19.4 C
fpolis
quarta-feira, maio 25, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Grande Florianópolis terá empreendimento de turismo e lazer inédito na América do Sul

spot_img

Grande Florianópolis terá empreendimento de turismo e lazer inédito na América do Sul

spot_imgspot_img

Reunidos em um café da manhã, nesta quinta-feira (15), na Casa
d´Agronômica, o governador Raimundo Colombo e os gestores do grupo
espanhol Atlântica Brasil Golf &Resort, José Maria Gonzales Prieto e
Adolfo Durante Pérez, assinaram o protocolo de intenções para a construção
do Quinta dos Ganchos. O investimento será de R$ 1 bilhão, no município de
Governador Celso Ramos, na região da Grande Florianópolis, e deve gerar 10
mil postos de trabalho.

O documento é a chancela institucional para que o grupo avance nas
negociações com investidores brasileiros para a construção do complexo. O
empreendimento, sem similares na América do Sul, reúne turismo, lazer,
comércio, serviços e residencial. “Este empreendimento tem o perfil do
crescimento qualificado de Santa Catarina, sobretudo em setores
considerados estratégicos como o turismo e a tecnologia”, afirmou o
governador Raimundo Colombo.

A Quinta dos Ganchos será construída em uma área de 12 milhões m². Dotada
de uma infraestrutura com hospitais e também uma extensa área de lazer
para atividades náuticas, tênis, golf e hipismo, o empreendimento tem como
contrapartida para o município de Governador Celso Ramos e região
investimentos de R$ 45 milhões a serem aplicados em saneamento, energia e
outros benefícios para a comunidade local. Na etapa de construção, está
prevista a geração de 10 mil empregos.

O secretário de Assuntos Estratégicos, Paulo Cesar da Costa, que
acompanhou o ato, disse que o bom desempenho econômico brasileiro tem
estimulado o turismo no Brasil e na América Latina. “Santa Catarina
recebeu aproximadamente seis milhões de turistas na última temporada,
segundo dados da Santur e, com a ampliação do aeroporto, dentre outras
obras de infraestrutura, essa demanda tende a aumentar e a qualificar-se”,
argumentou.

O diretor da Atlântica Golf&Resort José Maria Gonzales Preito calcula que
o Brasil poderá faturar 41 bilhões de dólares anuais com o turismo nos
próximos anos, se a atividade atingir o mínimo previsto mundialmente de
participação desta atividade no PIB das nações, que é de 2%. O ato também
foi acompanhado pelo diretor-presidente do BRDE Renato de Mello Vianna e
pelo presidente da Assembleia Legislativa, Gelson Merísio

spot_img