14.8 C
fpolis
quarta-feira, maio 25, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Pilotos do Desafio Internacional das Estrelas aderem ao Pacto Nacional pela Redução de Acidentes

spot_img

Pilotos do Desafio Internacional das Estrelas aderem ao Pacto Nacional pela Redução de Acidentes

spot_imgspot_img

Rubens Barrichello, Tony Kanaan e Vitor Meira irão participar do Desafio Internacional das Estrelas no próximo domingo (4) em Florianópolis

O Pacto Nacional pela Redução de Acidentes – Parada pela Vida ganhou o apoio de grandes nomes do automobilismo, que irão participar do Desafio Internacional das Estrelas, no próximo domingo (4) em Florianópolis (SC). Tony Kanaan, Rubens Barrichello e Vitor Meira já confirmaram adesão ao Pacto e irão atuar nas redes sociais com mensagens de conscientização. Kanaan também vai adesivar seu kart no Desafio com a peça gráfica “Pare Pense Mude”.

O Desafio Internacional das Estrelas está em sua sétima edição, reunindo os maiores nomes do automobilismo mundial para uma corrida de kart. Entre os participantes estão os pilotos que aderiram ao Pacto e outros da Fórmula 1, como Felipe Massa e Bruno Senna, da Fórmula Indy e da Stock Car, como Cacá Bueno.

Acesseaquio site do Desafio.

Parada Pela Vida – A Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou 2011 como o início da “Década de Ação para a Segurança no Trânsito”. Nesse período, os países terão como meta a estabilização e redução dos acidentes. A iniciativa tem a meta da redução de 50% nos óbitos decorrentes de acidentes de trânsito em 10 anos. O Brasil participa com o Pacto Nacional pela Redução de Acidentes – Parada Pela Vida, uma grande mobilização dos agentes públicos e da sociedade civil pela redução da violência no trânsito.

A campanha já começa a mostrar resultados positivos. O número de mortes nas rodovias federais caiu 27% durante o feriado prolongado da Proclamação da República. A queda foi registrada em relação ao mesmo período no ano de 2010, quando a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 148 óbitos em quatro dias. Em 2011, o número de mortes caiu para 133, em cinco dias.

Outro balanço da Polícia Rodoviária Federal já indicara a queda de 34% nos óbitos durante o feriado da páscoa, deste ano.

Com a contribuição voluntária dos pilotos à iniciativa mundial é esperada uma sensibilização da sociedade para a causa, principalmente por parte da população aficionada pelo automobilismo.

Acesseaquio site do Parada Pela Vida.

spot_img