17.5 C
fpolis
quarta-feira, maio 18, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Museu de Florianópolis realiza programação especial na semana de aniversário da cidade

spot_img

Museu de Florianópolis realiza programação especial na semana de aniversário da cidade

spot_imgspot_img

De 21 a 27 de março, o espaço cultural dirigido pelo Sesc promove mais de 30 ações, entre elas: apresentações e intervenções artísticas, contações de histórias, palestras, feira de artesanato, sessões de curtas e médias-metragens e oficinas diversas.

Divulgação Sesc.

Em comemoração aos 349 anos de Florianópolis, celebrado no dia 23 de março, o Museu de Florianópolis oferece uma programação especial de aniversário aos visitantes. Ao todo, serão realizadas mais de 30 ações ao longo da semana de 21 a 27 de março, no espaço cultural.

Entre os destaques estão:

  • Intervenções artísticas, como a apresentação de afrofilosofias através do toque dos tambores, com Bloco Afropercussivo Ilu Oju Inu, da Escola Livre Ubuntu; e Cortejo com o Coletivo AfriCatarina, do Museu até a Catedral Metropolitana de Florianópolis.
  • Oficinas com as temáticas “Introdução às Danças Afro”; “Introdução ao Pensamento Afrofilosófico”; “Introdução Afropercussiva”; “Brincadeiras e Jogos Tradicionais”; e de Origami “Boi de mamão”.
  • Contações de histórias “Causos do Frankolino”, com Andréa Rihl e Carina Scheibe; “Contos Fantásticos da Ilha de Santa Catarina”, com Sérgio Bello; e “Contos e Encantos da Ilha de Santa Catarina”, com Felícia Fleck.
  • Palestras em parceria com UDESC/PPGH, com os temas “O passado-presente da Penitenciária de Florianópolis”; “Memórias de um bairro em dois tempos” (Pântano do Sul, Florianópolis/SC); e Roda de Conversa sobre Arte Urbana.
  • Exposições do Projeto Tamar e de Renda de Bilro. Feira de Artesanato realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer de Florianópolis, Coordenação Estadual do Artesanato de Santa Catarina e Sebrae/SC, para a divulgação e a valorização da cultura de Florianópolis.
  • Sessões de médias e curtas-metragens com exibições de filmes realizados em Florianópolis como: “Em Obras – o documentário sobre a restauração da Ponte Hercílio Luz”, da Contexto Filmes (2021); “Baile”, de Cíntia Domit Bittar (2019); “Negros em Desterro”, da Contexto Filmes (2021); “As Rendas de Dinho”, de Adriane Canan (2019); “Naquele Tempo”, de Renato Turnes (2013); “Antonieta”, de Flavia Person (2016); e “Cisne Negro”, da Studio de Ideias Produtora Cultural. Além de uma sessão de curtas indígenas de Eliezer Werá Antunes: “Kunhangue Reko” (Vida da mulher, 2019); “Jovens Guarani” (2019); e “Tekove Marae” (Coral Guarani, 2015).
  • Também acontecem visitas mediadas com os personagens manezinhos Dona Bilica e Seo Odilho, mediações nos idiomas inglês e espanhol, em horários específicos, e as visitas mediadas pela equipe, que ocorrem todos os dias às 11h, 15h e 18h.
  • Além de uma divertida “Caça ao Tesouro”. A partir de um mapa, os visitantes serão desafiados a encontrar respostas para vários desafios através das pistas espalhadas nas salas expositivas do Museu.

Para participar da programação basta visitar o Museu de Florianópolis, na Praça XV de Novembro, 214. Os ingressos podem ser adquiridos no local ou pelo site nos valores de R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia).

Confira a programação completa abaixo, convide seus amigos e familiares e venha comemorar com a gente!

Clique nos links das datas para detalhes sobre cada atividade.

*A programação está sujeita a alterações.

