19.1 C
fpolis
segunda-feira, setembro 27, 2021
cinesytem

Morro do Horácio receberá empreendimento imobilIário para moradores da região

spot_img

Morro do Horácio receberá empreendimento imobilIário para moradores da região

spot_img

O Morro do Horácio, no Maciço do Morro da Cruz, em Florianópolis receberá um empreendimento imobiliário com 80 unidades habitacionais e uma área de lazer comunitária. O projeto da Prefeitura da Capital, orçados em cerca de R$ 6,5 milhões, vai beneficiar 2.400 moradores da região.

O investimento conta com recursos federais provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)/Programa Piloto de Investimentos Intervenções em Favelas e do Programa Minha Casa, Minha Vida, com contrapartida do município.

A Secretaria Municipal da Habitação e Saneamento Ambiental já começou a demolir as casas das cinco famílias que precisarão ser realocadas em razão das obras. Elas vão morar de aluguel social até que as casas modulares a elas destinadas, que ainda serão construídas, fiquem prontas.

A servidão Assis Antunes de Mattos é transversal da via principal de acesso ao Morro do Horácio, a rua Antônio Carlos Ferreira. Já o terreno em que será feito o empreendimento habitacional e a praça, entre outras melhorias, de 20.905 metros quadrados de área, foi doado à Prefeitura de Florianópolis pelo governo do Estado.

Os dez blocos com oito unidades habitacionais cada, vão ocupar área de 3.790 metros quadrados, e foram orçados em cerca de R$ 5,1 milhões. Eles vão beneficiar famílias do Maciço do Morro da Cruz que atualmente residem em áreas de risco, entre outras pessoas. A previsão de entrega do empreendimento é de dois anos.

A área de lazer vai ter 1.318 m2 e foi calculada em aproximadamente R$ 200 mil. Ela vai compreender uma quadra poliesportiva com arquibancada numa das laterais e playground, além de urbanização e demais melhorias.

As novas vias, no valor em torno de R$ 1,2 milhão, já estavam previstas na frente de serviço que beneficia todo o Morro do Horácio com pavimentações, drenagens, terraplenagens, rede de água e esgoto, rede elétrica e muros de contenção, num total aproximado de R$ 3 milhões.

spot_img
spot_img

Leia mais