16.9 C
fpolis
sexta-feira, outubro 22, 2021
cinesytem

Governador Raimundo Colombo recepciona embaixador da França em Florianópolis

spot_img

Governador Raimundo Colombo recepciona embaixador da França em Florianópolis

spot_img

O governador Raimundo Colombo recebeu nesta segunda-feira (4) a visita
oficial do embaixador da França, Yves Saint-Geours, que foi recepcionado
com honras militares na Casa d’Agronômica, em Florianópolis. A visita teve
como principal objetivo estabelecer um intercâmbio e estreitar as relações
internacionais de cooperação econômica e diplomática entre Santa Catarina
e a França. “A França é um país que temos muito respeito e de uma
importância econômica e cultural muito grande para a Europa e todo o resto
do Mundo”, destacou o governador.

Junto à comitiva francesa, o embaixador Yves Saint-Geours está em Santa
Catarina para diagnosticar quais iniciativas pode tomar para investir no
Estado. Inicialmente, Saint-Geours quer expandir os negócios para a Serra
catarinense, com escola técnica de vinhos ou pólo de games. A ideia é
também realizar parceria entre a cidade francesa de Auxerre e a região
serrana.

Há 18 meses como embaixador da França no Brasil, Yves Saint-Geours visita
pela primeira vez Santa Catarina e afirma que “os franceses querem entrar
na cultura brasileira”. O embaixador revelou que antigamente o Brasil era
apenas um mercado consumidor, mas agora faz parte da estratégia global da
França.

Relação França – Brasil

A França é um importante exportador mundial de máquinas e equipamentos e, também, grande produtora e
exportadora agrícola, principalmente de cereais e produtos
agroindustriais. Em se tratando do comércio exterior brasileiro, a França
é o 10º principal parceiro do Brasil com uma corrente de comércio
aproximada de 5,5 bilhões, composta basicamente por volumes iguais de
importação e exportação.

A pauta de exportações brasileiras para a França é composta essencialmente
por produtos básicos, dentre os quais destaca-se o item “bagaços e
resíduos sólidos da extração do óleo de soja”, que em 2010 foi o item mais
exportado, seguindo de minério de ferro e óleos brutos de petróleo. As
importações brasileiras provenientes da França são caracterizadas pela
predominância de bens manufaturados. Os principais itens importados em
2010 foram peças para aviões ou helicópteros, vacinas contra gripe e
inseticidas.

Em 2011, até o mês de fevereiro as exportações somaram aproximadamente R$
950 milhões e as importações, R$ 1,2 bilhão. No Estado de Santa Catarina,
até maio, o saldo, entre exportação e importação, já soma aproximadamente
R$ 35 milhões, além de possuir mais de 15 empresas exportadoras
catarinenses.

spot_img
spot_img