17 C
fpolis
quinta-feira, maio 26, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Presidente da ACATE pede apoio para expansão do setor de tecnologia em fala na tribuna da ALESC

spot_img

Presidente da ACATE pede apoio para expansão do setor de tecnologia em fala na tribuna da ALESC

spot_imgspot_img

Daniel Leipnitz propôs ao Parlamento ações de fomento ao empreendedorismo pela implementação de novos cursos técnicos 

Na manhã da última quinta-feira (12) o presidente da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE), Daniel Leipnitz, realizou uma fala durante a Sessão Extraordinária da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (ALESC), propondo aos deputados ações de suporte à educação e de incentivo a programas de fomento ao empreendedorismo. Organizada pela Comissão de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia, a ida de Leipnitz ao Plenário buscou destacar o poder decisivo que os deputados estaduais têm no apoio de programas aos empreendedores. 

O setor de tecnologia de Santa Catarina já agrega R$ 15,8 bilhões em faturamento, representando mais de 5% do PIB do Estado, e é hoje a área que mais cresce. Leipnitz argumentou que a falta de emprego causada por um modelo mundial de trabalho, que valoriza a produtividade e a otimização, vem sendo combatida pelo setor de tecnologia, com a criação de diversos programas de fomento criados nas últimas três décadas. Ao mesmo tempo que acontece um aumento no número de vagas de trabalho na categoria, surge a falta de profissionais qualificados. Com isso, o presidente da ACATE pediu apoio no desenvolvimento de centros de inovação em Santa Catarina, que são estímulo a futuros empreendedores, e na implementação de novos cursos técnicos. “Precisamos da matéria-prima do futuro, que são as pessoas, os jovens. Precisamos reforçar essa educação desde o primário no desenvolvimento da lógica, da matemática. Ensinar a resolver problemas de toda a sorte”, disse Leipnitz.

O presidente da Comissão de Economia, Ciência, Tecnologia, Minas e Energia, deputado Jair Miotto (PSC), informou que já solicitou à Mesa que a palavra inovação seja inserida no nome do colegiado. Também, os deputados José Milton Scheffer (PP) e Nilson Berlanda (PL) reforçaram a função estratégica que as empresas lideradas pela ACATE têm para a economia catarinense e aproveitaram a oportunidade para solicitar que a Associação expanda suas ações para o Extremo Sul e o Planalto, regiões que representam e cujos índices de desenvolvimento são os menores em Santa Catarina. Leipnitz afirmou que há interesse do setor em estar presente em Curitibanos e aceitou o convide de Scheffer para fazer uma palestra em Araranguá.

spot_img