fique por dentro de floripa

- Segurança - Representantes das comissões da OAB/SC acompanharão atividades policiais rotineiras

30.04.2019

Representantes das comissões da OAB/SC acompanharão atividades policiais rotineiras

30.04.2019
Representantes das comissões da OAB/SC acompanharão atividades policiais rotineiras
Foto: Júlia Knabem

Em reunião na tarde desta segunda-feira, 29, o Comando da Polícia Militar de Santa Catarina e a OAB/SC firmaram um pacto pela vida e de alteridade entre as instituições para uma atuação que resulte em mais qualidade e segurança ao cidadão. O compromisso foi firmado em encontro com o comandante-geral da PM e secretário de Segurança Pública, coronel Carlos Alberto de Araújo Gomes, solicitado pelo presidente da OAB/SC, Rafael Horn. Por intermédio de suas comissões, a Seccional catarinense recebeu várias reclamações por parte da sociedade civil, relacionadas ao aumento da letalidade policial e, em alguns casos, ao uso excessivo de força. A reunião contou com a participação dos presidentes da Comissão de Direitos Humanos, Matheus Felipe de Castro, da Comissão de Igualdade Racial, Marco Antonio André, e da Comissão de Direito Militar, Rodrigo Tadeu Pimenta de Oliveira.

De forma inédita, ficou estabelecido que representantes das comissões da OAB/SC acompanharão atividades policiais rotineiras, e representantes da Polícia Militar participarão de sessões e de ações realizadas pelas comissões da Seccional no atendimento ao cidadão. O Comando da PM também disponibilizará à OAB/SC protocolos de operações policiais e de práticas internas. "Saímos todos muito satisfeitos. Nossa reunião foi de excelente interlocução e resulta em um pacto pela vida dos civis e também dos policiais, com o comprometimento de ambas as instituições com um trabalho de cooperação que busca reduzir e prevenir as situações que vêm sendo relatadas à OAB, bem como tratá-las com transparência. Com alteridade, a polícia vai abrir espaço para se colocar no lugar de quem se sente prejudicado, e a OAB, por sua vez, para se colocar no papel dos policiais. Isso permitirá buscarmos o aperfeiçoamento das ações de forma colaborativa e sobretudo qualificada pela experiência, permitindo ainda que possamos dar uma resposta mais rápida à sociedade", destaca Horn.

O presidente da OAB/SC também anunciou que irá convidar a Comissão de Segurança Pública e a recém criada Comissão de Direito da Vítima da Seccional para integrarem, junto com as três comissões participantes da reunião, uma comissão mista responsável pela interlocução junto à Polícia Militar. "Nosso objetivo é trabalhar apontando caminhos práticos e criando canais diretos, um trabalho que resulta do protagonismo institucional da OAB em causas como esta, na qual buscamos melhorias para que a população se sinta protegida pela polícia e não intimidada. E também da maturidade institucional, pois para evoluirmos democraticamente precisamos de instituições fortalecidas e atuantes em prol do cidadão", ressalta.

No encontro o comandante da Polícia Militar apresentou à OAB/SC os projetos em andamento na Segurança Pública que buscam dar mais transparência à atuação policial - como o uso de câmeras nas atividades rotineiras - e objetivam melhorar os índices de segurança no Estado e na Capital. "É um momento de transição e estou convicto de que a letalidade nas operações vai cair mais, além da redução de 25% que já contabilizamos este ano em Florianópolis", destacou. Araújo Gomes também delineou a complexidade da atuação policial em comunidades dominadas por organizações criminosas, destacando que a reconquista dos espaços é uma das prioridades da segurança pública catarinense, e demonstrou total disposição para um trabalho em conjunto com a Seccional em prol de melhorias para a população. "Agradeço muito pelo canal que se abre e me sinto orgulhoso de que a OAB/SC tenha nos procurado para o diálogo sobre uma questão de maior complexidade em nossa atuação como essa", afirmou.

Uma nova reunião entre as instituições será agendada para definir como se dará a participação da advocacia na atuação policial e vice-versa. A OAB/SC e a PMSC também irão criar um canal de comunicação para a troca de informações em casos específicos.

Conteúdos relacionados

Ver mais conteúdos

Projeto vai beneficiar crianças da Vila União, no Norte da Ilha

15.05.2019

Projeto vai beneficiar crianças da Vila União, no Norte da Ilha

Usuário denuncia abuso em ônibus na Capital e Guarda Municipal prende suspeito

13.05.2019

Usuário denuncia abuso em ônibus na Capital e Guarda Municipal prende suspeito

Homem vai comprar drogas, tem moto roubada e é baleado nas nádegas em Florianópolis

13.05.2019

Homem vai comprar drogas, tem moto roubada e é baleado nas nádegas em Florianópolis

Saiba mais sobre Florianópolis no deolhonailha.com.br O DeOlhoNaIlha é um portal de propriedade da NacionalVOX - Agência Digital, de Florianópolis. Seu lema é "Fique por dentro de Floripa" e seu objetivo é deixar os moradores e visitantes da Ilha da Magia muito bem informados sobre tudo o que acontece na cidade e região.

Anuncie no portal.
Entre em contato.