21 C
fpolis
quarta-feira, dezembro 1, 2021
cinesytem

Florianópolis é a terceira cidade mais procurada para o turismo de lazer de estrangeiros no Brasil

spot_imgspot_img

Florianópolis é a terceira cidade mais procurada para o turismo de lazer de estrangeiros no Brasil

spot_img

As praias, o recorte geográfico privilegiado, a sua luz natural. Mas também a hospitalidade da sua gente e a qualidade dos serviços que vem aumentando gradativamente e agradando. Estas são algumas das considerações que atestam a preferência por Florianópolis como um dos três destinos mais procurados por estrangeiros no Brasil. De um tempo pra cá a cidade está na vitrina e chama a atenção de quem antes imaginava que o Brasil não ia além de São Paulo, Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu e do calor tropical do Nordeste. “Florianópolis surgiu como uma alternativa para quem buscava mais do Brasil. O trabalho de captação de eventos internacionais trouxe para a cidade turistas de negócios que descobriram um destino fora do que se estabeleceu como convencional no País. Aliado a isso, surgiram também reportagens especiais sobre o turismo de luxo, as grandes festas de música eletrônica que movimentam um público jovem e bonito, a efervescência do verão, atraindo ainda mais o olhar de quem está sempre atento ao novo”, considera Juliana Castanho, diretora executiva do Florianópolis e Região Convention & Visitor Bureau.

Ano passado a cidade ficou também em terceiro lugar entre as cidades que mais recebem eventos internacionais no ranking da ICCA (Associação Internacional de Congressos e Convenções), empatando com Brasília e perdendo apenas para São Paulo e Rio de Janeiro.O estudo de demanda do turismo internacional no Brasil foi feito pelo Ministério do Turismo com 39 mil entrevistados em 25 cidades consideradas portas de acesso, em aeroportos internacionais (15 cidades) e em regiões de fronteiras terrestres (12 cidades). O resultado apontou que a maioria dos visitantes vem da América do Sul, Europa (especialmente (Itália, Alemanha, França, Portugal, Espanha e Inglaterra), América do Norte, Ásia, África, Oceania e América Central. Em 2010 a entrada de estrangeiros atingiu a marca de 5,1 milhões de pessoas. Destes, quase 50% vêm a lazer, seguidos dos turistas de negócios e de outras opções – como estudantes em intercâmbio. São Paulo, Rio de Janeiro e Santa Catarina são os estados mais procurados. Quando o assunto é negócios, Florianópolis aparece em quarto lugar na escala nacional, logo atrás de São Paulo, Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu. Mas em se tratando de lazer, pula para terceiro novamente, tendo à sua frente Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu.

Um dado importante para a economia da cidade, já que o gasto médio do turista estrangeiro é bem superior ao do turista nacional. A pesquisa revela ainda que os europeus gastam quase três vezes mais que os latino-americanos e o tempo de permanência também é maior. Independente da procedência, 96% dos visitantes manifestam o desejo de voltar. Um dado que pode ser confirmado com outro: o que constata que 68% dos entrevistados já tinham feito viagens anteriores para o Brasil.

spot_img
spot_img