20.6 C
fpolis
quinta-feira, setembro 23, 2021
cinesytem

Orquestra Brasileira, com direção artística do Luiz Gustavo Zago, estreia dia 27 de março no CIC

spot_img

Orquestra Brasileira, com direção artística do Luiz Gustavo Zago, estreia dia 27 de março no CIC

spot_img

O grupo de 11 músicos chega com a proposta de aproximar o balanço e energia da música brasileira à riqueza e sofisticação da música clássica

Um novo projeto surge no cenário musical: a Orquestra Brasileira, que tem na direção artística, arranjos e piano Luiz Gustavo Zago, considerado um dos principais nomes da música, na atualidade. A estreia da orquestra será em Florianópolis no palco do Teatro Ademir Rosa – CIC, dia 27 de março, às 20h e chega com a ideia de possibilitar espaço para uma grande soma dos instrumentos da música brasileira e toda a sua beleza com a mesma potência e força da música clássica.

“O que me levar a investir nesse projeto é buscar inovação, sair da zona de conforto. Trazer para os instrumentos da música popular brasileira a forma de trabalho de uma orquestra clássica”, revela Zago. Já na sua primeira apresentação, a Orquestra Brasileira terá violões de 6 e 7 cordas, bandolim, cavaquinho, flauta, sax e percussão, somados ao acordeom e piano, contrabaixo e bateria.

Nessa proposta, a Orquestra Brasileira usa o método de trabalho da orquestra clássica, tendo a música escrita como principal referência para o grupo, com o mesmo rigor e precisão nos ensaios, e a organização através de naipes, coordenados pelo regente que comanda o grupo a partir do piano.

Luiz Gustavo Zago é pianista, diretor musical e compositor, tendo intensa participação nos grandes espetáculos musicais no estado de Santa Catarina da ultima década, expandindo as fronteiras da música clássica, música brasileira e jazz. Além da carreira como solista, com 3 álbuns lançados e alguns singles, tem no currículo colaborações com artistas tão diversos como Lenine, Baco Exu do Blues, Toquinho, Zeca Baleiro, Alice Caymmi, Jade
Baraldo e Paulinho Moska, além de orquestras fundamentais no cenário brasileiro como Orquestra Sinfônica Brasileira, Camerata Florianópolis, Petrobras Sinfônica e Nova Orquestra, com os quais participou de importantes palcos como o Rock in Rio. Tomou posse em 2019 da cadeira 38 da Academia Catarinense de Letras e Artes, pela relevante atuação expandindo a cultura catarinense no cenário nacional.    

            
Além de Zago, a Orquestra Brasileira terá a primeira apresentação com a seguinte composição: Eduardo Pimentel – violão; Lucas Martinez – bandolim/violão; Duh do Cavaco – cavaquinho; Rafael Petry – acordeon; Cristian Faig – flauta/sax; Richard Montano – bateria/percussão; Alexandre Damaria – percussão; Tiê Pereira – contrabaixo; Igor Ishikawa – violão; Elio Vistel – flauta/sax.

 

Serviço

“Orquestra Brasileira”

Quando: 27/03/2020, às 20h

Onde: Teatro Ademir Rosa – CIC (avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600, bairro Agronômica, Florianópolis)

Ingressos à venda na bilheteria do CIC e no Sympla:

https://www.sympla.com.br/orquestra-brasilera__819174

 

spot_img
spot_img

Leia mais