fique por dentro de floripa

- Esportes - O campeonato catarinense mais difícil da história

15.09.2020

O campeonato catarinense mais difícil da história

15.09.2020
O campeonato catarinense mais difícil da história
Foto: Divulgação

Francisco José Battistotti – Presidente da Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina

 

Com quase nove meses de duração, interrompido três vezes, sem torcida nas arquibancadas, o Campeonato Catarinense de Futebol, que terminou ontem à tarde com a conquista do título de campeão pela Chapecoense, foi um dos mais longos e mais difíceis da história. No entanto, apesar da pandemia, foi realizado e concluído. Mérito coletivo – das entidades que comandam o futebol, dos dirigentes de clubes, dos governos Estadual e Municipais, das equipes médicas, das comissões técnicas, dos jogadores e funcionários dos clubes, das torcidas e dos profissionais da imprensa. É um feito do qual devemos nos orgulhar porque saímos, todos nós, vencedores. Cada qual do seu jeito, na sua função, tem enfrentado com coragem os desafios que a vida nos impôs neste ano.


Nenhuma decisão foi tomada de improviso ou por impulso – isso não significa que não houve erros – mas tentamos equilibrar os pontos de vista e, na grande maioria das vezes, conseguimos construir consensos. Uma das características mais marcantes dos seres humanos é a capacidade de se adaptar e superar desafios e nós, neste ano histórico e inesquecível, superamos vários, sempre de cabeça erguida.
 

Com critérios rigorosos de saúde, realizamos muito mais que mil testes nos jogadores, comissão técnica e demais colaboradores para detectar a presença do novo Coronavírus. Fizemos o que parecia impossível: retomamos o show do futebol, preservando, ao máximo, a integridade de todos. Neste sentido, marcamos um gol de placa, como diria o saudoso jornalista Joelmir Beting, o inventor dessa expressão que virou um bordão brasileiro.
 

Poucas coisas no mundo agregam como o futebol. Não há esporte que mexa tanto com as emoções e mobilize um número tão grande de pessoas. Este amor pelo esporte – amor que agrega, inspira e nos faz mais felizes – é uma das coisas mais bonitas da vida. Há, é lógico, aqueles que confundem amor com fanatismo cego e usam o futebol apenas para extravasar ódios e frustações. Estes, ainda bem, são uma minoria. A maioria tem o amor autêntico e entende que futebol, quando bem jogado, é também uma arte – a arte mais popular do mundo.
 

Impossível não falar, é claro, dos amigos e dos profissionais valorosos que perdemos para a Covid-19. Eles serão lembrados para sempre, por tudo que fizeram na vida pessoal e profissional. Em memória deles, seguimos em frente, fazendo o nosso trabalho e cumprindo a nossa missão. Por eles, seguiremos torcendo pelo futebol e pela vida.

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Night Run Costão do Santinho promove corrida social

16.10.2020

Night Run Costão do Santinho promove corrida social

Empreendedores mirins já nascem sabendo o que querem

01.10.2020

Empreendedores mirins já nascem sabendo o que querem

Catarinense disputa etapa da Porsche Cup neste fim de semana, em Interlagos

29.09.2020

Catarinense disputa etapa da Porsche Cup neste fim de semana, em Interlagos

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.