20.3 C
fpolis
sexta-feira, janeiro 28, 2022

Prefeitura de Florianópolis lança campanha no Dia Mundial de Combate ao Tabagismo

Prefeitura de Florianópolis lança campanha no Dia Mundial de Combate ao Tabagismo

spot_img

A ação tem o objetivo de debater os benefícios de conviver em áreas 100% livres de fumo.

Durante muitos anos o tabagismo foi visto como um estilo de vida, hoje é reconhecido pela ciência como uma doença, causada pela dependência de uma droga: a nicotina. Ciente dos perigos do tabagismo, a Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis, através do Departamento de Saúde e Bem Estar do Servidor, lança a Campanha Escola Promotora de Saúde – 100% livre de fumaça. O projeto terá início na próxima terça-feira, 31 de Maio, Dia Mundial de Combate ao Tabagismo.

A ação tem o objetivo de promover aos servidores discussões e reflexões sobre os benefícios de conviver em áreas livres de fumo, tendo como base a Lei Municipal nº 8042/09, que proíbe o cigarro em espaços de uso coletivo quando houver sinalizações. A campanha vai fornecer placas em todas as unidades Educativas do Município com a frase “Não é permitido fumar a partir deste ponto. Área 100% livre de fumaça”.

Segundo Claudia Araujo, coordenadora do projeto, a idéia da campanha surgiu da necessidade de debater sobre hábitos mais saudáveis na rotina dos profissionais da educação sem tabagismo.

Na primeira etapa da campanha um encontro reunirá 300 profissionais formadores de opinião, composto por diretores e coordenadores das Unidades Educativas, da Educação de Jovens e Adultos, de ONGs e de diretores da Secretaria Municipal de Educação. Os profissionais serão multiplicadores deste conteúdo, sensibilizando servidores com ações educativas antitabagismo.

Dependência

Em um cigarro encontramos 4.720 substâncias, juntas elas são responsáveis por desenvolverem câncer, doenças cardiovasculares e pulmonares. O consumo de tabaco mata 5,1 milhões de pessoas no mundo anualmente, mais que a soma das mortes por AIDS, cocaína, heroína, álcool, suicídios e acidentes de trânsito.

O vício causa cansaço por falta de oxigênio nas células, dor e peso na cabeça, rouquidão e irritação na garganta, tosse, agulhadas no peito e redução dos mecanismos de defesa do sistema respiratório, deixando o fumante mais propenso a infecções e gripes. Aumenta o risco de envelhecimento e rugas nas mulheres, além de câncer da garganta.

Serviço

O que: Lançamento da Campanha Escola Promotora da Saúde – Área 100% livre de fumaça
Quando: Terça-feira 31/05 das 9 às 12h
Onde: Auditório do Centro de Educação Continuada – CEC. Rua Ferreira Lima, 82, Centro, Florianópolis. Próximo ao Supermercado Hippo.

spot_img
spot_img