14.7 C
fpolis
segunda-feira, outubro 18, 2021
cinesytem

Fotografia e pintura em exposição no Museu Histórico de Santa Catarina

spot_img

Fotografia e pintura em exposição no Museu Histórico de Santa Catarina

spot_img

A artista plástica Dirce Körbes expõe suas obras na mostra “Fotopinturas” até o dia 15 de maio, no Museu Histórico de Santa Catarina. Nesta exposição, Dirce apresenta dez obras com interferências sobre fotos de sua própria autoria, sobrepondo camadas de fotografias plotadas, mescladas com serigrafias e pintura acrílica sobre tela.

Desde que a tecnologia facilitou o processo da fotografia, Dirce anda com uma pequena câmera no bolso e registra tudo o que atrai seu olhar. Ao mesmo tempo, há anos tem se aprofundado em pesquisas relacionadas à pintura. “Passei a utilizar a câmera como uma extensão para a pintura. Passei a pintar com a câmera, meu olhar faz recortes de elementos que me inspiram”, explica a artista. São exemplos desses elementos a luz, os contrastes, as sombras, os reflexos, os elementos geométricos e a perspectiva. “Depois, eu faço estudos e experimentações, colagens, texturas, sobreposições e superposições”, completa.

Ao mesclar fotografia, serigrafia e pintura sobre a tela, que normalmente são usadas em categorias distintas, Dirce verifica como essas antigas técnicas se renovam e abrem um grande leque de possibilidades de experimentação. “E ainda continuo vibrando nas potencialidades do porvir, vejo que ainda há muito para explorar”, afirma.

A artista faz uma leitura muito particular das sombras humanas que chamam a sua atenção, especialmente porque ela as usa como uma referência subjetiva para falar do coletivo de cidadãos ou da humanidade. Em suas obras, têm destaque as sombras projetadas nas calçadas ou silhuetas refletidas nas vitrines, ou ainda pedestres apressados atravessando avenidas tentando acompanhar o desumano ritmo urbano. Segundo ela, o movimento urbano deveria ser a favor do homem e não o contrário, onde o homem é que deve adaptar-se ao ambiente que ele mesmo constrói.

Outra mostra que também ficará exposta no Museu Histórico pelo mesmo período é “On y Off. Paisagens Urbanas”, da artista Ana Alvarez Ribalaygua. Multimídia e fotógrafa, Ana vê na fotografia um pretexto para construir sonhos. A imagem é o ponto de partida onde começa uma aventura. O papel é o suporte físico a partir do qual se propõem temas que chegam ao espectador através do filtro da intervenção da imagem com a incorporação de elementos habitualmente estranhos para a fotografia. As obras ganham uma nova dimensão e a imagem estética passa a ter vida.

Em “On y Off. Paisagens Urbanas”, cria-se um cosmos fantástico com a incorporação de centenas de LEDs nas fotografias gerando uma viagem que nos transporta do céu quase inexistente de Nova York, oculto pelos arranha-céus a cruzar pela ponte Hercílio Luz iluminada que podemos ligar e desligar com um simples click. Um universo onírico onde as fotografias nos convidam a vislumbrar o que está acontecendo através das janelas: a vida, com seus gritos e risos, seus sucessos e suas dificuldades. Algo que acontece em qualquer lugar do mundo ao ritmo em que se ascendem e apagam as luzes da cidade, as luzes da vida.

Sobre as artistas

Dirce Körbes – Formada em Artes Plásticas, com Licenciatura em Educação Artística, (1987) pelo Centro de Artes da Universidade do Estado de Santa Catarina (CEART/UDESC) e especializou-se em Pintura (1994) e em Linguagem Plástica Contemporânea (2002) pela mesma instituição. Fez mostras individuais no Museu de Artes de Santa Catarina (1991), no Museu Histórico-Palácio Cruz e Sousa (2008), na Alemanha Akademie Kues em Bernkastel (2009) e no Parlamento de Mainz (2010). Participou de várias exposições coletivas, sendo as mais recentes em Florianópolis, Paris, Buenos Aires, Itália e Estados Unidos.

Ana Alvarez Ribalaygua – Nascida em Santander, Espanha, estudou fotografia e desenho em Londres e escultura em madeira e em pedra no atelier do Japonês Dao Misono. Desde seus primeiros trabalhos como fotógrafa pela América Central e América do Sul, realiza colaborações para revistas de viagens e edição de postais. Fez diversas exposições individuais e itinerantes pela Espanha desde os anos 90 e exposições coletivas na Itália e em feiras de arte em Madrid e Santander.


Serviço

O quê: Exposições “On y Off. Paisagens Urbanas” e “Fotopinturas”
Local: Museu Histórico de Santa Catarina
Quando: Visitação de 15/04/11 a 15/05/11, de terça à sexta das 10h às 18h e, de sábado e domingo, das 10h às 16h.
Aberto ao público

spot_img
spot_img