18.6 C
fpolis
domingo, julho 3, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Palestra divulga potencial do bambu na arquitetura e construção

Palestra divulga potencial do bambu na arquitetura e construção

spot_imgspot_img

Bambu como material, na forma natural e industrializada

Na Ásia estão alguns dos exemplos mais antigos da arquitetura com bambu, em templos japoneses, chineses e indianos. A construção de pontes com este material na China também é comum. Em países da América Latina como Colômbia, Equador e Costa Rica, programas recentes empregam o bambu na habitação. No Brasil há algumas iniciativas, mas a espécie é ainda subaproveitada.

Seu potencial na arquitetura e na construção será divulgado na palestra ´Conhecendo o material bambu`, no dia 9 de dezembro, às 14h, no auditório do Centro Sócio-Econômico da UFSC. Os palestrantes são Antonio Ludovico Beraldo, da Unicamp; Ghavami Khosrow, da PUC-Rio, e Marco Antonio dos Reis Pereira, da Unesp. Os três convidados estão entre os principais pesquisadores do bambu no Brasil. A organização do encontro é do Grupo Interdisciplinar de Estudos da Madeira (GIEM), ligado ao Departamento de Engenharia Civil da UFSC.

“O uso do bambu pode permitir a preservação de recursos florestais, diminuindo a forte pressão exercida sobre algumas espécies de madeiras”, defende o professor Carlos Alberto Szücs, coordenador do GIEM. Ele lembra que as propriedades estruturais desse material superaram as das madeiras e sua resistência física e mecânica é até mesmo superior ao aço. O bambu também apresenta ótimo isolamento térmico e acústico, além de leveza e flexibilidade.

Cobertura de restaurante na Indonésia

No entanto, sua aplicação depende da escolha cuidadosa da espécie. Para a construção as mais recomendadas pelos especialistas são guadua (Guadua angustifolia), bambu-gigante (Dendrocalamus giganteus) e bambu-mossô (Phyllostachys pubescens). Entre as cerca de 1.300 espécies conhecidas, há pelo menos 400 no Brasil.

A recente produção em larga escala dos laminados produzidos com este material, também chamados de Plyboo, em referência aos laminados de madeira, Plywood, possibilitou um novo mercado para sua utilização na construção. Com estes laminados são produzidos pisos e forros de parede. No entanto, tanto para uso na forma de laminados, quanto natural, um dos desafios é o estabelecimento de normas técnicas para as construções de bambu no Brasil. Este é um dos temas que será abordado no encontro.

Maiores informações: 3721-8540

Por Arley Reis / Jornalista da Agecom

spot_img