fique por dentro de floripa

- Tecnologia - Prêmio CERTI de Inovação relembra como surgiu o ecossistema de Florianópolis

06.12.2019

Prêmio CERTI de Inovação relembra como surgiu o ecossistema de Florianópolis

06.12.2019
Prêmio CERTI de Inovação relembra como surgiu o ecossistema de Florianópolis
Foto: Divulgação

A cerimônia de entrega do Prêmio CERTI de Inovação teve um cunho bastante histórico com a presença de duas figuras lendárias para o desenvolvimento tecnológico de Florianópolis: Carlos Alberto Schneider e José Fernando Xavier Faraco. Pioneiros na implantação do setor de tecnologia e inovação na região, eles foram contemplados na categoria Personagem Histórico e resgataram o surgimento desse ecossistema para que os jovens empreendedores presentes e os empresários de renome conhecessem os atores que fizeram parte desta jornada e os desafios enfrentados. 

 

O evento foi conduzido pelo superintendente geral da CERTI, José Eduardo Fiates, e contou com a participação de Sergio Gargioni, chefe de departamento do curso de Engenharia Mecânica da UFSC, e de Daniel Leipnitz, presidente da ACATE. “Ecossistemas especiais se fazem com pessoas especiais. Aqui em Florianópolis nós reunimos lideranças empresariais, governamentais e acadêmicas, e isso é um privilégio”, destacou Fiates. 

 

A noite de comemoração para diversas empresas do ecossistema de inovação catarinense também teve uma homenagem a Saulo Vieira, que faleceu há poucos dias. Ele também foi um dos incentivadores para o surgimento do ecossistema de inovação de Florianópolis. A entrega do Prêmio CERTI aconteceu na Softplan, no Sapiens Parque, empreendimento que ele ajudou a implantar e presidiu por vários anos. “O Sapiens é um projeto de referência mundial como espaço para empreendedores. Queremos que aqui exista vida, e para isto é necessário apoio e parceria com o governo para continuarmos promovendo empreendedorismo e inovação”, disse Schneider, um dos fundadores da CERTI. 


 

Conheça os vencedores de cada categoria e suas soluções

 

Personagem Histórico: 

 

José Fernando Xavier Faraco: Engenheiro de Telecomunicações, participou da estruturação dos setores de teleprocessamento do BESC, Celesc, Casan e Assembleia Legislativa, entre 1980 e 1987. Foi fundador e primeiro presidente da Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia – Acate, entidade que consolidou a base empresarial da informática e das telecomunicações do estado. Quando esteve à frente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, Faraco imprimiu à entidade um modelo profissional de gestão, articulado com o poder público. Lutou pela agregação de valor aos produtos catarinenses, e o fortalecimento de polos regionais e setoriais foram outras grandes marcas de sua administração.

 

 

Carlos Alberto Schneider: Catarinense nascido em 9 de junho de 1949, em Joinville, tem graduação (1972) e mestrado (1974) em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, e doutorado em Engenharia (Metrologia/Automação) pela Rheinisch-Westfälische Technische Hoschschule/ Aachen, da Alemanha (1978). Foi professor titular do Departamento de Engenharia Mecânica da UFSC, onde implantou o mestrado/doutorado em metrologia e instrumentação em nível de Pós-Graduação. Aposentou-se em maio de 2010. Propôs e implementou, em 1984, a Fundação CERTI, da qual foi Superintendente Geral por muitos anos.  Foi um dos visionários e incentivadores do desenvolvimento do ecossistema de inovação de Florianópolis. Agraciado em outubro de 1998, pelo Presidente da República, com a Ordem Nacional do Mérito Científico, em "Ciências da Engenharia", na Classe de Comendador. Em 2003, foi distinguido como Acadêmico da Qualidade pelo Prêmio Banas Qualidade e, em 2004, recebeu o Prêmio SUCESU-SC 30 Anos, por sua contribuição ao desenvolvimento das tecnologias da informática e telecomunicações em Santa Catarina. Em 2007, recebeu do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior o Prêmio "Medalha do Conhecimento", homenagem aos empresários que se destacaram por sua contribuição ao desenvolvimento tecnológico da indústria brasileira.


 

Empresa de Tecnologia Referência do Ecossistema: Aquarela Advanced Analytics 

Inteligência Artificial para análise de dados através de plataforma com tecnologias nas área de computação, web semântica, mineração de dados e IA. Devido alto potencial inovador, a empresa recebeu investimento do Fundo Aeroespacial. Além da Plataforma Vortx, foi desenvolvida uma metodologia rápida de prototipagem e estruturação de projetos de análise de dados denominada DCIM - Data Culture Introduction Methodology. A combinação da ferramenta e da metodologia vem gerando resultados expressivos e atraindo clientes de diversos setores da economia, focados em programas de Transformação Digital e Indústria 4.0. A empresa já desenvolveu soluções para a EMBRAER e a BRF.

 

Conquista Destaque de Empresa de Tecnologia do Ecossistema: Exact Sales

Precursora da pré-venda no Brasil, a Exact Sales trouxe ao mercado o software mais completo da América Latina para prospecção e qualificação de leads. Em outubro, a empresa conquistou um aporte de 15 milhões liderado pela Astella Investimentos.

