20.6 C
fpolis
terça-feira, novembro 30, 2021
cinesytem

I Encontro de Educação Neo-humanista acontece nos dias 22 e 23 de maio

spot_img

I Encontro de Educação Neo-humanista acontece nos dias 22 e 23 de maio

spot_img

Acontece nos dias 22 e 23 de maio em Florianópolis

“As crianças têm inclinação a brincadeiras. Assim, a sede de conhecimento na criança pode ser despertada por intermédio dessa atividade. Elas também gostam naturalmente de fantasias e histórias.

Através das histórias, podem facilmente ser ensinadas às crianças a História e a Geografia de vários países”. A frase, proferida pelo filósofo indiano Prabhat Ranjan Sarkar (1921-1990), explica um pouco da essência da filosofia Neo-humanista. Com o objetivo de apresentar essa educação e promover atividades que praticam o Neo-humanismo, Florianópolis vai ser a sede do I Encontro de Educação Neo-humanista. O evento, que acontece nos dias 22 e 23 de maio, é realizado pelo Grupo de Estudos e Práticas de Prout e Neo-Humanismo (Geproneo), com o apoio do Núcleo de Educação Ambiental (NEAmb), Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) e Instituto ÇaraKura.

A programação do encontro conta com uma introdução à educação Neo-humanista, à ética universal, além de práticas como o yoga para crianças, yoga e meditação, canções para o coração, dança circular, dinâmicas de grupo e experiências educacionais. As atividades seguem as características da educação neo-humanista, que procura despertar as potencialidades das crianças ao mesmo tempo em que traz o equilíbrio físico, mental e espiritual. Os princípios da educação neo-humanista são aplicados no currículo escolar através de histórias, jogos, danças e outras atividades pouco exploradas nas escolas infantis, como o relaxamento e meditação. “A ideia é ver o fim educativo das atividades, desenvolvendo o valor humano e não somente o valor social que a atividade possui”, conta Manfred Molz, organizador do evento. “A educação neo-humanista acredita que a criança tem que se interessar pelo que aprende para, a partir daí, ter bons resultados”, acrescenta. Em Santa Catarina, nenhuma escola aplica a educação neo-humanista. No sul do país, o Rio Grande do Sul é o único estado que desenvolve atividades que seguem essa filosofia.

Qualquer pessoa interessada pela educação neo-humanista pode participar do encontro. A filosofia acredita que o homem é ciente de suas responsabilidades consigo mesmo e com os outros seres vivos. A sua essência é um sentimento universal de amor pelo próximo e também pelas plantas e animais que se relacionam no mesmo ambiente. “O neo-humanismo prega o amor por todos os seres, inclusive os inanimados, já que eles fazem parte de nossa evolução”, explica Molz.

As inscrições para o evento são feitas pela internet, através do e-mail krisna_mahesh@yahoo.com.br. O custo da inscrição é R$100 para estudantes e R$120 para a comunidade em geral, com alimentação e hospedagem inclusas.

O encontro irá acontecer no Sítio Çarakura, no bairro Ratones, e os participantes podem se hospedar no local a partir do dia 21.

Mais informações pelo telefone (48) 3234-5953, com Krisná ou Mahesh.

Por Claudia Mebs Nunes/ Bolsista de Jornalismo na Agecom

spot_img
spot_img

Leia mais