Florianópolis, 21 de julho de 2024

Floripa Sustentável faz almoço estratégico para empossar Conselho Consultivo e discutir a mobilidade da Região Metropolitana

spot_img

Compartilhe

Coordenadores do Floripa Sustentável (FS), autoridades do Município e do Estado, dirigentes de instituições e jornalistas se reuniram nesta segunda-feira (1) em um almoço estratégico promovido pelo Movimento, no Majestic Palace Hotel, em Florianópolis. O encontro, que teve como objetivo empossar os membros do Conselho Consultivo do FS, promoveu também um painel que debateu a mobilidade atual e futura da Região Metropolitana da Grande Florianópolis.

O Conselho Consultivo do Floripa Sustentável conta com 26 integrantes (incluindo três instituições) e é dividido em três segmentos: os Fundadores, os Ex-Coordenadores e os Apoiadores Históricos. O coordenador geral do Movimento, Roberto Costa, fez homenagem aos apoiadores históricos e empossou os conselheiros, e em nome de todos eles, o empresário Antônio Koerich fez uso da palavra. A lista completa dos conselheiros está no final.

TODOS NA MESMA MESA

Cerca de 80 pessoas participaram do evento, que durou duas horas. Foi realizado também o painel “O Futuro da Mobilidade Urbana na Região Metropolitana de Florianópolis”, do qual participaram o coordenador de Urbanismo e Mobilidade do Floripa Sustentável e ex-prefeito de Curitiba, Cássio Taniguchi, o superintendente da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Sidnei Mina Machado, e o representante do Observatório de Mobilidade Urbana Sustentável da UFSC, Werner Kraus Júnior.

O grande mérito do encontro foi reunir na mesa de diálogo todos os atores responsáveis pela busca de uma solução definitiva para esse grave problema que diariamente aflige a Capital e a região metropolitana: a mobilidade. “Não dá mais para fazer puxadinho. Precisamos de visão de futuro, de médio e longo prazos, e temos um instrumento para isso, o Plamus, desenvolvido em 2015 e que custou aos cofres públicos R$10 milhões que vieram do BNDES”, destacou Roberto Costa.

O prefeito de Florianópolis, Topázio Neto, e o secretário estadual de Planejamento, Edgar Pereira Uzui, também contribuíram com o painel. Uzui afirmou que o Governo está empenhado em fazer com que o Plamus saia da gaveta e se torne uma realidade para a população da Grande Florianópolis. Topázio afirmou que as obras e projetos realizados por sua gestão na área de mobilidade urbana não são feitos à revelia do Plamus. “Antes de qualquer ação, o plano é consultado para ver se é apropriado para aquela região. Sendo assim, quando o Plamus for implantado já estará de acordo com o que a Prefeitura vem executando”.

Confira os nomes do Conselho Consultivo do Floripa Sustentável:

FUNDADORES

Anita Pires
Carlos Berenhausen Leite
Fernando Marcondes de Mattos
José Eduardo Fiates
Roberto da Luz Costa
Vinícius Lummertz
FECOMÉRCIO
FIESC
SEBRAE-SC

EX-COORDENADORES

Daniel Leipnitz
Gerson Schmitt
Luciano Pinheiro
Luiz Gonzaga Coelho
Zena Prado Becker

APOIADORES HISTÓRICOS

Andrea Druck
Antônio Koerich
Daniel DImas
Eduardo Antônio Sattamini
Ênio Andrade Branco
Fernando Marcondes de Mattos
Gilberto Vieira Filho
Moacir Antônio Marafon
Paulo Silveira
Rodrigo Cassol
Valério Gomes
Walter Silva Koerich