19.1 C
fpolis
sexta-feira, dezembro 3, 2021
cinesytem

Governo abre processo para escolher melhor solução de acesso à Ilha de Santa Catarina

spot_imgspot_img

Governo abre processo para escolher melhor solução de acesso à Ilha de Santa Catarina

spot_img

O governador Raimundo Colombo lançou nesta quinta-feira, 23, um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para que o Executivo possa receber sugestões sobre qual deve ser o novo acesso a Florianópolis, a partir da BR-101, de ligação Continente/ Ilha de Santa Catarina.

O procedimento funciona como um concurso para escolher o melhor projeto, que pode ser apresentado por empresas, universidades, pessoas físicas e jurídicas, organizações não governamentais. O governo receberá propostas durante 60 dias, a contar desta sexta-feira, 25.

Podem ser apresentadas propostas de qualquer tipo de acesso, como túnel, ponte, marítimo ou teleférico. A previsão para a escolha de um ou mais projetos é de 18 meses. O Governo estima lançar o edital da PPP no dia 16 de dezembro de 2013, com as obras iniciando no início do ano seguinte.

Após esta primeira fase, com base nos estudos preliminares obtidos, uma equipe multissetorial – composta entre Infraestrutura, Deinfra e SCPar – vai elaborar um termo de referência para delimitar as melhores ideias e exigir um estudo técnico mais detalhado, que inclui a viabilidade das ideias. Essa mesma equipe é responsável por avaliar o mérito dos projetos.

Nesta segunda fase, que dura 120 dias e será lançada no dia 22 de setembro, qualquer interessado ainda poderá apresentar propostas até o dia 20 de janeiro de 2013, de acordo com o cronograma divulgado pela SC Participações e Parcerias – SCPar.

É apenas na última etapa que o Governo autorizará um ou mais proponentes, se for verificado que é possível colocar em prática mais de uma das soluções apresentadas, a realizar os estudos de execução do projeto para a escolha do formato de PPP.

O acesso à Ilha, atualmente, é o principal gargalo do trânsito na Capital. Cerca de 160 mil veículos cruzam as pontes Pedro Ivo Campos e Colombo Salles diariamente. A execução do projeto escolhido será realizada em um formato de Parceira Público-Privada (PPP).


Foto: Neiva Daltrozo/SECOM

spot_img
spot_img