15.2 C
fpolis
segunda-feira, outubro 18, 2021
cinesytem

Prefeitura de Florianópolis propõe que PM e Guarda Municipal façam a escolta de ônibus à noite

spot_img

Prefeitura de Florianópolis propõe que PM e Guarda Municipal façam a escolta de ônibus à noite

spot_img

A Prefeitura de Florianópolis divulgou no fim da manhã desta terça-feira, 30, uma nota afirmando que obteve da Polícia Militar uma garantia de segurança para os trabalhadores e usuários do transporte coletivo no período noturno.

A medida foi tomada em resposta ao comunicado do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Urbano, Rodoviário, Turismo, Fretamento e Escolar de Passageiros da Região Metropolitana de Florianópolis (Sintraturb), que garantiu, por medida de segurança, a paralisação das atividades do transporte coletivo após às 18h30. Na manhã desta terça, um ônibus foi incendiado no bairro tapera, Sul da Ilha. 

De acordo com o comunicado, a ação de escolta dos ônibus contará com apoio da Guarda Municipal e haverá compactação de linhas e horários para que todos os veículos do transporte coletivo sejam escoltados.

Mesmo com a proposta do Executivo Municipal, o Sintraturb, consultado pela reportagem do DeOlhoNaIlha, manteve a posição de recolher os veículos nas garagens após as 18h30.

De acordo com um dos assessores do sindicato, Ricardo Freitas, trata-se de uma medida de segurança para preservar a integridade física dos motoristas, cobradores e também dos usuários do transporte público.

Quatro atentados

A PM já registrou quatro atentados em Florianópolis nesta terça-feira.

O primeiro aconteceu à 0h20, quando quatro disparos de arma de fogo foram efetuados contra uma viatura da PM no bairro Vila União, no Norte da Ilha.

Pouco depois, à 1h, dois homens, em uma moto, efetuaram disparos de arma de fogo contra o 21º Batalhão, em Jurerê. Dois disparos atingiram a parede do imóvel.

Às 6h26, dois homens, em uma motocicleta, dispararam com arma de fogo contra a base da PM localizada na Avenida Pequeno Príncipe, no Campeche, Sul da Ilha.

Às 7h24, na Tapera, também Sul da Ilha, dois homens, um de calça e outro de bermuda, em uma motocicleta preta, atearam fogo em um ônibus em frente ao Centro de Treinamento da Celesc, na rua José Corrêa.

spot_img
spot_img