21/03 (segunda), das 9h às 19h


9h às 14h: Exposição do Projeto Tamar Florianópolis, com cascos, filhotes, réplicas de tartarugas marinhas e ações para a conservação das tartarugas marinhas no Brasil.
10h às 13h: Exposição Ofícios e Saberes Tradicionais – Renda de Bilro, com Ediwaldo Pedro de Oliveira, o Dinho.
11h: Visita mediada com a Dona Bilica, personagem de Vanderléia Will (Cia Pé de Vento Teatro/Florianópolis).
14h: Ação Educativa do Projeto Tamar Florianópolis.
15h: Visita Mediada com Seo Odilho, personagem de Alceu Ramos Conceição.
16h: Contação de Histórias “Causos do Frankolino”, com a atriz e contadora de Histórias Andréa Rihl, e a Brincante na música Carina Scheibe.
17h: Palestra “O passado-presente da Penitenciária de Florianópolis”, com a pesquisadora Carolina Wanderley Van Parys de Wit, Mestra em História pela UDESC, em parceria com UDESC/PPGH.
17h: Visita mediada com a equipe do Museu de Florianópolis.
18h: Exibição do curta-metragem “Em Obras – o documentário sobre a restauração da Ponte Hercílio Luz” (Contexto Filmes, 2021) e debate com Gustavo Zinder, Ânderson Silva Rodrigo Stüpp.

22/03 (terça) – Museu Fechado

23/03 (quarta), das 9h às 19h
Feriado de Aniversário de Florianópolis
9h30 às 18h30: Feira de Artesanato realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer de Florianópolis, a Coordenação Estadual do Artesanato de Santa Catarina e o Sebrae/SC, para a divulgação e a valorização da cultura de Florianópolis.
10h: Apresentação de afrofilosofias através do toque dos tambores, com Bloco Afropercussivo Ilu Oju Inu, da Escola Livre Ubuntu de Florianópolis.
11h: Visita Mediada com Seo Odilho, personagem de Alceu Ramos Conceição.
12h: Exibição de curtas-metragens: “Baile”, de Cíntia Domit Bittar (Novelo Filmes, 2019); e “Negros em Desterro” (Contexto Filmes, 2021).
15h: Apresentação interativa “Presentes para Floripa”, com Consonante Duo, formado pela atriz Lieza Neves e pelo músico Marcio Bicaco.

24/03 (quinta), das 9h às 19h


9h30 às 18h30: Feira de Artesanato realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer de Florianópolis, a Coordenação Estadual do Artesanato de Santa Catarina e o Sebrae/SC, para a divulgação e a valorização da cultura de Florianópolis.
10h às 13h: Exposição Ofícios e Saberes Tradicionais – Renda de Bilro, com Ediwaldo Pedro de Oliveira, o Dinho.
10h: Oficina Introdução às Danças Afro, com a Escola Livre Ubuntu de Florianópolis.
11h e 15h: Visita Mediada com participação do Seo Odilho, personagem de Alceu Ramos Conceição.
12h: Exibição de curtas-metragens: “As Rendas de Dinho”, de Adriane Canan (documentário, 2019); e “Naquele Tempo”, de Renato Turnes (documentário, 2013).
16h: Exibição de curtas-metragens: “Antonieta”, de Flavia Person (documentário, 2016); e “Cisne Negro” (Studio de Ideias Produtora Cultural, documentário).
17h: Visita mediada no idioma inglês, com a equipe de mediadores do Museu de Florianópolis.
17h: Oficina “Introdução ao Pensamento Afrofilosófico”, com Escola Livre Ubuntu de Florianópolis.
18h: Cortejo com o Coletivo AfriCatarina, do Museu até a Catedral Metropolitana de Florianópolis.

25/03 (sexta), das 9h às 19h]