 

Empresa Referência de Economia Criativa do Ecossistema: Black Purpurine

A empresa fabrica e comercializa bolsas, colares, brincos e sapatos com matéria-prima sustentável por meio de manufatura aditiva (impressão 3D e 4D). O objetivo é ser a plataforma colaborativa referência em moda autoral 3D consciente, unindo espaços Makers com curadoria de Design de moda com os clientes mais próximos deles, assim os clientes comprarão no ecommerce Black Purpurine e a manufatura será local, sem frete e sem complicação, com todos os produtos e fornecedores treinados por nossa equipe. A Purpurine trabalha com matéria-prima biodegradável, cria e produz sem molde, sem mockup e de maneira personalizada, tendo já lançado produtos na São Paulo Fashion Week.

 

Projeto de Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Ecossistema: Horus Aeronaves

O Projeto Monitora é um sistema automático de atualização de base cadastral, identificação de obras irregulares e desmatamento, desenvolvido para uso de prefeituras. Utilizando parâmetros de inteligência artificial desenvolvidos pela Horus, o Sistema combina informações de satélites e drones com o Banco de Dados da Prefeitura. A identificação de desmatamento e obras irregulares ocorre com análise temporal de imagens de satélite, comparação e verificação da ocorrência com o banco de dados do município, voo com drone para detalhar a ocorrência, notificação automática ao responsável e atualizações mensais dos registros. Além disso, é possível realizar a atualização de IPTU com o uso das imagens de alta resolução geradas pelos drones. Com isso, faz-se a comparação de área construída com o Banco de Dados da Prefeitura, gerando alertas de áreas com construção superior ao cadastrado no sistema municipal. Tecnologia 100% nacional e catarinense – já em uso pela Prefeitura de Florianópolis. Com um Sistema que utiliza imagens de satélite, drone e integra tudo ao Banco de Dados da Prefeitura. Fácil, prático e intuitivo, o Sistema otimiza processos e torna mais eficiente e rápido o trabalho dos fiscais, possibilitando visitas em localizações exatas e compilação de informações em áreas de difícil acesso – o que evita colocar estes profissionais em risco sem necessidade.

 

Projeto de Cliente CERTI no Brasil/Mundo: WEG

Desenvolvido pela empresa de Jaraguá do Sul em parceria com a CERTI, a estação de recarga teve o projeto financiado pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII), Lei de Informática e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).  A solução se baseia no conceito de plataforma de produto, modular e configurável, para a recarga de todos os tipos de veículos elétricos e em aplicações para residências, estacionamentos, postos de recargas rápidas e infraestruturas de uso compartilhado. 

 

Projeto Social-ambiental Inovador: Kemia tratamento de efluentes 

A Kemia surgiu em 2016 com técnicas de tratamento de efluentes inovadoras e mais eficazes. Este mercado engloba indústrias, residências e aterros sanitários e indústrias. A empresa atua no auxílio da escolha da tecnologia com melhor custo-benefício, através de testes em laboratório e em planta piloto junto ao cliente. Também fornece serviços de instalação, manutenção, operação, consultoria, treinamento de operadores e possibilidade de aluguel das estações de tratamento.

As tecnologias disponibilizadas possuem baixo consumo elétrico, assistência técnica, eficiência notada em pouco tempo de reação, equipamentos compactos e promovem a redução de impactos socioambientais, resultando na confiança do cliente, elevada economia, redução do espaço de tratamento. 

 

Projeto de Governo de Apoio à Inovação: Softplan - Projeto 90 dias sem papel

Para juntar o desejo de tornar a administração do Estado mais eficiente e a expertise da Softplan, a SEA (Secretaria de Estado da Administração) formou um grupo de trabalho para alinhar os objetivos do governo estadual relacionados ao Sistema de Gestão de Processos Eletrônicos (SGPE) - utilizado desde 2011 pelo governo estadual para o acompanhamento dos processos administrativos. A metodologia de gestão de projetos disponibilizada pela Softplan, com painéis gerenciais e dashboards de acompanhamento, para gestão do acesso e ciclo de utilização da ferramenta por cada órgão, permitiu aos gestores a tomada de decisão acerca das estratégias de implantação no decorrer dos três meses de projeto. Desde 2 de abril deste ano, a gestão dos processos administrativos e documentos do Governo de Santa Catarina acontece, em sua grande maioria, de forma 100% digital.

O fim do papel gerou uma economia de aproximadamente R$ 17 milhões para os cofres públicos e evitou o corte de mais de 1000 árvores, mais de 5 milhões de documentos foram incluídos no Sistema, e em média, 92 mil assinaturas digitais são feitas, por semana, sendo 3 mil somente pelo aplicativo para celular.

 

Startup do ano: A Kemia também foi escolhida pelo público como melhor Startup do Ano, com mais de 6 mil votos.  A empresa se destacou entre as 8 inscritas na categoria, que juntas somaram 10.500 votos. As outras candidatas a Startup do Ano no Prêmio CERTI foram 1DOC, SAJ ADV, Exact Sales, Feedz, Incentiv. me, GeekHunter, Kemia e Horus Aeronaves. 

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Startup cria um novo movimento de bem-estar e anuncia oportunidades para gerar mais renda aos profissionais da ilha

01.07.2020

Startup cria um novo movimento de bem-estar e anuncia oportunidades para gerar mais renda aos profissionais da ilha

“Uber da lavação” inicia operação em Florianópolis

30.06.2020

“Uber da lavação” inicia operação em Florianópolis

Iguatemi Florianópolis usa tecnologia para aproximar clientes e lojistas

29.06.2020

Iguatemi Florianópolis usa tecnologia para aproximar clientes e lojistas

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.