18.8 C
fpolis
sexta-feira, setembro 24, 2021
cinesytem

Hospital de Olhos de Florianópolis comemora 10 anos

spot_img

Hospital de Olhos de Florianópolis comemora 10 anos

spot_img

Em uma década, HOF já realizou mais de 400 transplantes de córnea e somou quase 5 mil cirurgias

 

As gerações mais novas talvez não saibam, mas era comum os moradores da Ilha, quando acometidos de doenças sérias, procurarem em São Paulo ou no Rio o tratamento médico adequado. Isso, claro, se as condições econômicas permitissem. Sempre houve médicos competentes em Florianópolis, mas em muitos casos não havia tecnologia de ponta, nem especialização como a dos grandes centros urbanos.

 

Este cenário mudou completamente e agora, em vários casos, o caminho é inverso. Médicos e médicas que atuam em Santa Catarina são referência nacional e internacional em suas especialidades. Um caso emblemático é o Hospital de Olhos de Florianópolis (HOF), que completa 10 anos neste domingo (31/01). 

 

Localizada no centro de Florianópolis, a sede do HOF tem 2.400m² distribuídos por cinco andares. A infraestrutura é completa, com recepção em cada andar, consultórios, sala de pré-exames, centro de diagnóstico e cirúrgico, internação, equipamentos de ponta.

 

Desde a sua fundação, o HOF tornou-se referência no sul do Brasil, principalmente pela excelência da equipe técnica e o tratamento humanizado dispensado aos pacientes. Além disso, o hospital investiu pesado em inovação tecnológica e ficou conhecido pelo pioneirismo em procedimentos diagnósticos e cirúrgicos em retina e vítreo, córnea e catarata.  

 

MAIS DE 400 TRANSPLANTES

 

Os números impressionam. Ao todo, trabalham no hospital 160 pessoas, entre médicos, enfermeiros e demais colaboradores. Mais de 50 são médicos. “Em 2020, para se ter uma ideia, o HOF realizou 33.083 consultas e 4.990 cirurgias. Credenciados pelo SC Transplantes, efetuamos 404 transplantes de córnea em uma década”, conta o médico Ernani Garcia, diretor e responsável técnico do HOF.

 

Ele revela que a criação do HOF é um sonho antigo – de 30 anos atrás, quando voltou da residência em São Paulo – e que tornou-se realidade em 2006, quando ele e a Dra. Claudia Nascimento adquiriram o terreno para a construção do hospital, concluído em 2011. Diretora clínica do HOF, ela conta os segredos do sucesso desses 10 anos: “A equipe é altamente especializada e participa ativamente de cursos, congressos e pesquisas internacionais, e buscamos trazer sempre as melhores soluções para os pacientes”.

 

Diante da procura crescente e buscando facilitar a vida das pessoas, um passo importante da direção foi descentralizar o atendimento. Por isso, o HOF inaugurou unidades no Norte e no Sul da Ilha (Cacupé e Campeche, respectivamente), além de contar com uma em Biguaçu.

 

spot_img
spot_img

Leia mais