9h30 às 18h30: Feira de Artesanato realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer de Florianópolis, a Coordenação Estadual do Artesanato de Santa Catarina e o Sebrae/SC, para a divulgação e a valorização da cultura de Florianópolis.
10h: Oficina “Brincadeiras e Jogos Tradicionais”, com a equipe de Recreação do Sesc Prainha (Florianópolis).
11h: Visita Mediada com Seo Odilho, personagem de Alceu Ramos Conceição.
12h: Exibição de curtas-metragens: “Baile”, de Cíntia Domit Bittar (Novelo Filmes, 2019); e “Negros em Desterro” (Contexto Filmes, documentário, 2021).
15h: Experiência de educação imersiva “Aventuras de Aprendizagem” em parceria com ACATE e Platô.
16h30: Exibição de curtas-metragens indígenas de Eliezer Werá Antunes: “Kunhangue Reko” (Vida da mulher, 2019); “Jovens Guarani” (2019); e “Tekove Marae” (Coral Guarani, 2015).
17h: Palestra “Memórias de um bairro em dois tempos (Pântano do Sul, Florianópolis/SC)”, com a pesquisadora Mariane Martins, Mestra em História pela UDESC, em parceria com a UDESC/PPGH.
17h: Visita mediada no idioma espanhol, com a equipe de mediadores do Museu de Florianópolis.
18h: Roda de Conversa sobre Arte Urbana, com os grafiteiros Tuane Ferreira, Bruno Barbi, Rodrigo Teodósio e Rodrigo Rizo. Mediação: Marcelo Mancha (NDTV).

26/03 (sábado), das 10h às 16h


10h às 13h: Exposição Ofícios e Saberes Tradicionais – Renda de Bilro, com Ediwaldo Pedro de Oliveira, o Dinho.
10h: Oficina Introdutória Afropercussiva, com Escola Livre Ubuntu de Florianópolis.
10h30 às 15h30: Feira de Artesanato realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer de Florianópolis, a Coordenação Estadual do Artesanato de Santa Catarina e o Sebrae/SC, para a divulgação e a valorização da cultura de Florianópolis.
11h: Visita mediada com a Dona Bilica, personagem de Vanderléia Will (Cia Pé de Vento Teatro/Florianópolis).
12h: Exibição de curtas-metragens: “As Rendas de Dinho”, de Adriane Canan (documentário, 2019, Florianópolis); e “Naquele Tempo”, de Renato Turnes (documentários, 2013)
14h: Contação de Histórias “Contos Fantásticos da Ilha de Santa Catarina”, com Sérgio Bello.
15h: Caça ao Tesouro com a equipe de mediadores do Museu de Florianópolis.

27/03 (domingo), das 10h às 16h


Visitação gratuita e transporte público gratuito
10h: Oficina de Origami “Boi de mamão”, com Morgana Tesman (DobrandoArte origami).
10h30 às 15h30: Feira de Artesanato realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura Esporte e Lazer de Florianópolis, a Coordenação Estadual do Artesanato de Santa Catarina e o Sebrae/SC, para a divulgação e a valorização da cultura de Florianópolis.
11h: Visita mediada com a Dona Bilica, personagem de Vanderléia Will (Cia Pé de Vento Teatro/Florianópolis).
12h: Exibição de curtas-metragens: “As Rendas de Dinho”, de Adriane Canan (documentário, 2019, Florianópolis); e “Naquele Tempo”, de Renato Turnes (documentários, 2013).
14h: Contação de Histórias “Contos e Encantos da Ilha de Santa Catarina”, com a contadora de histórias e escritora Felícia Fleck.
15h: Caça ao Tesouro com a equipe de mediadores do Museu de Florianópolis.

Conheça o Museu de Florianópolis
Inaugurado em novembro de 2021, em uma parceria entre o Sesc Santa Catarina e a Prefeitura Municipal, o Museu de Florianópolis está localizado no prédio histórico que sediou a antiga Casa de Câmara e Cadeia, na Praça XV de Novembro. O espaço cultural inovador, tecnológico e interativo consolidou-se como um importante atrativo turístico para a Capital catarinense, que dinamiza o centro histórico, ao lado de outras instituições vizinhas.

No local é possível encontrar a exposição de longa duração composta por seis módulos expositivos que se propõem a representar Florianópolis em suas variadas dimensões. E também uma exposição temporária, com uma mostra interativa sobre o Boi de Mamão, além de espaço para as ações educativas e Café da Museu, com um cardápio que remete à cultura local.

Sala expositiva: “Um edifício, muitas memórias”

Mostra temporária sobre o Boi de Mamão

  • www.sesc-sc.com.br/museudeflorianopolis
editor.deolhonailhahttp://www.deolhonailha.com.br
O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.
spot_img