Florianópolis, 20 de julho de 2024

Fort Atacadista apresenta inovações ao mercado no Varejo Tech Day

spot_img

Compartilhe

Alfredo Lopes, Diretor de TI do Grupo Pereira, marca dona do Fort Atacadista, participou do evento promovido pela ACATE, em Florianópolis, na última semana

Na última quinta-feira, dia 4 de julho, o Fort Atacadista, rede de atacarejo do Grupo Pereira, sétimo maior grupo supermercadista do país, participou pelo terceiro ano consecutivo do Varejo Tech Day, evento promovido pela Vertical de Varejo da ACATE (Associação Catarinense de Tecnologia), onde apresentou suas mais recentes inovações tecnológicas – tanto para os consumidores como soluções para o público interno.
 

O encontro foi estruturado em quatro momentos principais: almoço VIP, feira de negócios (Matchmaking), café de negócios (Snack and Net) e Varejo Show, ponto alto do evento, no qual o Fort Atacadista abriu a noite destacando as principais soluções implementadas nos últimos anos pela rede – que é líder no segmento atacarejo em Santa Catarina e está presente também em outros seis estados. Entre elas, Alfredo Lopes, Diretor de TI do Grupo Pereira, destacou o aplicativo Betina, de uso exclusivo dos cerca de 20 mil colaboradores para funcionalidades de gestão, em especial dos times de recursos humanos, TI e viagens da empresa.
 

Para o executivo, toda inovação que traz soluções para melhorar a experiência de compra dos clientes em loja é sempre bem-vinda e estudada, para ver se realmente se encaixa no negócio. Uma delas que deverá ser implementada, em fase de teste, muito em breve, será um totem que ouve as principais queixas e sugestões do cliente. “Em loja, nós precisamos atender bem o nosso cliente. Para isso, nós já temos startups, trazendo soluções para nós ouvirmos os nossos clientes. A proposta é literalmente ouvir o consumidor dentro da loja, através de um totem, sentir o tom da voz, verificar se é uma reclamação contundente, mas, mais do que nunca, traduzir essa informação em dados e entregar para nossa equipe algo que vem diretamente do cliente. É uma solução democrática”, define Lopes.

O diretor de TI do Grupo Pereira também comentou sobre a iniciativa Instivo Retail Tech, uma parceria entre o Grupo Pereira e a Zanthus , empresa fornecedora de software.

“Nós entendemos que no evoluir da tecnologia no varejo, utilizamos muitos softwares para fazer com que o nosso processo evolua. E, mesmo assim, sempre falta alguma coisa. Sempre tem aquele desejo de desenvolver um produto que tenha a cara do nosso negócio ou a cara do varejo. Então, decidimos investir nessa startup, que está dentro da ACATE, respirando esse ambiente de inovação, na qual ela vai começar a produzir para o Grupo Pereira e para o mercado. Não é um investimento somente para o Grupo Pereira; vamos utilizar as soluções que a Instivo produz, mas são produtos que também estarão disponíveis no mercado. Nós lançamos a Instivo ano passado e já entregamos dois produtos que fazem parte do Grupo Pereira, um deles já substituiu um software que nós tínhamos de terceiros, com mais tecnologia, mais interação e mais agilidade dentro do nosso processo. Entendemos que a iniciativa só está começando e percebemos que pela nossa complexidade, quantidade de lojas e regiões, podemos fornecer insumos para que o software construído possa atender outros varejistas”, destaca Alfredo.
 

Parceria com a ACATE

Em 2024, além de ser o patrocinador do evento Varejo Tech Day pelo terceiro ano consecutivo, o Fort Atacadista se tornou também mantenedor oficial da Vertical Varejo da ACATE. De acordo com Bruno Guimarães, diretor da Vertical de Varejo e coordenador do Varejo Tech Day, o apoio do Fort Atacadista é fundamental pois ajuda a atrair audiência para o evento, como outros varejistas e principalmente startups que desejam apresentar suas soluções para a marca.


“O Fort acaba atuando como uma âncora do evento; mas, mais importante do que isso, é que está muito alinhado com a cultura que nós temos não somente aqui dentro da Vertical de Varejo, mas também dentro da ACATE, que é uma cultura de inovação aberta, de transparência, de busca pela melhoria”, destaca Bruno, que foi um dos anfitriões do evento.

Ainda sobre a participação do atacarejo do Grupo Pereira, o diretor da Vertical de Varejo da associação afirma que “o Fort está acostumado a fazer negócios com startups, internaliza muito bem essas tecnologias e está disposto a assumir determinados riscos também para tentar entregar o melhor para o seu cliente”. “Esse tipo de fit cultural é essencial para nós mantermos uma boa relação e por isso nós já temos essa parceria de longo prazo entre a ACATE e o Fort Atacadista”, ressalta Bruno Guimarães.