15.6 C
fpolis
quinta-feira, maio 19, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Pianista do Milton Nascimento se apresenta nesta quinta-feira em Jurerê Internacional

spot_img

Pianista do Milton Nascimento se apresenta nesta quinta-feira em Jurerê Internacional

spot_imgspot_img

Ministério da Cultura, Lei Federal de Incentivo a Cultura, Governo Federal, Prefeitura Municipal de Florianópolis, Lei Municipal de Incentivo à Cultura e Fundação Franklin Cascaes, apresentam:

Kiko Continentino, pianista, entre inúmeras atividades e projetos musicais, trabalha há 16 anos com o cantor Milton Nascimento, com quem divide duas parcerias gravadas em seu CD, “Pietá” (Warner, 2003). Se apresentou recentemente com Milton no Lincoln Center (NYC), no Montreal Jazz Festival (Canadá) e no Carneggie Hall (Nova York), considerado o maior templo da música mundial.



Participou da gravação de discos, CDs, DVDs, trilhas de filmes, documentários, shows, concertos, workshops, festivais, projetos diversos e apresentações com artistas como: Caetano Veloso, Djavan, João Bosco, Gilberto Gil, Seu Jorge, Jane Duboc, Maria Bethânia, Chico Buarque, Ivete Sangalo, Erasmo Carlos, Pepeu Gomes, Ivan Lins, Fernanda Abreu, Maria Rita Mariano, Emílio Santiago, Maurício Einhorn, Victor Biglione, Nivaldo Ornelas, Paulo Jobim, entre tantos outros grandes nomes da nossa música.


Em 2008 se apresentou com dois músicos emblemáticos do jazz avant-garde: o saxofonista Wayne Shorter e o contrabaixista Ron Carter. Ambos tocaram com Miles Davis nos anos 60 e consolidaram uma carreira mundial vitoriosa.

O contrabaixista Paulo Russo, um dos maiores nomes do instrumento (acústico) – no Brasil e no mundo, também é compositor e arranjador. Russo tem mais de 30 anos de sólida carreira no cenário musical brasileiro e internacional. Natural do Rio de Janeiro, desde cedo foi fascinado pelo som de Miles Davis e Bill Evans. Iniciou sua carreira, em 1966, na orquestra de Bob Fleming (pseudônimo de Zito Righi), com a qual permaneceu por sete anos.

No início dos anos 70, Russo passou a integrar o grupo do legendário saxofonista Vitor Assis Brasil, com quem gravou três álbuns, hoje tidos como clássicos do jazz nacional. Integrou o famoso quarteto de Victor, no primeiro Montreux Jazz Festival, em 1978. Atuando, desde então, em concertos e festivais no mundo afora, dividiu o palco e gravou centenas de vezes com os principais nomes da música instrumental e vocal. Entre eles: os violonistas e guitarristas Pat Metheny, Hélio Delmiro e Toquinho.

Andrew Scott Potter, baterista, produtor e compositor, nasceu em Chicago nos EUA. Começou a tocar jazz em bongos e congas com o Malawi e Anderson e Fred Brimfield Bill em 1968. Sua primeira gravação foi nesse momento com o Malawi.

Em 1978 mudou-se para Nova York, onde trabalhou com diversos talentos do jazz como, Dr. Lonnie Smith e Gart Richie, Jim Beard, Cimorosi Tony, Jimmie Ponder, Steve Grossman, Sonny Sharrock (incluindo uma turnê européia), Ryo Kawasaki, Bruce Whitcomb, e Bruce Dunlap. Voltou para Chicago para tocar com Streetdancer no fest jazz de Chicago para um público de mais de 75.000 pessoas, e, com Green Bunky no Showcase Jazz.

Em 1986 veio para o Brasil, onde iniciou parcerias com Barrosinho, Paulo Russo, Luizão Maia, e Ricardo Mattos. Atualmente vive em Florianópolis e segue em turnês nacionais e internacionais.

spot_img