14.8 C
fpolis
quarta-feira, agosto 17, 2022
Cinesystem Villa Romana Shopping

Quem gosta de futebol precisa conhecer o jogador e clube que fogem do padrão do mundial

spot_imgspot_img

Quem gosta de futebol precisa conhecer o jogador e clube que fogem do padrão do mundial

spot_imgspot_img

Lateral brasileiro Bernardo Fernandes tem disciplina tática em campo e financeira na vida. O Clube Brighton tem uma estrutura de dar inveja à gigantes e tem ambições ainda maiores

Bernardo é um jogador diferente, com uma história diferente. Foi formado e revelado pelos chamados “clubes-empresa”: Audax Osasco, Red Bull Brasil, Red Bull Salzburg, Red Bull Leipzig. Os defensores do “futebol raiz” não veem esses times com bons olhos, mas uma coisa não se pode negar: são organizados, têm estrutura e um plano de jogo bem claro. 

E essa disciplina tática é o que faz a diferença no jogo de Bernardo. Ele mesmo admite que o ponto forte é defender: “Mas a posição está mudando. O lateral moderno ataca muito, é um dos responsáveis pela armação das jogadas. Esse é um aspecto que preciso melhorar no meu futebol”. 

Depois de muitos anos nas franquias da Red Bull, Bernardo aceitou o convite do Brighton, time modesto, mas estabilizado na primeira divisão inglesa. Ficou impressionado com a estrutura do clube, do estádio ao centro de treinamento.

Na primeira partida, durante entrevista conduzida pela Betway Esportes, site de aposta online, o jogador Bernardo afirmou que se assustou com o ritmo do jogo na Premier League. “Eu percebi que estava abaixo fisicamente. Não conseguia acompanhar tanta velocidade, tanta intensidade. Fiquei em choque. Mas o que fiz? Trabalhei, e hoje me sinto a vontade em campo, no mesmo ritmo dos outros”. 

Aos 24 anos, o lateral-esquerdo, que já jogou também de zagueiro, volante e até ponta, está na segunda temporada no Brighton. Ainda não se firmou como titular, também por causa de seguidas lesões que têm atrapalhado sua passagem pela Inglaterra.

O técnico Graham Potter, que acabou de chegar, já teve o contrato estendido por dois anos: “Essa é a diferença na Inglaterra. Os treinadores são reconhecidos. Clube e técnico querem implantar uma filosofia de jogo, então por que não dar segurança e um voto de confiança ao comandante? Hoje, o mais importante aqui é jogar bem, ter um futebol ofensivo, e isso a gente vem fazendo, mesmo com um elenco sem estrelas”, disse Bernardo ao time da Betway Esportes.

Bernardo ainda é jovem, mas já se prepara para a vida fora do futebol. Faz cursos de investimento imobiliário na Inglaterra, tem imóveis em São Paulo, Rio de Janeiro e Londres. Tem uma história diferente, e uma visão diferente de mundo: “Sei que dependo do meu corpo, e ele não vai aguentar para sempre. Eu me preocupo muito com o meu futuro, então quero aproveitar todas as chances que a vida me deu para garantir que nunca passarei aperto”. Pensando dessa maneira, com certeza não irá passar.  

 
 
spot_img

Leia mais