15.9 C
fpolis
domingo, julho 3, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Floripa 2030 consolidado como agenda de desenvolvimento sustentável da cidade

Floripa 2030 consolidado como agenda de desenvolvimento sustentável da cidade

spot_imgspot_img

A FloripAmanhã chega ao final de mais um ano comemorando conquistas na maioria dos projetos e ações desenvolvidos pela Associação com ajuda de parceiros. Vamos aproveitar a ocasião para fazer uma retrospectiva dos principais projetos e ações executadas em 2009. Confira abaixo e no texto Retrospectiva 2009: água e saneamento.

O principal projeto — Floripa 2030 — estabeleceu em seu segundo ano uma sólida parceria com a Prefeitura Municipal de Florianópolis para promover a institucionalização do projeto, consolidado na Agenda Floripa 2030, uma compilação das estratégias para um construirmos a partir de hoje um futuro sustentável para Florianópolis. Mas, precisa, acima de tudo, ser colocada em prática pelo poder público. “O Floripa 2030 caiu nas graças de técnicos do IPUF, que atuam no Plano Diretor, e profissionais de diversas secretarias, além da sociedade, como líderes comunitários e imprensa”, diz Zena Becker, presidente da FloripAmanhã, conhecida pelo otimismo em sua trajetória de mais de 30 anos como voluntária.

Com a participação da Fundação CEPA, condutora metodológica do processo, a associação apresentou e debateu o 2030 no Fórum Parlamentar da Grande Florianópolis (Antônio Carlos e Biguaçu), ambos no primeiro semestre e indicou a CEPA para conduzir o Plano Diretor. “O que facilitou a penetração do 2030 aonde queríamos”, analisa Otavio Ferrari Filho, vice-presidente da Associação. Em novembro, foi realizado no auditório da CDL, no Centro, um fórum para explicar o projeto para profissionais da Prefeitura.

Fórum Criatividade e Imagem da Cidade

Dentro do Floripa 2030, a Associação criou o Fórum Criatividade e Imagem da Cidade, cujo primeiro encontro aconteceu em março. Com reuniões frequentes, o grupo, capitaneado por Anita Pires (voluntária, ex-presidente da associação e atual presidente da FCC) e pelo professor de arquitetura da UFSC César Floriano, teve grandes conquistas, como a inclusão de Florianópolis no programa “Cidades históricas” do PAC (Plano de Aceleração do Crescimento), do Governo Federal. O recurso deve ser liberado no início de 2010 para revitalizar o centro histórico.

Além desta conquista, o Fórum Criatividade e Imagem da Cidade realizadou, em novembro, o seminário “Paisagem de Florianópolis: presente e futuro”. A arquiteta paulista Regina Monteiro, autora do projeto “Cidade limpa” da cidade de São Paulo, ministrou palestra para vereadores, alunos de arquitetura e profissionais de diversas entidades.

A palestra de Monteiro motivou o vereador Aurélio Valente, autor da lei semelhante que está tramitando na Câmara de Vereadores, a aperfeiçoá-la.

A Associação, cumprindo seu papel de agente atuante, está acompanhando este processo de perto, seja através do Fórum ou provocando a discussão do tema na sociedade.

spot_img