier)
Interior, Bajo, Izquierda, de Diogo e Daniel Vega, Peru, Ficção, 10’ (Melhor Direção Vídeo)

17/05 – segunda – 16 horas
Cineclube Ieda Beck (Casa do Grupo Armação, Praça XV de Novembro, 344, Centro)
Programa 3
Los Señalados de Dios, de Juma Fodde, Uruguai, Ficção, 30’ (Melhor Ator 35 mm- Sérgio Gorfain)
Phedra, de Cláudia Priscila, SP, Documentário, 13’ (Melhor Documentário 35 mm)
Quarto de espera, de Bruno Carboni e Davi Pretto, RS, Ficção, 12’ (Melhor Direção de Arte 35mm – Richard Tavares)
Marea, de Ximena Gonzalez, Argentina, Documentário, 11’ (Melhor Documentário Vídeo)

18/05 – terça – 20 horas
Teatro Jabuti (Escola Brigadeiro Eduardo Gomes, 2939, Campeche)
Programa 4
A distração de Ivan, de Cavi Borges e Gustavo Melo, RJ, 15’ (Melhor Montagem – Fernanda Teixeira)
Un vaso de soda, de Adriana Yurcovich, Argentina, Ficção, 10’15” (Melhor Atriz – Celina Fuks)
Túneles en el rio, de Igor Galuk, Argentina, Ficção, 20’ (Melhor Vídeo, Melhor Ficção, Melhor Fotografia, Melhor Trilha Sonora)
Dossiê Rê Bordosa, de César Cabral-SP, 16’ (Melhor Animação 35mm)

spot_img
spot_img