19.1 C
fpolis
quinta-feira, dezembro 2, 2021
cinesytem

Florianópolis é quarta cidade brasileira que mais recebeu eventos internacionais em 2009

spot_imgspot_img

Florianópolis é quarta cidade brasileira que mais recebeu eventos internacionais em 2009

spot_img

O Brasil foi o 7º país que mais recebeu eventos internacionais em 2009. O dado foi divulgado pela International Congress and Convention Association (Associação Internacional de Congressos e Convenções), entidade que é referência para todo o segmento de turismo de eventos no mundo. No ano passado, foram contabilizados quase 300 eventos realizados em 48 cidades brasileiras. Entre elas está a capital do Estado de Santa Catarina, com a 4ª posição no ranking. Na rota dos grandes eventos internacionais, Florianópolis está atrás apenas de Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo.

De acordo com o secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Valdir Walendowsky, a conquista da melhor posição de Florianópolis no ranking da ICCA é fruto das políticas do governo de incentivo ao turismo voltadas à capital catarinense, e demonstra o potencial da cidade para receber eventos de porte internacional.

Para a presidente do Florianópolis Convention & Visitors Bureau, Jô Cintra, o desafio é manter a cidade sempre entre as 10 mais do país. “O resultado revela que a cidade está mais qualificada e preparada para receber um perfil diferenciado de turista. Parcela desta posição é empenho dos órgãos de turismo do Estado, entidades que atuam no desenvolvimento e fortalecimento do turismo e investimentos do trade em serviços e produtos”, afirma.

Em outras regiões do Estado, o nicho de eventos internacionais também apresentou crescimento. O presidente da Federação de Convention & Visitors Bureau de Santa Catarina, Ricardo Ziemath, aponta as cidades de Blumenau, Balneário Camboriú, Joinville e Chapecó. “Os eventos internacionais realizados no Estado são focados em feiras. Em Blumenau, feiras do setor têxtil, e em Balneário Camboriú, destaque para os eventos esportivos. Joinville reúne eventos na área da metalurgia e dos plásticos, e Chapecó cresce no ramo com as feiras relacionadas ao setor alimentício”, comenta.

Nos últimos cinco anos, 15 arenas multiuso foram contempladas com recursos dos fundos estaduais. Algumas estão em fase de planejamento e processo de construção, e outras já foram concluídas. Elas estão nas cidades de Balneário Camboriú, São José, Jaraguá, Itajaí, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Braço do Norte, Joinvile, São Lourenço, Piratuba, Luzerna e Blumenau. O Centro de Eventos de Balneário Camboriú já possui projeto arquitetônico aprovado e encontra-se em fase de elaboração de projetos complementares. O espaço impulsionará o turismo e o empreendedorismo em toda a região, gerando relevante impacto socioeconômico.

Além de destacarem a cidade sede como destino turístico, eventos internacionais são bem vindos por movimentarem a economia. O turista estrangeiro possui alto poder aquisitivo e costuma permanecer no local por uma média de tempo maior. O gasto aproximado em viagens de negócios é quase o dobro dos brasileiros, com permanência média de uma semana, segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas realizada 2009.

spot_img
spot_img