13.6 C
fpolis
quinta-feira, setembro 16, 2021
cinesytem

Indústria de SC gera 6,2 mil postos de trabalho em julho

spot_img

Indústria de SC gera 6,2 mil postos de trabalho em julho

No total, o mercado de trabalho catarinense abriu 13,4 mil vagas no período. O segmento industrial respondeu por 46% delas, mostram os dados do Novo Caged, analisados pelo Observatório FIESC

Santa Catarina registrou a abertura de 13,4 mil novas vagas no mercado formal de emprego em julho. Indústria geral e a construção civil tiveram a maior participação no resultado, com abertura de 6.199 novos postos de trabalho no mês passado. No mesmo período, o setor de serviços, comércio e agropecuária registraram saldo de 4.623, 2.793 e -218 respectivamente. Os dados, divulgados nesta quinta-feira, 26, pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), foram analisados pelo Observatório FIESC.

Confira o boletim completo

“O resultado é positivo e demonstra a manutenção da atividade industrial em Santa Catarina. Com isso, mantemos nossas expectativas otimistas para o aumento da produção no segundo semestre de 2021”, avalia o presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar. Os índices de confiança e de intenção de investimento dos empresários catarinenses, medidos pelo Observatório FIESC em parceria com a CNI, continuam em patamar superior às médias históricas – indicando maior confiança na economia e na realização de novos investimentos.

Desde janeiro, o estado registra saldos positivos consecutivos na geração de novos postos de trabalho. No acumulado do ano, Santa Catarina registra 139,4 mil vagas criadas. A indústria geral foi o setor que mais criou empregos no estado em 2021, com 60.465 vagas.

No mês de julho, Santa Catarina registrou o terceiro maior saldo do país para a indústria de transformação. A geração de empregos da indústria catarinense ficou atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais. 

Destaque para o setor têxtil e confecção

De acordo com análise do Observatório FIESC, o principal destaque da indústria catarinense em julho foi o setor de têxtil, confecção, couro e Calçados, responsável pela geração de 1.943 novos postos de trabalho. O segmento de Confecção de Peças do Vestuário aponta maior abertura de vagas no mês passado, com saldo de 942.

O avanço da vacinação e a retomada do ritmo de consumo ajudam a explicar o desempenho do setor. Em Santa Catarina, as vendas do comércio varejista tiveram alta de 3,8% no primeiro semestre do ano, conforme a Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) do IBGE. 

Foto: No mês, o destaque foi o segmento têxtil, confecção, couro e calçados, que gerou 1,9 mil novos postos de trabalho (foto: Plínio Bordin)

editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img
spot_img

Leia mais

spot_img