20.6 C
fpolis
quinta-feira, setembro 23, 2021
cinesytem

MPT e UNOPS doam 60 camas hospitalares em Santa Catarina para atendimento de pacientes com COVID-19

spot_img

MPT e UNOPS doam 60 camas hospitalares em Santa Catarina para atendimento de pacientes com COVID-19

spot_img

O maior hospital público de Santa Catarina, e o que mais atendeu pacientes com COVID-19 no estado, ganhou 60 novas camas hospitalares.

Os bens, no valor aproximado de R$ 800 mil reais, foram destinados pelo Ministério Público do Trabalho em Santa Catarina (MPT-SC), ao Hospital Regional de São José – Dr. Homero de Miranda Gomes (HRSJ), por meio da UNOPS – Escritório da ONU para Projetos e Serviços.

Localizado no município de São José, o hospital atende à população de todo o estado de Santa Catarina, mas principalmente da região da Grande Florianópolis, composta por 22 municípios.

Em 2019, o HRSJ realizou cerca de 129 mil atendimentos na emergência geral; 50 mil atendimentos na emergência pediátrica; 10 mil cirurgias no Centro Cirúrgico Geral; 19 mil procedimentos no Centro Cirúrgico. Em relação aos atendimentos ambulatoriais, no mesmo ano, foram realizados cerca de 37 mil atendimentos gerais; 27 mil atendimento ortopédicos; 31 mil atendimentos oftalmológicos e 6 mil atendimentos na perintologia.

Com a pandemia veio também a alta na procura por atendimento e o hospital observou, nos primeiros quatro meses de 2021, um aumento de 54% em internações e de 78% em cirurgias em comparação ao mesmo período de 2019. De março do ano passado até abril deste ano, o HRSJ realizou cerca de 13 mil atendimentos emergenciais e 1.591 internações relacionadas à COVID-19, com 1.236 desses pacientes recuperados.

As camas doadas, juntamente aos colchões e suportes de soro, possibilitam a melhoria do atendimento prestado à população.

Nesse momento, as camas servirão para retirar os pacientes confirmados de COVID19 que estão em macas, macas baixas, macas de transporte que estão nos corredores das emergências para os quartos-coortes e corredores dos andares de internação.  Essa transferência irá trazer mais conforto e segurança aos pacientes, além de abrir espaço na emergência para atender mais pessoas.

spot_img
spot_img

Leia mais