fique por dentro de floripa

- Geral - Pesquisa aponta que Bombeiros de SC têm confiança da população acima da média nacional

29.05.2019

Pesquisa aponta que Bombeiros de SC têm confiança da população acima da média nacional

29.05.2019
Pesquisa aponta que Bombeiros de SC têm confiança da população acima da média nacional
Foto: CBMSC/Divulgação

A confiança da população catarinense no Corpo de Bombeiros Militar do Estado (CBMSC) é maior do que a média nacional aferida por institutos de opinião para a instituição – que já é alta. Os dados são levantamento realizado por pesquisadores da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Segundo a pesquisa de imagem, em relação à confiança associada à instituição, a nota (de 1 a 10) atribuída pela população do Estado aos bombeiros é 9,4.

O trabalho foi feito pelo Grupo de Estudos e Pesquisas em Marketing (Gepem), ligado ao Centro de Ciências da Administração e Socioeconômicas (Esag) da Udesc, em Florianópolis. A equipe de pesquisadores que analisou os dados contou com as professoras Aline Regina Santos e Ana Paula Grillo Rodrigues, além da estudante de Administração Pública Cecília Melquíades de Sousa. O relatório com as conclusões da pesquisa foi entregue aos CBMSC em 15 de março.

Confiança e importância

A pesquisa solicitou às pessoas abordadas que atribuíssem uma nota (de 1 a 10) para a confiança e importância do Corpo de Bombeiros Militar. Nessa escala, 1 representa “não confio/nada importante” e 10, “confio totalmente/muito importante, essencial”. A média das respostas Corpo de superou 9,4 em confiança e 9,7em importância.

A nota para a confiança no Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (9,4) é maior que a média nacional para a instituição no Índice de Confiança nas Instituições Públicas (8,2), medido pelo Ibope Inteligência, em 2018. Os bombeiros lideram esse índice desde 2009. 

Mais de 90% dos entrevistados afirmaram que conhecem o Corpo de Bombeiros Militar. Entre os termos citados pelos entrevistados sobre aspectos positivos, estão "coragem, confiança, credibilidade e eficiência". O baixo de índice de associações negativas também chama a atenção (menos de 1%).

Universidade e sociedade

Para a coordenadora da pesquisa, professora Aline Regina Santos, o trabalho gera ganhos para a universidade, o Corpo de Bombeiros e a sociedade. “Ao mesmo tempo em que gera uma produção acadêmica de pesquisa, ela resulta também em um relatório com recomendações para que a instituição melhore suas ações de comunicação com a sociedade”, explica a pesquisadora. O trabalho também gera conteúdo para as aulas do curso de graduação em Administração Pública da Udesc Esag.

Pesquisa

A pesquisa ouviu 1.468 pessoas, com idades entre 18 e 60 anos, em 14 cidades catarinenses. A margem de erro é de 2,5% (margem de variação, para cima e para baixo, em que os percentuais obtidos ainda podem ser considerados corretos) e o intervalo de confiança de 95% (probabilidade de que os resultados reais estejam de fato dentro da margem de erro). Os dados foram coletados em dezembro de 2018, janeiro e fevereiro de 2019.

As informações são da Assessoria de Imprensa da Udesc. 
 

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Fort Atacadista adota novas medidas preventivas na Grande Florianópolis

14.07.2020

Fort Atacadista adota novas medidas preventivas na Grande Florianópolis

Fundação Caslumi e Barbearia VIP se unem para arrecadar agasalhos

14.07.2020

Fundação Caslumi e Barbearia VIP se unem para arrecadar agasalhos

JBS faz doação para Prefeitura de Florianópolis: 19 mil cestas básicas, 14,2 mil EPI's e 5 mil litros de álcool em gel

11.07.2020

JBS faz doação para Prefeitura de Florianópolis: 19 mil cestas básicas, 14,2 mil EPI's e 5 mil litros de álcool em gel

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.