14.8 C
fpolis
quarta-feira, maio 25, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Jovem Aprendiz: Oportunidade bem aproveitada pode ser a chave para o início da carreira profissional

spot_img

Jovem Aprendiz: Oportunidade bem aproveitada pode ser a chave para o início da carreira profissional

spot_imgspot_img

Em Florianópolis, jovens aprendizes que mostram esforço e talento são reconhecidos por empresas e efetivados no quadro de funcionários

Para jovens sem experiência profissional, as chances de emprego são poucas. Por isso, projetos como o Aprendiz Empreendedor, da FUCAS, que garantem a jovens com idades entre 14 e 24 anos a primeira chance de emprego, mostram-se uma oportunidade palpável para a entrada no mercado de trabalho. O contrato de aprendizado pode durar até dois anos, mas não obriga as empresas conveniadas ao projeto efetivá-los em seu quadro de funcionários. Mas algumas, atentas ao talento, esforço e disciplina de alguns, acabam contratando esses aprendizes e dando início à trajetória profissional deles.

Os adolescentes Fernando Pereira, 19, e Michelle Bitencourt, 17, são dois exemplos de uma oportunidade bem aproveitada. Após procurarem a FUCAS e se cadastrarem, aguardaram a chamada, que é feita conforme a oferta de vagas, foram contratados por empresas conveniadas para um período de aprendizagem e fizeram um dos 22 cursos de capacitação.

Passado o período de contrato, os dois foram reconhecidos pelo bom trabalho que desempenharam a acabaram sendo contratados como efetivos. Hoje, Fernando é funcionário na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Michelle é funcionária na Engevix, empresa do ramo da Engenharia. Os dois atribuem suas contratações à disciplina, motivação, comprometimento e interesse pelas atividades da empresa.

FUCAS está com 40 vagas para aprendizes

A FUCAS, organização social com trabalhos voltados à inserção social e à capacitação profissional, está com 40 vagas abertas para Jovens Aprendizes nos segmentos da construção civil, indústria do plástico e empresas de serviços terceirizados. Segundo O coordenador do Programa de Capacitação da FUCAS, Rafael Lima, a tendência é que aumente o número de vagas. “Quanto mais jovens aprendizes tiver, mais vagas surgirão”, afirma. Ele diz que existe dificuldade para o preenchimento dessas vagas e salienta a importância da divulgação para que essa realidade mude.

As companhias de médio e grande porte são obrigadas, por lei, a reservar 5 a 15% de suas vagas para programas de aprendizagem. Esses jovens têm a carteira assinada e um salário proporcional a 4 ou 6 horas diárias, desde que estejam frequentando a escola. Por meio da FUCAS, recebem qualificação profissional em um curso de aprendizagem. Durante as aulas, eles aprendem sobre ética, postura profissional, hierarquia, direitos e deveres, informática e se profissionalizam.

Para participar do projeto, o jovem deve comparecer na sede do Programa de Capacitação, localizado no prédio do Clube 12 de Agosto, na Avenida Hercílio Luz, 626, 3º andar, Centro de Florianópolis, munido de RG, CPF, foto, carteira de trabalho, comprovante de residência, atestado de matrícula e certidão de nascimento.

Já as empresas interessadas em contratar aprendizes podem procurar a FUCAS, que também representa a rede nacional Pró-Aprendiz (RPA) em Santa Catarina, presente em 13 estados brasileiros e no Distrito Federal, com 6 mil aprendizes em qualificação. No Estado, a FUCAS oferece 22 cursos de aprendizagem voltados para diversos segmentos, como Técnicas de Vendas, Teleserviços, Almoxarifado, Reposição de Mercadorias, Indústrias de Alimentos, Farmaceutica e Plástico, Túrismo e Hospitalidade, Técnicas Bancárias, Recepcção em Geral, Atendimento de Lanchonete e Serviços Administrativos.

A FUCAS – A FUCAS é uma organização de assistência social sem fins lucrativos que desenvolve programas sociais voltados à inclusão social e à qualificação profissional de jovens e adolescentes. Seus programas atendem moradores de localidades como Morro da Caixa, Vila Aparecida e Tapera, em Florianópolis, na capital do Estado de Santa Catarina.

As atividades da ONG se estendem para outros municípios catarinenses, como é o caso de Ituporanga, a Fundação possui o Parque Ecológico Ingo Altenburg, com 3,3 hectares de mata nativa, voltado para a promoção de atividades de estímulo à preservação, educação ambiental e distribuição de mudas para reflorestamento.

A organização está ampliando suas atividades para outros municípios, como é o caso de Ituporanga, que além do Parque, irá receber o Complexo Sócio Esportivo FUCAS, também Barra Velha, Brusque e Joinville. Nessas cidades, as obras estão em andamento, com previsão de ficarem prontas dentro de alguns meses.

Serviço

O quê? Oferta de 40 vagas para jovens aprendizes.

Informações? (48) 4141-3534.

Onde? Prédio do Clube 12 de Agosto, na Avenida Hercílio Luz, 626, 3º andar, Centro de Florianópolis.

spot_img