20.6 C
fpolis
quinta-feira, outubro 28, 2021
cinesytem

Prêmio Mulheres que Fazem a Diferença prorroga inscrições para até 31 de outubro

spot_img

Prêmio Mulheres que Fazem a Diferença prorroga inscrições para até 31 de outubro

spot_img

O prazo para inscrições no Prêmio Mulheres que Fazem a Diferença, promovido pela Câmara da Mulher Empresária da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis (ACIF Mulher), foi prorrogado para o dia 31 de outubro. O cadastro deve ser feito pelo site www.mulheresquefazemadiferenca.com.br.

O prêmio, que está em sua terceira edição, tem o objetivo de destacar cases de sucesso nas categorias Negócios, Poder Público e Terceiro Setor, reforçando a importância da mulher na sociedade.

Além do reconhecimento, a premiação também promove eventos de relacionamento, como o “Trocando Ideias Empreendedoras”. O próximo terá como tema o Terceiro Setor e será realizado no dia 18 de outubro, no Simple, em Jurerê Internacional.

Em 2011, a deputada estadual Ângela Albino, na categoria Poder Público, a empresária Vanessa Tobias, no setor de Negócios, e a fundadora da Saúde Criança Florianópolis, Bebhinn Hamsay, no Terceiro Setor, foram as vencedoras entre 47 inscritas.

Já a edição 2012 tem como madrinha a empresária Joseli de Almeida Ulhôa Cintra, ex-presidente do Convention Visitors & Bureau e atual presidente do Conselho Estadual de Turismo.

Regulamento

Negócios
Estão aptas a concorrer por esta categoria, mulheres gestoras de empresas constituídas formalmente, inscritas no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e registradas na Junta Comercial do município de Florianópolis, sócias, colaboradoras formalmente registradas; profissionais liberais autônomas com registro no seu conselho de classe.

Poder público
Gestoras ou servidoras de entidades governamentais. Estão aptas a concorrer por estas categorias, mulheres atuantes na política (desde que não esteja em ano eleitoral), representantes legais, servidoras públicas concursadas ou servidoras em cargos comissionados de entidades do poder público municipal, estadual ou federal. Para as candidatas do poder público estadual ou federal, serão considerados válidos os “cases” cujos relatos tenham ocorrido no município de Florianópolis (SC).

Terceiro Setor
Estão aptas a concorrer por esta categoria Mulheres Gestoras, funcionárias ou colaboradoras (voluntárias ou não), de Organizações Não Governamentais sem fins de lucro, sob a forma de Associações e/ou Fundações constituídas para fins religiosos, morais, culturais, esportivos ou de assistência social.

spot_img
spot_img