25.2 C
fpolis
terça-feira, outubro 26, 2021
cinesytem

Raça Cia. de Dança é a atração convidada da noite de abertura do Prêmio Desterro 2011

spot_img

Raça Cia. de Dança é a atração convidada da noite de abertura do Prêmio Desterro 2011

spot_img

2° Festival de Dança de Florianópolis, que ocorrerá de 17 a 21 de agosto, no Teatro Governador Pedro Ivo. O espetáculo “Cartas Brasileiras”, inédito em Santa Catarina, marca a primeira apresentação do grupo paulista na cidade, desde que começou a ser formado há 30 anos. Sob direção de Edy Wilson e iluminação de Moisés Vasconcellos, 17 bailarinos levarão ao palco a última criação da coreógrafa e fundadora da companhia Roseli Rodrigues, falecida ano passado.

A montagem de 50 minutos foi baseada na poesia contida em correspondências trocadas desde a década de 1960 entre familiares e amigos dos próprios dançarinos e de colaboradores do grupo. Depois de selecionadas, o compositor Fabio Cardia, antigo parceiro da Raça, as traduziu em forma de músicas para serem “lidas” com o corpo. “Nós aliamos a ideia de carta ao ritmo brasileiro e foi bom porque é um espetáculo bem diversificado. Existem vários ritmos, onde a gente trabalha com a solidão, com a tristeza, com a alegria, com a saudade”, explica Roseli em vídeo postado no canal dancerbrasil do Youtube.

A concepção do trabalho partiu da vontade da coreógrafa de “descrever um pouco da brasilidade relacionada à essência de sua companhia Raça – Brasil com diferentes raças – e chegamos às cartas que descreviam poeticamente diferenças culturais, econômicas e sociais”, conta Edy. Como resultado, o espetáculo mostra o impacto que elas têm na vida das pessoas, justamente pela forma como são escritas, pelo poder de aproximação e pela carga de intimidade.

Diferentemente das mensagens enviadas no mundo virtual,“nas cartas, percebemos diversas emoções pelo traço, pela palavra, pelo material (papel, caneta, cor da tinta, pequenos desenhos nos rodapés das folhas ou ao lado das assinaturas…), pela origem, destino e o motivo pelo qual elas foram escritas. E-mails e redes sociais têm uma tecnologia que no momento não era interessante pelo lado emocional e comportamental que se gostaria de atingir”, detalha o diretor.

“Cartas Brasileiras” está em cartaz desde março de 2009 e já foi apresentado no Ceará, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo e também no Festival de Sintra, em Portugal. Nele, a companhia de jazz com forte influência da dança contemporânea mantém sua característica de aliar emoção à técnica apurada em quedas, flexões, torções, movimentos precisos e terminações limpas. “No começo, os bailarinos sofrem muitas dores musculares, muito cansaço pela repetição. Mas, passando pelo tempo de três meses, você vê que aquilo começa a ficar completamente espontâneo, natural, que o bailarino já executa com prazer, sem dores, é muito bacana”, dizia Roseli, que também era admirada por trabalhar com elencos grandes, aumentando com isso o grau de complexidade da composição coreográfica.

A Raça esteve pela última vez no Estado em 2010, quando participou da mostra contemporânea do Festival de Dança de Joinville, apresentando “Tango Sob Dois Olhares”. Para o segundo semestre, a companhia planeja a estreia de um novo trabalho.

Serviço

O quê: espetáculo de dança contemporânea “Cartas Brasileiras”, noite de abertura do Prêmio Desterro 2011 – 2° Festival de Dança de Florianópolis

Quando: 17 de agosto, 21h00

Onde: Teatro Governador Pedro Ivo, anexo ao Centro Administrativo do Governo do Estado de Santa Catarina. Rodovia SC-401, km 5, nº 4.600, bairro Saco Grande

Quanto: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia).

Venda de ingressos: a partir do início de agosto na bilheteria do teatro e escolas de dança credenciadas

Informações: www.premiodesterro.com.br

spot_img
spot_img