23.8 C
fpolis
segunda-feira, outubro 25, 2021
cinesytem

Jornalista Toninho Vaz lança ‘A Biografia de Torquato Neto’ nesta quarta-feira em Florianópolis

spot_img

Jornalista Toninho Vaz lança ‘A Biografia de Torquato Neto’ nesta quarta-feira em Florianópolis

spot_img

O jornalista Toninho Vaz lança nesta quarta-feira, 24, em Florianópolis, a reedição ampliada do livro A Biografia de Torquato Neto (Nossa Cultura, 408 pág., R$ 39,90) – originalmente lançado em 2005. O evento será na Livraria Catarinense do Beiramar Shopping, às 19h30 e o autor vai conversar com leitores sobre Torquato – considerado um dos líderes conceituais do tropicalismo – seguido de sessão de autógrafos.

Torquato Neto foi um dos principais personagens da revolução que mudou os rumos da cultura brasileira nos anos 60, junto com Glauber Rocha, Caetano Veloso, José Celso Martinez Corrêa, Gilberto Gil, Rogério Duarte, entre outros.

Com alma de contestador, Torquato escapou por pouco do incêndio da sede da UNE (costumava dormir lá), durante o golpe de 1964; participou ao lado de Gil na passeata dos 100 mil, em 1968, no centro do Rio e foi um dos ideólogos da Tropicália. Era um poeta sensível e inconformado, um polemista inteligente e corajoso e uma das figuras mais carismáticas da sua geração – que faleceu precocemente aos 28 anos, em 1972.

Com acuidade e perspicácia, Toninho Vaz sondou essa personalidade fascinante no contexto histórico e cultural em que ela se desenvolveu. A obra oferece não só um retrato de corpo inteiro desse excepcional artista quando jovem, mas também uma visão justa do espírito libertário que animou toda uma geração.

Toninho Vaz é jornalista há 44 anos, nos quais desenvolveu uma sensibilidade especial para pesquisar temas da contracultura. Além de A Biografia de Torquato Neto, publicou a biografia de Paulo Leminski, intitulada O Bandido que Sabia Latim (Record, 2001) e contou a história do Solar da Fossa (Casa da Palavra, 2011), uma república de artistas no Rio de Janeiro onde viveram, entre outros, Caetano Veloso, Gal Costa, Paulo Coelho, Tim Maia e Paulinho da Viola.
 

spot_img
spot_img