19.4 C
fpolis
quarta-feira, maio 25, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Florianópolis tem mais de 7 mil inscritos para voto em trânsito em 2 turnos

spot_img

Florianópolis tem mais de 7 mil inscritos para voto em trânsito em 2 turnos

spot_imgspot_img

Florianópolis tem 7.023 eleitores inscritos para votar em trânsito em dois turnos nas Eleições 2010, dos quais a metade para o 1º turno e a outra metade para eventual 2º turno. O encerramento da habilitação ocorreu às 18h deste domingo (15). No 1º turno haverá 3.572 eleitores, enquanto no 2º turno, se houver, serão 3.451. Florianópolis será a única cidade de Santa Catarina com voto em trânsito porque essa opção só estava disponível para as capitais dos estados ou do Distrito Federal que não fossem o município do domicílio eleitoral das pessoas interessadas.

Os eleitores em trânsito na capital catarinense votarão em oito seções especiais em ambos os turnos, que serão instaladas na Ilha de Santa Catarina (Centro, Sul e Norte) e no Continente – cada seção terá, no mínimo, 50 pessoas e, no máximo, 600. Os eleitores que solicitaram o voto em trânsito retiraram um comprovante com o local de votação, mas, caso haja perda do documento ou eventual dúvida, eles poderão consultar essa informação a partir de 5 de setembro nos sites do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou do tribunal regional eleitoral do seu domicílio de origem ou da respectiva capital escolhida.

O Centro de Florianópolis terá quatro seções especiais em ambos os turnos. No total, serão 1.947 eleitores no 1º turno e 1.844 no 2º turno. Essa votação estará sob jurisdição da 12ª Zona Eleitoral e será realizada na Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), Rua Trajano, nº 199.

No Sul da Ilha, a 13ª Zona Eleitoral será responsável por uma seção especial, que funcionará no Conselho Comunitário Rio Tavares, localizado na Rodovia SC-405, km 3, nº 480, próximo ao Terminal de Integração do Rio Tavares (TIRIO). Serão 383 eleitores em trânsito no 1º turno e 375 no 2º turno.

O Norte da Ilha também terá uma seção especial, que será criada para a votação de 480 pessoas no 1º turno e 468 no 2º turno. A 100ª Zona Eleitoral instalará essa seção na Escola de Ensino Básico Jacó Anderle, Rua Francisco Fausto Martins, sem número, bairro Vargem Grande, próximo ao Terminal de Integração de Canasvieiras (TICAN).

No Continente, a 101ª Zona Eleitoral organizará duas seções especiais em ambos os turnos na Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte), Rua Comandante José Ricardo Nunes, nº 79, bairro Capoeiras. Haverá 762 eleitores em trânsito no 1º turno e 764 no 2º turno.

Como será o voto em trânsito

Os eleitores em trânsito poderão votar apenas para presidente e vice-presidente da República e não precisarão justificar a ausência de voto para os cargos de governador, senador, deputado estadual e deputado federal. Essa opção de voto podia ser escolhida apenas para um turno (1º turno ou eventual 2º turno) ou para ambos (1º turno e eventual 2º turno). Nesse segundo caso, o eleitor tinha até a opção de escolher capitais diferentes, sendo, porém, uma para cada turno.

Introduzido pela minirreforma eleitoral (Lei nº 12.034/2009) e regulamentado pela Resolução TSE nº 23.215/2010, o voto em trânsito também exige a obrigatoriedade do ato de votar. O eleitor que não comparecer à seção para votar em trânsito deverá justificar a sua ausência em qualquer mesa receptora de justificativas, inclusive no seu domicílio eleitoral de origem. Ele só não poderá apresentar a justificativa na capital que escolheu para votar.

spot_img