19.9 C
fpolis
quinta-feira, dezembro 9, 2021
cinesytem

Lançamento da Publicação Papel e Mostra de Vídeos à Deriva na Fundação Badesc

spot_imgspot_img

Lançamento da Publicação Papel e Mostra de Vídeos à Deriva na Fundação Badesc

spot_img

No dia 1º de julho a Fundação Cultural BADESC recebe dois eventos com a participação de artistas do Centro de Artes da UDESC. Ás 19h, o Grupo de Pesquisa Rosa dos Ventos (UDESC/CNPq) faz o lançamento da sua primeira publicação, papel, em conjunto com a Editora da Casa. O livro é o resultado de um interesse crescente dos membros do grupo pelo estudo de publicações de artista e contém apenas trabalhos inéditos construídos exclusivamente para o projeto. Em seguida, às 20h, será realizada a mostra de vídeos à deriva, que reúne 18 trabalhos propostos por 24 artistas. Em uma intervenção efêmera no centro de Florianópolis, as imagens serão projetadas sobre a fachada lateral do edifício Flop – Florianópolis Palace Hotel, ficando visíveis para o público do museu, transeuntes e moradores da área. A curadoria da mostra é de Silvana Macêdo, professora do Departamento de Artes Visuais do CEART/UDESC.

Lançamento da publicação papel

O envolvimento de longa data de alguns dos artistas do Grupo de Pesquisa Rosa dos Ventos com debates e experimentação nesse meio de expressão contagiou os demais membros, direcionando esforços coletivos para a realização desta primeira proposta em forma de livro, que certamente abrirá caminho para outras produções afins. Os trabalhos inéditos e exclusivos levam em consideração os aspectos estruturais da forma livro. Ao folhear a seqüência de páginas de “papel”, percebe-se que cada artista buscou refletir de diferentes maneiras acerca do impacto desse material em seus processos de produção artística, assim como a respeito de seu uso e reciclagem na cultura contemporânea. O livro também inclui a tradução de fragmentos de um texto de Mallarmé, Crise de Vers, realizada por Fernando Scheibe.

Artistas participantes: Claudia Zimmer, Francisco Warmling, Juliana Crispe, Márcia Sousa, Maria Araujo, Marina Moros, Nara Milioli, Pamella Queiroz, Raquel Stolf, Rosana Bortolin, Sandra Correia Favero, Silvana Macêdo e Silvia Simões.

Mostra de vídeos à deriva

A apresentação dos trabalhos como intervenção urbana encontra eco no conteúdo de grande parte dos vídeos, que exploram a noção de deambulação, do vagar, que está associada ao conceito situacionista de deriva. Para os situacionistas, a deriva é “um modo de comportamento experimental ligado às condições da sociedade urbana: técnica de passagem rápida por ambiências variadas. Diz-se também, mais particularmente, para designar a duração de um exercício contínuo desta experiência”. Outros vídeos exploram a idéia de deriva de maneira mais aberta, como uma deriva do pensamento, um movimento da memória, um devaneio poético.

Artistas participantes: Carolina Nunes, Janaína Zunino e Letícia dos Santos; Clara Vieira, Eduardo Vidal e Rodrigo Born; Cláudia Washington e Lúcio de Araújo; Coletivo Arte na Periferia; Daniel Yencken; Fabíola Scaranto; Francini Gaspolini Zimmermann; Iam Campigotto e Sérgio Beck; Janice Martins Sitya Appel; Juliana Crispe; Karina Zen; Lílian Babron; Maria Araujo; Maria Ivone dos Santos; Meg Tomio Roussenq; Nicole Lima; Pamella Queiroz; Roberta Tassinari.

Curadoria: Silvana Macêdo

Serviço

O Quê: Lançamento da publicação “papel”, às 19h, e Mostra de vídeos “à deriva”, às 20h.

Quando: 1º de julho

Onde: Fundação Cultural BADESC (Rua Visconde de Ouro Preto, n. 216. Centro – Florianópolis)

Contato: Silvana Macêdo: silvana_b_macedo@hotmail.com; tel: 3233.0083 / 8453.9132

spot_img
spot_img