14.5 C
fpolis
quarta-feira, outubro 20, 2021
cinesytem

Recicla CDL: destinação correta para 150 toneladas de lixo eletrônico em Florianópolis

spot_img

Recicla CDL: destinação correta para 150 toneladas de lixo eletrônico em Florianópolis

spot_img

Iniciativa da FCDL/SC foi uma das vencedoras do Prêmio Empresa Cidadã que será entregue pela ADVB nesta quinta-feira (21)

Aproximadamente 150 toneladas de lixo eletrônico e de equipamentos de informática foram recolhidas desde janeiro do ano passado em Santa Catarina e destinadas para a reciclagem ou reaproveitamento. Esse é o balanço do Programa Recicla CDL, desenvolvido pela Federação das CDLs do estado (FCDL/SC) e que tem como principal objetivo diminuir a emissão de lixo e incentivar a coleta seletiva e a reciclagem no dia a dia dos catarinenses. O resultado expressivo e o alcance da ação renderam à entidade a conquista do Prêmio Empresa Cidadã, que a ADVB entrega nesta quinta-feira (21/07), no SESC Cacupé, em Florianópolis.

Todo o material recolhido pelo programa, desenvolvido com apoio técnico e institucional da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma), é enviado para empresas certificadas para reaproveitamento ou reciclagem. “Nosso foco inicial foi a destinação de equipamentos eletrônicos e de informática, mas a idéia é expandir a ação para outros tipos de resíduos, inserindo definitivamente no varejo catarinense os conceitos de sustentabilidade”, ressalta Sergio Medeiros, presidente da FCDL/SC.

Um dos fatores que contribuiu para o sucesso do Recicla CDL foi a capilaridade da entidade, a maior do varejo no estado, envolvendo 176 Câmaras de Dirigentes Lojistas e mais de 30 mil associados. Nessa primeira etapa da ação, participaram ativamente 52 CDLs englobando todas as regiões catarinenses. Algumas iniciativas paralelas foram deflagradas, como destinar renda obtida com a reciclagem para doar computadores a entidades sociais ou promover o recolhimento de óleo de cozinha usado. Agora está sendo desenvolvido o Recicla CDL na Escola, uma extensão do projeto que visa levar a conscientização a crianças e jovens da rede pública estadual.

“A sustentabilidade ingressou, irreversivelmente, na pauta de prioridades dos lojistas catarinenses e está se expandindo. Nossa principal aposta não está nos resultados materiais, ou seja, nas toneladas de produtos coletados, embora isso seja importante. Nosso ganho está na formação de uma mentalidade sustentável”, enfatiza Medeiros.

spot_img
spot_img