22.6 C
fpolis
domingo, setembro 19, 2021
cinesytem

Novo sistema de transporte coletivo de Florianópolis começa a operar neste sábado

spot_img

Novo sistema de transporte coletivo de Florianópolis começa a operar neste sábado

A partir deste sábado, 1º de novembro, o Consórcio Fênix, vencedor da primeira licitação para o transporte público de Florianópolis, começa a operação do Sistema Integrado e Mobilidade (SIM). De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, os primeiros 74 novos veículos incluídos no processo de renovação da frota já entrarão em operação neste sábado, a partir das 10h, na Passarela Nego Quirido.

Todos os novos ônibus estão equipados para atender pessoas com deficiência. Os 15 veículos das linhas executivas contam com uma tecnologia diferenciada, no que diz respeito ao acesso dos cadeirantes: eles têm uma porta de acesso exclusiva com elevador e banco do passageiro acoplado; assim, o usuário com deficiência encosta a cadeira próximo à porta e, com o auxílio do motorista, faz o transbordo da cadeira para o assento. Atualmente, nenhum veículo do transporte executivo em operação possui elevador para acesso de cadeirantes.

Os ônibus que fazem o serviço convencional terão climatizador/renovador de ar, trazendo mais comodidade à população. Já os ônibus executivos contam com itens de conforto como ar condicionado e bancos estofados e reclináveis.

Mais novidades

Ainda segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana, ao longo das próximas semanas será feita a otimização das linhas, com readequação do quadro de horários e itinerários, trazendo mais eficiência ao sistema.

Além disso, está sendo criado o Sistema de Apoio à Operação (SAO), com investimento aproximado de R$ 35 milhões, que permitirá à secretaria o gerenciamento e a programação das viagens em tempo real. A partir desse gerenciamento, por exemplo, será possível acrescentar um veículo extra ao sistema, quando houver superlotação do quadro disponível.

O passageiro também poderá interagir com o SIM, obtendo informações pela internet, dispositivos móveis e painéis, que serão instalados nos terminais.

Benefícios

Alguns benefícios já foram implantados, como a redução da tarifa – que passou de R$ 2,70 para R$ 2,58 para pagamento no cartão (forma utilizada por mais de 80% dos usuários) e de R$ 2,90 para R$ 2,75 para pagamento em dinheiro. O preço da passagem, que não sofria alteração há dois anos, foi reajustado para baixo em 2014.

Mais uma mudança foi a criação do passe livre para estudantes oriundos de famílias com renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa, ou renda mensal total de até três salários mínimos. Cerca de 10 mil jovens estão sendo beneficiados com a medida.

Outro benefício aos mais carentes foi a ampliação da abrangência da tarifa social: antes restrita ao Maciço do Morro da Cruz (na Ilha), e aos bairros Morro do Geraldo, Vila Aparecida e Chico Mendes (no Continente), a tarifa social passou a ser aplicada em toda a cidade.

spot_img
spot_img

Leia mais