23 C
fpolis
segunda-feira, novembro 29, 2021
cinesytem

Projeto Conta Uma Piada se apresenta nesta quinta-feira no Teatro de Ubro

spot_img

Projeto Conta Uma Piada se apresenta nesta quinta-feira no Teatro de Ubro

spot_img

Projeto vencedor do edital Elisabete Anderle apresenta pocket show na próxima quinta em Florianópolis

O projeto “CONTA UMA PIADA!”, vencedor do Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura, surgiu da necessidade sentida pelo ator e comediante Malcon Bauer de refletir sobre seu próprio trabalho. O objetivo principal é registrar e analisar as etapas do processo criativo do ator no stand-up comedy com personagem, mais especificamente, no humorístico Teatro de Quinta. Uma das etapas – um pocket show aberto ao público e com entrada franca – se dará no próximo dia 27, quinta-feira, às 20h no Teatro da Ubro.

Quatro atores do humorístico apresentarão duas personagens cada um: uma criada a partir do “CONTA UMA PIADA!”, ou seja, que teve todo o processo de criação documentado por Bauer, e outra com mais tempo de estrada, isto é, que já tiveram sua estréia há dois anos ou mais.

O primeiro ponto que Bauer faz questão de esclarecer em seu projeto é a diferença principal entre stand up comedy e “stand up com personagem”. O primeiro é caracterizado por um comediante, de cara limpa, diante de um microfone, compartilhando com o público suas observações pessoais sobre o dia-a-dia de maneira bem-humorada. Sua variação, que Bauer chama de “stand up com personagem” (também conhecido como One Man Show) tornou-se um gênero popular em todo o país a partir do êxito do paulista Terça Insana, sucesso desde 2001, e do próprio Teatro de Quinta, precursor desse modelo em Santa Catarina e em cartaz desde 2004. A principal diferença entre um e outro é que no “stand up com personagem” o ator se apresenta caracterizado de sua personagem, expondo as observações dessa figura sobre o cotidiano.

“Uma das razões que me motivaram a investir nesse projeto foi perceber que a comédia tem sido vista, quase sempre, como um gênero menor através dos tempos”, diz Bauer. “Vejo nela uma forma de criticar o comportamento humano de forma inteligente, de levar o público à reflexão através do riso, de expor a alma humana ao colocá-la de frente com seus próprios preconceitos”, afirma.

Os quatro atores envolvidos no projeto, Malcon Bauer, Milena Moraes, Igor Lima e Monica Siedler, são graduados em Artes Cênicas pela Universidade do Estado de Santa Catarina, sendo Siedler mestre e Lima mestrando em Teatro pela mesma instituição. A última etapa do projeto consta da entrega do resultado da pesquisa em forma de material impresso e imagens em vídeo às bibliotecas da UFSC e da UDESC, duas universidades públicas que oferecem cursos de Artes Cênicas no estado.

“Penso que a documentação e análise do processo de criação de personagens para este tipo de espetáculo além de uma futura publicação, já em meus planos, permitirão o acesso de atores e estudantes de teatro ao universo processual do “stand-up com personagem”, além de documentar o trabalho deste elenco”, conclui Bauer.

Após a apresentação haverá um bate-papo entre o elenco e o público presente.

SERVIÇO

CONTA UMA PIADA!

QUANDO: 27 de maio, quinta-feira, às 20h

QUANTO: Entrada franca, retirada dos ingressos uma hora antes do espetáculo na bilheteria do teatro, limitados a dois por pessoa.

ONDE: Teatro da Ubro, escadaria da Rua Pedro Soares, centro de Florianópolis

INFORMAÇÕES: 48 9114 5233 / 48 9138 2322

SITE: www.projetocontaumapiada.blogspot.com

MALCON BAUER (ator, comediante, roteirista e dublador)
DRT/SC: 4331
Graduado em Artes Cênicas pela UDESC. Recebeu o prêmio de melhor ator pelo espetáculo “F.”, no X Festival Nacional de Teatro de Florianópolis Isnard Azevedo em 2002. Atua nos espetáculos Mi Muñequita (Dir: Renato Turnes); Teatro de Quinta: Um Show de Humor; (também como roteirista, desenvolvendo vários esquetes individuais e coletivos); atuou no espetáculo infantil Os Botões das Camisas e das Rosas (Dir: Jasmine Andrade) e nos adultos Nem Mesmo a Chuva tem Mãos tão Pequenas e F. (ambos dirigidos por Jefferson Bittencourt). Dirigiu o monólogo Uma Mulher Só, inspirado na obra de Dario Fo e Franca Rame. É comediante de stand-up. Em 2009 foi um dos vencedores do Edital Elisabete Anderle para pesquisa sobre o desenvolvimento de esquetes e personagens para o show de humor Teatro de Quinta.

spot_img
spot_img