25.2 C
fpolis
terça-feira, outubro 26, 2021
cinesytem

Governo reúne-se com professores para tentar acabar com a greve no Estado

spot_img

Governo reúne-se com professores para tentar acabar com a greve no Estado

spot_img

Em uma reunião extraordinária realizada na Casa D´Agronômica, neste
domingo (3), o governador Raimundo Colombo se reuniu com os representantes
do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte). O objetivo foi atender
a uma solicitação do Sinte apresentada na reunião de sexta-feira (1º), de
buscar a antecipação da recomposição da regência de classe, de forma
parcelada, ainda este ano. “Não estamos fazendo contraponto e nem queremos
desqualificar o movimento. Queremos é achar uma saída e acabar com a greve
para que as famílias e os alunos catarinenses não sejam prejudicados”,
afirmou o governador.

Na proposta final, que mantém o diálogo aberto e propõe a formação de um
grupo de trabalho para debater o plano de carreira, o Governo propõe que a
reestruturação da regência de classe comece já no vencimento de agosto. Os
índices das séries finais e do ensino médio, que hoje estão em 17%,
passariam para 20%. Os percentuais das séries iniciais, que estão em 25%,
passam para 30%. Em janeiro, os índices serão pagos integralmente e voltam
para 25% e 40%. Com isso, o impacto na folha de pagamento será de R$ 27,5
milhões ao mês. “Chegamos ao limite financeiro e temos uma
responsabilidade com o Estado. Não há como aumentar mais esse valor, senão
teremos detrimento de outras áreas”, reafirmou Colombo.

O Governo do Estado deixou claro aos representantes do Sinte que essa é
uma tabela inicial e que o plano de carreira e as melhorias na Educação em
Santa Catarina serão debatidas e feitas em conjuntos no grupo de trabalho
que será formado entre o Governo do Estado e os professores. “O momento é
de entendimento. A questão não se encerra aqui, temos no grupo de trabalho
uma maneira de melhorar ainda mais e valorizar o Educador”, afirmou
durante a reunião o vice-governador Eduardo Pinho Moreira. Os
representantes dos professores levarão a proposta final do Governo à
categoria nas assembleias que serão realizadas nesta semana.

Além do governador e do vice, participaram da reunião os secretários da
Fazenda, Ubiratan Rezende, da Administração, Milton Martini, e o técnico
da pasta, responsável pelas simulações na folha, Antônio Carlos Dacol, da
Educação, Marco Tebaldi, e o adjunto da pasta, Eduardo Deschamps, e o
procurador geral do Estado, Nelson Serpa, que, em conjunto com os
titulares das pastas, fazem parte do grupo gestor.

spot_img
spot_img