29.6 C
fpolis
terça-feira, janeiro 25, 2022
cinesytem

Pontos de Cultura: cerimômia de assinatura acontece terça-feira (03)

Pontos de Cultura: cerimômia de assinatura acontece terça-feira (03)

spot_img

Cerimônia de assinatura dos 60 convênios será realizada na terça-feira, dia 3 de novembro, em Florianópolis.

30/10/2009 – Será realizada na terça-feira, dia 03 de novembro, às 10h30, no Teatro Governador Pedro Ivo, junto ao Centro Administrativo do Governo do Estado, em Florianópolis, a assinatura dos convênios para estabelecimento de uma rede com 60 Pontos de Cultura em Santa Catarina, em cerimônia que contará com a presença do Ministro da Cultura, Juca Ferreira, entre outras autoridades. Promovido pelo Governo Federal e pelo Governo do Estado de Santa Catarina, com apoio da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e Conselho Estadual de Cultura (CEC), o Edital dos Pontos de Cultura representa um investimento de R$ 10,8 milhões no setor.

O repasse dos recursos às entidades culturais sem fins lucrativos que tiveram seus projetos selecionados será de R$ 60.000,00 (sessenta mil reais) por ano, durante três exercícios, o que totaliza R$ 180.000,00 (cento e oitenta mil reais) para cada ponto. O edital, que beneficiará 36 municípios catarinenses, tem por objetivo implantar uma rede de inclusão social e construção de cidadania. “Com ele, estamos estimulando a geração de emprego e renda, e também apoiando ações de fortalecimento das identidades culturais”, afirma a presidente da FCC, Anita Pires.

Cada ponto de cultura deverá funcionar como um instrumento de pulsão e articulação de projetos já existentes nas comunidades de Santa Catarina, desenvolvendo ações continuadas em pelo menos uma das seguintes áreas: culturas populares, grupos étnico-culturais, patrimônio material, audiovisual e radiodifusão, pensamento e memória, culturas digitais, gestão e formação cultural, expressões artísticas e/ou ações transversais. O Edital teve 203 projetos inscritos, e as inscrições foram gratuitas.

Durante a seleção, os projetos passaram pelas fases de análise documental, técnica e de avaliação de mérito. O trabalho foi realizado por uma comissão especial constituída por técnicos do Governo do Estado, do Conselho Estadual de Cultura (representando a sociedade civil) e do Ministério da Cultura. “Estamos certos de que a inclusão social por meio da cultura será uma realidade ao alcance de muitos catarinenses com a formação desta rede de Pontos de Cultura”, afirma o secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Gilmar Knaesel.

spot_img
spot_img