23 C
fpolis
segunda-feira, novembro 29, 2021
cinesytem

Replantio das Palmeiras Imperiais na Av. Beira Mar Norte nesta quinta-feira

spot_img

Replantio das Palmeiras Imperiais na Av. Beira Mar Norte nesta quinta-feira

spot_img

Nesta quinta-feira (22), será feita a substituição de três palmeiras imperiais na Avenida Beira Mar Norte. O replantio será feito devido a morte da mesmas.

Conta a arquiteta paisagista Marisa Fonseva que a substituição é rápida. “As que faleceram serão substituídas. Tivemos sorte com o fator tempo, assim a maioria resistiu”, comemora.

Acrescenta que 90% do paisagismo implantado no final de 2010 e início de 2011, foi executado com vegetação nativa, que traz menos problemas.

Dentre os 10% da vegetação exótica, tem-se as palmeiras imperiais de nome científico Roystonea oleracea.

A segunda etapa do replantio será o adensamento do bosque de frutíferas, na Beira Mar também mas sem data definida ainda.

Conheça a história da Palmeira Imperial

Pra quem não sabe, a Palmeira Imperial é a ligação com o império, razão do seu nome popular.

Em 1809 a primeira palmeira desta espécie foi plantada no Brasil por Dom João VI. É considerada como Palma Mater, já que acredita-se que desta descendem todas as palmeiras imperiais do Brasil.

Entre 1820 e 1850, para evitar a disseminação da espécie, as sementes e frutos da Palmeira Mater eram queimados por ordem do Bernardo José de Serpa Brandão, diretor do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Porém, os escravos colhiam os frutos vendiam clandestinamente.

Derrubada em 1972 por um raio (possuía 163 anos e media 38,70m de altura), seu tronco encontra-se em exposição no Museu Botânico do Rio de Janeiro. No seu lugar foi plantada outra palmeira com semente da Palma Mater, conhecida então como Palma Filia.

Por isso, as palmeiras tornaram-se o “símbolo do império”, relacionado ao poder monárquico, a idéia da nobreza, distinção e classe.

spot_img
spot_img